Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Barcos > Tipos de barcos

Tipos de barcos

Categoria: Barcos
Visitas: 4
Comentários: 2
Tipos de barcos

Bons barcos devem atender aos requisitos básicos de qualidade, durabilidade e segurança, e podem ser feitos de materiais diversificados e por distintos métodos de fabricação.

O processo Ply-Glass cria produto insuperável, rígido, com pouco peso e isolamento térmico adequado. Embora talhados em corte longitudinal e cascos poligonais, desenhos apropriados e construção caprichada, permitem que estes barcos sejam bastante atraentes. O revestimento de resina de vidro, sobre a madeira compensada, reduz a vulnerabilidade, e o difícil lixamento externo evita a deterioração da madeira. Mesmo usadas intensivamente, estas embarcações dispensam manutenção frequente e duram decênios, sem quaisquer sinais de envelhecimento.

Economia e rapidez na construção são características do método Strip-Planking, que produz barco forte e durável. O casco, feito em seções, recebe revestimento de ripas preparadas separadamente e emendadas até o tamanho pretendido. A colagem e saturação requerem atenções especiais, com aplicação de resina nos lados externo e interno do casco. Tecidos de vidro reforçam a estrutura e proporcionam mais proteção, elevando a vida útil do barco, requerendo raras manutenções.

Para barcos mais sofisticados, o processo Laminado Moldado é o mais indicado e se resume na colagem de camadas de tábuas finas, em direções distintas. As superfícies, recobertas com epoxy, têm o tecido de vidro como reforço. Dispensando-se a estrutura transversal, a espessura do casco é reforçada e aplica-se verniz no acabamento. Os resultados são produtos leves e resistentes, de uma beleza ímpar.

Os de recreação são fabricados, preferencialmente, com Fibra de Vidro, e são mais valorizados. Pelo alto custo da matriz, são feitos em série. Amadoristicamente, o casco é produzido a partir de um modelo precário, e a laminação sobre molde já protegido, torna a embarcação mais duradoura.

Quando destinados a competições e cruzeiros são construídos pelo método Sanduiche que utiliza espuma de P.V.C. ou Balsa no enchimento, e é indicado em processos profissionais. Suas embarcações são leves e robustas, com adequado isolamento tanto térmico, quanto acústico.

Na Europa, os barcos em aço são os preferidos, especialmente para cruzeiros de longo percurso. A matéria-prima é barata, fácil de encontrar e garante um produto especialmente forte. Em caso de avarias é reparado rapidamente em qualquer região e sua vulnerabilidade à corrosão tem sido reduzida com camadas de epoxy.

No Brasil, há projetos para se substituir o aço. Embora mais caro e trabalhoso para soldagem, o alumínio torna os barcos mais leves, menos propensos à corrosão e mais velozes. Perfeitos.


Hediene

Título: Tipos de barcos

Autor: Hediene Hediene (todos os textos)

Visitas: 4

799 

Imagem por: wili_hybrid

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    23-04-2014 às 17:22:05

    Muito importante conhecer os diferentes tipos de barcos, pois assim é possível escolher o que mais a agrada, quais são os mais rápidos, de qual material são feitos, se é para viagens longas ou curtas. A Rua Direita adorou seu texto, bom mesmo!

    ¬ Responder
  • Allan RobsAllan Robs

    17-12-2010 às 01:37:06

    me avise por email.
    estou procurando saber deste barco, tem na sua foto, esquerda direita os 2 modelos, quanto pra ficar no ancoradouro, autonomia de quanto estas coisas.
    grato

    ¬ Responder

Comentários - Tipos de barcos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Ler próximo texto...

Tema: Utilidades Domésticas
Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!\"Rua
O seguro desemprego é instituído pela Lei Nº 7.998, de 11 de janeiro de 1990 e que tem por finalidade prover a assistência financeira temporária ao trabalhador desempregado sem justa causa. Foi sancionado pelo presidente da República do Brasil e também é regido pela Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT.

Este benefício é concedido a todo e qualquer trabalhador que foi dispensado apenas em regime de sem justa causa ou quando houver acordo judicial e o juiz autorizar o pagamento devido ao ex-trabalhador da empresa.

Sua duração é de 3(três) a 5(meses) de forma contínua e dependerá do tempo em que ficou empregado. O valor mensal é calculado conforme o que o trabalhador ganhava durante o período em que estava empregado.

Essa assistência financeira e temporária tem algumas regras, por isso, é muito importante conhecê-la antes mesmo de solicitá-la nos órgãos responsáveis.

Para ter direito ao benefício:


- Precisa ter a carteira devidamente assinada da empresa;
- Ter trabalhado durante 6 meses na empresa (no mínimo);
- Não ter recebido esse benefício no período de 16(dezesseis) meses ininterruptos;
- Ter sido dispensado sem justa causa.

Quem tem direito ao benefício:


- Os trabalhadores demitidos sem justa causa;
- O pescador artesanal; e
- O empregado doméstico, desde que o empregador esteja recolhendo o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS).

Como solicitar – Passo a passo:


1) Dirija-se à qualquer Caixa Econômica Federal ou ao M.T.E (Ministério do Trabalho e Emprego) da sua cidade munidos dos seguintes documentos:
- Rescisão contratual, carteira de trabalho devidamente dado baixa com a data de saída e assinada e carimbada pela empresa, as duas vias do seguro desemprego preenchido e fornecido pela empresa, cartão do PIS/PASEP ou o cartão cidadão, extrato do recebimento do pagamento do FGTS, comprovante de residência e os últimos 3 (três) contra-cheques;
2) Entregue todos esses documentos ao atendente. Eles vão fornecer o protocolo de entrada do seguro desemprego, vão lhe dizer quantas parcelas você tem direito e a data que você receberá a primeira (30 dias).

Bem, apenas isso e agora é só esperar para o recebimento do pagamento das parcelas. Para consultar, acesse este link: http://granulito.mte.gov.br/sdweb/consulta.jsf
Digite com seu número de PIS/PASEP e logo abaixo com o código no visor e clique em consultar. Vai abrir outra tela com as informações das parcelas.

Pesquisar mais textos:

Briana Alves

Título:Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Autor:Briana Alves(todos os textos)

Imagem por: wili_hybrid

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios