Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Benefícios do consumo moderado da cerveja na saúde

Benefícios do consumo moderado da cerveja na saúde

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Benefícios do consumo moderado da cerveja na saúde

Água, lúpulo, malte de cevada e levedura constituem os quatro principais ingredientes de uma das bebidas mais apreciadas no mundo inteiro. Ao contrário do que se veiculava até há algum tempo, estudos recentes vieram demonstrar que, bebida com contenção, a cerveja faz parte de um dieta equilibrada. Efetivamente, a cerveja, à semelhança do vinho, contém um grande número de componentes, que incluem antioxidantes e vitaminas, provenientes dos cereais que lhe dão origem, e que são benéficos para a saúde.

O consumo moderado de cerveja é passível de proteger contra as doenças cardiovasculares (enfartes do miocárdio e alguns tipos de AVC). Calcula-se que a ingestão de 30g de álcool por dia reduza em cerca de 25 por cento o risco de patologias coronárias. Este facto encontra explicação no aumento do bom colesterol e na redução do aparecimento de coágulos no sangue quando se ingere álcool, e, por conseguinte, a diminuição do risco de moléstias. Há que realçar que o consumo em excesso não vai fazer subir desmesuradamente o bom colesterol; pelo contrário, além de diversos problemas noutros sistemas do organismo, a ingestão exagerada vê o efeito anulado.

Outras investigações permitiram concluir que a cerveja tem a dita de, bebida de forma regrada, ajudar a proteger contra a formação de pedra na vesícula, osteoporose, diabetes, úlceras e cancro do estômago e vários tipos de cancro, descalcificação óssea, entre outros. Em acréscimo, e dado que possui 93 por vento de água, é um excelente modo de hidratação, mormente depois da prática de exercício físico (os açúcares, sais e gás que encerra ajudam o organismo a absorver os fluidos de maneira mais célere do que a água).

A cerveja apresenta ainda um elevado teor de potássio (que previne as cãibras), é uma fonte de fibra solúvel (que auxiliam a função intestinal, encurtam o tempo de digestão e absorção dos alimentos e reduzem os índices do mau colesterol, afastando enfermidades coronárias), tem uma ação diurética e anti-inflamatória, é rica em vitaminas do complexo B (sendo que a vitamina B2 - ou riboflavina - interfere no crescimento da pele, das unhas e do cabelo, para além de atuar como cicatrizante, a vitamina B6 confere especial proteção contra patologias cardiovasculares e a vitamina B12 produz serotonina a dopamina, responsáveis pela sensação de bem-estar), e pode integrar positivamente uma dieta saudável, pois a sua produção é feita a partir de cereais, como a cevada, o lúpulo, o trigo, o arroz ou o milho.

Pesquisas entretanto efetuadas adiantam que compostos presentes na cerveja, no vinho e no chá são suscetíveis de inibir o desenvolvimento do cancro da mama. Todavia, há que ter em atenção que as cervejas sem álcool contêm bastante mais açúcar na sua composição, o que é um contra para pessoas diabéticas.

Nunca é demais lembrar que em determinadas situações (como em caso de gravidez, condução de veículos ou trabalhos com máquinas, antes de praticar desporto ou perante certo género de medicação) o consumo de bebidas alcoólicas é totalmente desaconselhado e até perigoso.


Maria Bijóias

Título: Benefícios do consumo moderado da cerveja na saúde

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

768 

Imagem por: swanksalot

Comentários - Benefícios do consumo moderado da cerveja na saúde

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Imagem por: swanksalot

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios