Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Viagens > Como surgiu o Programa de Fidelização para ganhar e acumular milhas

Como surgiu o Programa de Fidelização para ganhar e acumular milhas

Categoria: Viagens
Como surgiu o Programa de Fidelização para ganhar e acumular milhas

O setor de turismo sofreu grandes impactos com a globalização mundial. Primeiramente, houve o progresso para que mais e mais pessoas pudessem ter a chance de viajar com preços mais acessíveis e econômicos.

A princípio, apenas quem tinha acesso às viagens era a elite, o clero (classe dominante). O povo não podia exercer as viagens como lazer e aos poucos, com a ajuda da Revolução Industrial, isso foi mudando e hoje é a forma mais normal do mundo.

Outro fator importante é que se iniciou a aquisição do uso de voucher entre o cliente e os prestadores de serviços. Criado pelo Pai do Turismo, Thomas Cook, esse voucher permitiu que as pessoas não apenas usassem dinheiro, e sim que resgatassem o produto ou serviço comprado com esse voucher, uma forma de ser um comprovante de pagamento.

Depois, a American Airlines inventou o programa de milhagem em 1981 e as demais companhias aéreas foram pelo mesmo modelo com algumas adaptações. O que era apenas para fidelizar os clientes para viajar a negócios tornou-se hoje uma das mais rentáveis formas de viajar, sem gastar tanto dinheiro assim!

Assim, temos os programas de fidelização de cada companhia aérea e as mais comuns e famosas são:
- Tam Linhas Aéreas: Multiplus Fidelidade;
- Gol Linhas Aéreas: Smiles;
- Azul Linhas Aéreas: Tudo Azul;
- Avianca Linhas Aéreas: Amigo.

Cada programa de fidelização tem as suas próprias regras de uso e com vantagens específicas e exclusivas! Há centenas de formas de realizar suas compras em produtos e serviços, viagens nas companhias aéreas, e demais outras maneiras, fazendo assim ganhar e acumular milhas e mais milhas para posteriormente viajar sem pagar um alto preço de passagem aérea. Em alguns casos, o valor das milhas é contabilizado integralmente, sem ter que utilizar nenhum tostão no bolso!

Como ganhar e acumular milhas?

Você precisa escolher e fazer o cadastro em algum programa de fidelização. O ideal é escolher apenas um programa para ganhar, acumular e viajar! Se escolher a Tam, faça uso do programa Multiplus; Se a Gol, utilize o Smile, e assim por diante!

- Comprando passagens aéreas você ganha milhas;
- Comprando produtos nas lojas parceiras on line (cada companhia aérea possui lojas específicas);
- Aderindo aos serviços de assinaturas de revistas, jornais, etc;
- Aquisição do cartão Clube Smile da Gol Linhas Aéreas pelo qual você paga uma mensalidade e as milhas são creditadas todo mês;
- Outros mais.

Assim, você pode ler o regulamento de cada programa de fidelização para aderir a algum que seja mais benéfica para você! Não deixe de utilizá-las, pois possuem excelentes vantagens na hora em que se quer viajar para qualquer lugar do mundo!


Adriana Santos

Título: Como surgiu o Programa de Fidelização para ganhar e acumular milhas

Autor: Adriana Santos (todos os textos)

Visitas: 0

30 

Comentários - Como surgiu o Programa de Fidelização para ganhar e acumular milhas

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios