Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Arte > Arte urbana em expansão

Arte urbana em expansão

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Arte
Visitas: 3
Comentários: 4
Arte urbana em expansão

Toda a arte é uma forma de expressar os sentimentos, seja na tela, no papel ou nas paredes, no que diz respeito à arte graffiti, nem sempre foi bem vista por ser considerada uma arte de pessoas à margem da sociedade, na realidade ela é praticada por artistas que representavam formas distorcidas de rostos, paisagens e objectos.

Parece um paradoxo mas hoje em dia o graffiti é ainda considerada uma arte de vanguarda mas conhece já uma expansão considerável, é muito difundida nalguns países em especial, na Inglaterra, França, Nova York e Espanha.

Há muita gente que se desloca para admirar o graffiti, em monumentos, muros,ou telas lindíssimas expostas em galerias de arte, os símbolos e letras desenhados são de uma beleza admirável, tanto dos desenhos como da mistura de cores usada.




Há artistas que se dedicam apenas a fazer retratos e pinturas realistas, outros preferem usar sprays e realizam obras de grande qualidade, em Nova York é muito comum os artistas juntarem-se em grupos especializados de váris estilos que vão desde o hip-hop a pinturas de grandes murais, distorções gráficas ou fragmentos de madeira. O que importa é que todos compartilham as mesmas tendências estéticas e políticas.

Em Barcelona há um grande colectivo de artistas de graffiti, onde surgiu um movimento artístico de grande qualidade, outros artistas dedica-se a desenhar e pintar camisetes e cartazes para expor. Os desenhos incidem nas grandes figuras da História, actores de cinema ou pessoas célebres.

No Japão são célebres os graffitis por toda a parte em especialmente no metro.As pinturas referem-se a pessoas e acontecimentos do passadfo , que são retratadas em paredes legais, mediante a interecção de cores, luz e sombras.

O seu efeito é realmente extraordinário e de rara beleza
É normal vermos nas pinturas de graffiti,desenhos de animais exóticos, rostos sofredores, grupos de jovens, representações de racismo ou mulheres bonitas.

A Inglaterra valoriza muito a arte urbana é é um grande centro onde se pode admirar a arte em pinturas, fotografias,murais ou galerias. efectivamente trata-se de um centro por excelência,de artistas de renome devido à beleza da cidade de Londres.È ainda frequente deslocarem-se alunos de Belas Artes e design para se especializarem e tomarem contacto com a esta arte.

Enfim, poder-se-á afirmar que se trata de uma expressão de rara beleza e sentimentos pelo passado.

E, de bizarro já não tem nada!


Teresa Maria Batista Gil

Título: Arte urbana em expansão

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 3

649 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDaniela Vicente

    09-09-2012 às 12:35:11

    Eu adoro ler sobre arte, e arte urbana é um tema muito interessante. Muita gente continua a imaginar a arte urbana, uma cidade suja. Contudo, temos que conseguir fazer diferença entre arte e rabiscos feitos por delinquentes. O seu texto é muito esclarecedor para este tipo de pessoas, que ainda pensa que a arte da cidade é a sujidade das paredes. Parabéns pelo seu texto. é muito interessante e apelativo.

    ¬ Responder
  • Streetart PortugalStreetart Portugal

    28-05-2012 às 16:16:11

    Bom texto - é sempre óptimo ler cada vez mais sobre a arte urbana / street art !
    Ralf Wende
    Editor
    www.streetartportugal.com

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarla

    18-05-2012 às 14:26:13

    Gostei bastante deste seu texto... Parabéns, continue assim...

    ¬ Responder
  • Teresa Maria Batista GilTeresa Maria Batista Gil

    28-05-2012 às 11:11:46

    Obrigado Carla pelo seu elogio.

    ¬ Responder

Comentários - Arte urbana em expansão

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios