Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Barcos > Tipos de barcos

Tipos de barcos

Categoria: Barcos
Visitas: 4
Comentários: 2
Tipos de barcos

Bons barcos devem atender aos requisitos básicos de qualidade, durabilidade e segurança, e podem ser feitos de materiais diversificados e por distintos métodos de fabricação.

O processo Ply-Glass cria produto insuperável, rígido, com pouco peso e isolamento térmico adequado. Embora talhados em corte longitudinal e cascos poligonais, desenhos apropriados e construção caprichada, permitem que estes barcos sejam bastante atraentes. O revestimento de resina de vidro, sobre a madeira compensada, reduz a vulnerabilidade, e o difícil lixamento externo evita a deterioração da madeira. Mesmo usadas intensivamente, estas embarcações dispensam manutenção frequente e duram decênios, sem quaisquer sinais de envelhecimento.

Economia e rapidez na construção são características do método Strip-Planking, que produz barco forte e durável. O casco, feito em seções, recebe revestimento de ripas preparadas separadamente e emendadas até o tamanho pretendido. A colagem e saturação requerem atenções especiais, com aplicação de resina nos lados externo e interno do casco. Tecidos de vidro reforçam a estrutura e proporcionam mais proteção, elevando a vida útil do barco, requerendo raras manutenções.

Para barcos mais sofisticados, o processo Laminado Moldado é o mais indicado e se resume na colagem de camadas de tábuas finas, em direções distintas. As superfícies, recobertas com epoxy, têm o tecido de vidro como reforço. Dispensando-se a estrutura transversal, a espessura do casco é reforçada e aplica-se verniz no acabamento. Os resultados são produtos leves e resistentes, de uma beleza ímpar.

Os de recreação são fabricados, preferencialmente, com Fibra de Vidro, e são mais valorizados. Pelo alto custo da matriz, são feitos em série. Amadoristicamente, o casco é produzido a partir de um modelo precário, e a laminação sobre molde já protegido, torna a embarcação mais duradoura.

Quando destinados a competições e cruzeiros são construídos pelo método Sanduiche que utiliza espuma de P.V.C. ou Balsa no enchimento, e é indicado em processos profissionais. Suas embarcações são leves e robustas, com adequado isolamento tanto térmico, quanto acústico.

Na Europa, os barcos em aço são os preferidos, especialmente para cruzeiros de longo percurso. A matéria-prima é barata, fácil de encontrar e garante um produto especialmente forte. Em caso de avarias é reparado rapidamente em qualquer região e sua vulnerabilidade à corrosão tem sido reduzida com camadas de epoxy.

No Brasil, há projetos para se substituir o aço. Embora mais caro e trabalhoso para soldagem, o alumínio torna os barcos mais leves, menos propensos à corrosão e mais velozes. Perfeitos.


Hediene

Título: Tipos de barcos

Autor: Hediene Hediene (todos os textos)

Visitas: 4

799 

Imagem por: wili_hybrid

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    23-04-2014 às 17:22:05

    Muito importante conhecer os diferentes tipos de barcos, pois assim é possível escolher o que mais a agrada, quais são os mais rápidos, de qual material são feitos, se é para viagens longas ou curtas. A Rua Direita adorou seu texto, bom mesmo!

    ¬ Responder
  • Allan RobsAllan Robs

    17-12-2010 às 01:37:06

    me avise por email.
    estou procurando saber deste barco, tem na sua foto, esquerda direita os 2 modelos, quanto pra ficar no ancoradouro, autonomia de quanto estas coisas.
    grato

    ¬ Responder

Comentários - Tipos de barcos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: wili_hybrid

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios