Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Os benefícios da linhaça

Os benefícios da linhaça

Categoria: Alimentação
Visitas: 2
Os benefícios da linhaça

Linhaça é uma semente proveniente do Linho rica em ácidos graxos essenciais, os hoje muito falados ômega 3, ômega 6 e ômega 9, responsáveis pela proteção contra doenças cardiovasculares, entre outras funções. A semente da linhaça é uma rica fonte alimentar já que se constitui em um alimento rico em proteínas, minerais, fibras e vitaminas. Essa semente apresenta inúmeros benefícios à saúde. Além da já citada proteção contra as doenças cardiovasculares, a linhaça também é responsável por melhorar o funcionamento do intestino e combinada com outros legumes, frutas e verduras pode reduzir inchaço, evitar a celulite e auxiliar no metabolismo. Além de prevenir alguns tipos de câncer e estabilizar a glicemia de diabéticos.

Está sendo muito utilizada na alimentação atual como fonte de nutrientes, sendo também usada em outros segmentos como na indústria de cosméticos e em farmácias de manipulação. Da casca dessa semente é extraído o óleo da linhaça, utilizado na fabricação de cosméticos e medicamentos manipulados, fabricação de linóleo, um tecido impermeável untado com óleo de linhaça e na diluição de tintas a óleo para pintura.

Existem dois tipos de semente de linhaça: a dourada e a marrom. A linhaça clara depende de climas mais frios para o seu cultivo e é de um sabor mais suave do que a escura. A linhaça mais escura é cultivada em climas quentes, tem a casca mais dura que a clara, contudo os dois tipos possuem os mesmos nutrientes. A casca da linhaça contém também vitamina E que evita o envelhecimento precoce e as doenças degenerativas.

A melhor forma de ingestão dessa semente é passando-a num triturador ou liquidificar na função pulsar, que evita que a semente vire pó. A ingestão é melhor dessa forma do que inteira, pois sua casca é dura. Além de que, consumindo a linhaça inteira, não há garantia de que seus nutrientes sejam aproveitados pelo organismo. Triturando-a é mais garantida a sua absorção. O ideal é fazer e consumir logo em seguida para evitar a oxidação deste composto. Para guardá-lo é necessário mantê-lo no refrigerador e fora da luz.

As sementes podem ser misturadas a iogurtes, vitaminas variadas, sucos naturais, sopas, feijão, saladas e cereais ou ainda ser acrescentadas a massas de pães e bolos. O pó de linhaça pode também substituir o óleo utilizado nas receitas. Os benefícios foram descobertos, porém as quantidades de consumo por dia ainda estão sendo estudadas. Então, mesmo com todas essas qualidades, vale lembrar que o consumo em excesso não é o mais indicado. O recomendado hoje é uma colher de sopa ao dia. Uma pequena quantidade que já faz uma enorme diferença, beneficiando os sistemas imunológico, nervoso e digestivo.

Há muitos estudos que indicam o consumo da linhaça dourada durante a gravidez, em dose pequena, uma colher de sopa ao dia, para regular o intestino, e desenvolver o cérebro e a retina da criança. Estes estudos afirmam que os agentes antioxidantes da linhaça durante a gestação e a amamentação garantem ao bebê uma maior facilidade de compreensão, memorização e concentração.

Além de todos os benefícios já mencionados da semente de linhaça, ainda há estudos que confirmam que a farinha dessa semente ajuda a emagrecer, pois permanece bastante tempo no aparelho digestivo, evitando com que o organismo dê sinais de fome, isto é, diminuindo o apetite.


Rosana Fernandes

Título: Os benefícios da linhaça

Autor: Rosana Fernandes (todos os textos)

Visitas: 2

792 

Imagem por: AlishaV

Comentários - Os benefícios da linhaça

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: AlishaV

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios