Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Sal: Conheça os vários tipos e suas finalidades

Sal: Conheça os vários tipos e suas finalidades

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Visitas: 18
Comentários: 1
Sal: Conheça os vários tipos e suas finalidades

A cozinha brasileira possui diversos tipos de sal, desde os tradicionais “marinhos” até os light’s e mais sofisticados. Abaixo, você poderá conferir algumas informações a respeito de cada tipo e em que prato utiliza-los.

Light – Esse sal foi criado com a intenção de diminuir a quantidade de sódio ingerida no consumo de alimentos salgados. Pois esse elemento acumula-se nas paredes arteriais, ocasionando a elevação da pressão sanguínea. Um pequeno detalhe desse sal é que ele é um pouco mais amargo que o comum, porém possui menos da metade de sódio que o marinho.

Flor de sal – Essa é uma das versões mais delicadas, ideal para colocar em pratos após seu preparo, quando o fogo já estiver desligado. Em carnes vermelhas, sua utilização é excelente, pois realça o tempero sem perder o sabor original do alimento. Esse sal tem grandes quantidades de magnésio, iodo e potássio.

Sal rosa – Suas reservas são encontradas principalmente no Vale Sagrado dos Incas, Peru. Nesse local, a mais de dois mil anos atrás, existia um oceano. Isso resultou em uma água salobra. Essa água brota da terra e faz poças no terreno. Com a evaporação, originam-se cristais de tons rosados. O sal rosa possui um índice alto de umidade e uma aparência grudenta, com sabor bem forte. Ele possui um dos menores teores de sódio, recomendado para temperar frutos do mar, peixes crus e aves.

Sal defumado – Sua produção é feita por meio da queima de madeira aromática, como carvalho e cerejeira. A fumaça dessa queima defuma o sal, deixando-o com tons acinzentados. Ele pode ser usado em diversos tipos de alimentos, como carnes, aves, peixes, combinando bastante com pratos vegetarianos. Porém, é necessário ter atenção em seu consumo, pois possui quase a mesma quantidade de sódio que o comum.

Sal marinho – é uma das alternativas mais saudáveis em relação ao sal refinado, que contém aditivos nocivos se consumidos em grandes quantidades. O sal marinho é produzido por meio da evaporação da água do mar, adquirindo um sabor diferenciado.

Sal negro – Também conhecido como Kala Namak, sua obtenção é a partir de reservas minerais da Índia. Sua textura e sabor são bastante diferenciados, sendo crocante e lembrando gosto de gema de ovo. Sua utilização pode ser feita em molhos, saladas e massas, pois é bastante solúvel.

Sal rosa do Himalaia – Seu tom rosado é graças a minerais contidos em sua composição, como o ferro e o manganês. Seu sabor não difere tanto dos mais usados, sendo necessário utiliza-lo adequadamente para não “sumir” nos ingredientes do prato. Em carnes grelhadas, saladas com azeite e legumes feitos na manteiga, seu uso é interessante. No tempero de caldos, ele deve ser evitado. Em carnes, é melhor colocar quando for prepará-la, pois ele tende a ressecar o alimento por absorver muita água.

Sal do Havaí – Também de tom rosado e rico em ferro, esse sal é excelente no tempero de molhos, saladas, grelhados de carne vermelha e vegetais. Mas, sua quantidade de sódio é alta, devendo ser consumido com cautela.

Sal grosso – Muito utilizado em carnes que serão assadas em churrasqueiras ou de outra maneira, pois seus cristais grandes conservam o sabor natural do alimento e evitam o ressecamento.

Sal de aipo – basicamente, esse sal é uma mistura de grãos de aipo seco e moído ao de mesa. Bastante utilizado para temperar caldos e sopas.


Lucas Souza

Título: Sal: Conheça os vários tipos e suas finalidades

Autor: Lucas Souza (todos os textos)

Visitas: 18

771 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Daiany Nascimento

    18-09-2012 às 14:21:11

    Oi Lucas, eu aqui para comentar mais um de seus artigos sobre alimentação. Até agora gostei de todos eles e recomendo a todos os leitores que procurem ler os seus textos, pois as dicas realmente são muito úteis para o dia a dia. Eu só conhecia um tipo de sal, acredita? Mas agora pude conhecer vários outros tipos de sal, assim fica mais fácil escolher qual é o melhor para cada preparo de alimento.

    ¬ Responder

Comentários - Sal: Conheça os vários tipos e suas finalidades

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

MELHORES CREMES PARA PELE DERMATOLOGICAMENTE TESTADOS E APROVADOS

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Beleza
MELHORES CREMES PARA PELE DERMATOLOGICAMENTE TESTADOS E APROVADOS\"Rua
Anualmente,ouvimos falar de muitos cremes e produtos para a pele milagrosos,descrevendo até mesmo uma renovação da pele anormal, para os padrões e formulas químicas inclusas no produto.
A Verdade é que são poucos os produtos que realmente fazem alguma diferença.

Mas aqui informamos uma lista de 5 cremes para a pele dermatologicamente testados e que realmente fazem a diferença sem propagandas enganosas comprovado por médicos usuários sendo reconhecidos pela qualidade no mercado atual dos cosméticos.

ATENÇÃO PARA A LISTA TOP5 PRODUTOS PARA UMA PELE MAIS SAUDÁVEL:

VITANOL A-ácido retinóico limpeza facial profunda clareamento de pele peeling recomendado pelos dermatologistas sendo o mais frequente em recomendações médicas.

Active Dermato Creme Esfoliante Facial, 60g realmente
rende uma boa limpesa facial -O Boticário

Ácido kójico, despigmentante derivado do arroz, promove sim um resultado mais leve.

Idebenona, nova favoritaa dos espertinhos, tem efeito clareador tão potente quanto o da hidroquinona. Melhor: é mais segura, sem tantas reações adversas.

Clarinskin II é extraído do gérmen do trigo e também controla a síntese de melanina. Destaque: é liberado para o uso em gestantes, vantagem Boaa no mundo dos cremes clareadores.

DICA RÁPDA:HIDRATANTE MELHORA SIMMMM AS RUGAS!!
O uso de filtro solar, associado ou não ao hidratante, protege a pele dos raios ultravioleta. É preventivo contra envelhecimento e até tumores de pele.
DICA RÁPDA: Todo creme deve ser passado debaixo para cima
DICA RÁPDA: Os produtos para limpar, tonificar e hidratar a pele tem de ser da mesma linha
DICA RÁPDA:Os cremes usados à noite não deixam a pele respirar.

.O que causa o aparecimento da celulite? Fatores hereditários interferem?

A celulite é causada por vários fatores concomitantes. A questão hereditária da predisposição também é relevante e quando existem famílias que as mães, as mulheres família tem muita celulite, as filhas terão logicamente maio tendência. A questão genética ou hereditária também está relacionada ao tipo de corpo, os corpos "mais arredondados, mais curvilinhos, mais femininos", são aqueles que tem mais chance de ter celulite, enquanto que aqueles mais retos com características um pouco mais masculinas são aqueles que tem menos chance de ter celulite. Além dos fatores hereditários existe e tendência relacionada ao hormônio feminino que predispõe uma retenção de líquido, as trocas do tecido vão piorando gradativamente, vai havendo uma má irrigação e uma alteração dos vasos desse tecido e também há uma questão relacionada a célula gordurosa que é uma célula hipertrofiada e com maior dificuldade de metabolização da gordura. Tudo isso associado faz com que a celulite possa aparecer.


Pesquisar mais textos:

Bell Bellucci

Título:MELHORES CREMES PARA PELE DERMATOLOGICAMENTE TESTADOS E APROVADOS

Autor:Bell Bellucci(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios