Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Barcos > Regras básicas para navegar em segurança

Regras básicas para navegar em segurança

Categoria: Barcos
Visitas: 12
Comentários: 3
Regras básicas para navegar em segurança

Navegar pode ser um prazer indiscutível, mas deve ter-se muito cuidado e seguir as regras para navegar em segurança. Estas são fundamentais para evitar acidentes ou outros problemas relacionados com distracção e falta de segurança.

Assim quando vai navegar de barco convém em primeiro lugar informar-se sobre as condições climáticas locais, antes da partida (deve ver televisão e ouvir rádio para obter uma informação segura do clima). No caso de haver nuvens escuras, rápidas mudanças dos ventos, súbita queda de temperatura, o melhor é não navegar ou se for surpreendido em viagem deve voltar ao porto para segurança.

A água. Deste modo deve saber nadar bem, fazendo aulas de natação em escolas para uma segurança a bordo significa estar preparado para qualquer situação que possa acontecer na melhor preparação.

O ideal é antes de navegar usar de bom senso e fazer uma lista de pré-partida das coisas que necessita para viajar.

Desenvolva um plano de navegação, dizendo a um familiar ou pessoal da marina, para onde vai, quantas pessoas leva na embarcação e a previsão do retorno.

Inclua o seu nome, endereço, número de telefone do comandante, nome e número de telefone dos passageiros, tipo de barco, informação de registo, itinerário, tipo de comunicação, equipamento de bordo e outros.

Deve ainda usar colete, não deve beber álcool em excesso, ter feito o curso de navegação, conhecer as regras de operação de segurança para os barcos, ter feito um curso específico para o tipo de barco e estar preparado para tudo o que possa surgir, aprendendo com livros especiais, e ter o curso de mestre, capitão ou Boot Shows.

Outra coisa importante a respeitar é andar sempre a uma velocidade segura em especial em áreas congestionadas em especial nas marinas. Deve passar sempre longe das outras embarcações que têm mais restrição em parar ou virar.

É conveniente respeitar sempre o uso de bóias e outras ajudas à navegação para a segurança. Também Deve escolher um ajudante que esteja familiar com todas as operações do barco e segurança náutica.

O abastecimento do barco é relevante para evitar problemas de falha de combustível e deve ter ainda segurança contra incêndios.

Para além de cumprir sempre estas regras é conveniente tomar cuidado com os amigos e marinheiros que põe no barco, pois estes podem por desconhecimento dar maus palpites sobre a segurança exigida.

Ao comprar um barco é importante verificar com um especialista a integridade do casco e motores. A maior segurança a bordo é estar preparado para toda a situação que possa acontecer na água.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Regras básicas para navegar em segurança

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 12

798 

Imagem por: g-hat

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • SophiaSophia

    23-04-2014 às 16:14:25

    A Rua Direita agradece pelo excelente texto que esclarece algo que se costuma não se preocupar. É bem válido procurar saber das condições em que o barco está: se possui os requisitos básicos para uma viagem tranquila, além de se assegurar de tudo que vai precisar dependendo do tempo que estará navegando. Ótimo texto!

    ¬ Responder
  • ricardoricardo

    19-05-2011 às 09:04:49

    muito bom

    ¬ Responder
  • António Rosaantoniorosa

    28-03-2011 às 19:25:14

    Parabéns! gostei do artigo - muito bom :)

    ¬ Responder

Comentários - Regras básicas para navegar em segurança

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Imagem por: g-hat

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios