Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Barcos > Com toda a velocidade

Com toda a velocidade

Categoria: Barcos
Visitas: 2
Comentários: 1
Com toda a velocidade

As lanchas são um tipo de iate a motor muito utilizado para passeios, pesca de lazer e mergulho. Apresentam um design arrojado, com linhas actuais e interior muito luminoso, que impressiona pela privacidade que oferece.

As lanchas, enquanto barcos ágeis e rápidos com capacidade para se desviarem de tudo, seriam o meio de transporte eleito da sociedade moderna, se esta estivesse implantada sobre as águas, bem visto.

Tal faculdade de se livrar dos obstáculos pouparia, no que respeita aos veículos automóveis terrestres, os sensores de estacionamento…

Todavia, como «não há bela sem senão», em caso de engarrafamento no mar, que é como quem diz, de trânsito excessivo (de que as rádios e televisões não costumam dar conta), a agilidade e a rapidez das lanchas fazem com que elas nunca tenham prioridade. Ainda assim, vigora a lei da direita entre iguais.

As lanchas são recomendadas para quem não saiba velejar, goste da velocidade, pretenda comodidade ou navegar exactamente na direcção desejada, ou, no caso de se ser polícia, combater o contrabando, o tráfico de armas, munições, estupefacientes e de pessoas.

É claro que nestas circunstâncias se perdoa a alta vitesse… E os cuidados querem-se redobrados.

Quem não têm possibilidades de adquirir uma lancha, pode deleitar-se com campeonatos de corrida, também com miniaturas dotadas de controlo remoto.

Para os mais exigentes, há lanchas à medida dos seus anseios, com um amplo salão, várias janelas, cozinha e cabine para o marinheiro. Já os mais “emproados” podem dispor de camas ou espreguiçadeiras na proa, com uma real vista fantástica sobre o mar (bem diferente daqueles agentes que, para vender uma casa, apregoam um panorama esplêndido sobre o rio e, quando se vai a ver, trata-se de uma nesguinha minúscula, através da qual só com muito contorcionismo se detecta uma manchinha azul de água). 


Rua Direita

Título: Com toda a velocidade

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 2

605 

Imagem por: motorboat

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    17-06-2014 às 06:43:54

    As lanchas nos proporcionam grande aventura e nos leva de maneira muito mais rápida ao nosso destino. Além de nos aventurarmos muito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Com toda a velocidade

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: motorboat

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios