Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Um flagelo social

Um flagelo social

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 4
Comentários: 1
Um flagelo social

Considera-se que a esquizofrenia é um um desequilíbrio na produção de uma substância química, a dopamina, que provoca grandes perturbações na comunicação entre as células nervosas do cérebro. Esta perturbação pode ser hereditária, ou seja, fruto de um problema genético do indivíduo ou de sua família. Mas no entanto nem sempre isso se verifica. O doente apresenta normalmente uma incapacidade de análise sensorial ao nível dos sentidos.

Muita gente sofre de esquizofrenia sendo o seu aparecimento mais frequente durante a fase da adolescência e idade adulta. Ela atinge pessoas de todos os estratos sociais, idades e profissões. Mas, a idade considerada mais crítica é entre os quinze e trinta anos.

Ás vezes surge subitamente como consequência de reacções ás novas adaptações que o indivíduo tem que fazer no seu percurso de vida. Salientam-se o estudo, a fase de passagem de idades,, maiores responsabilidades etc. Muitos adolescentes reagem mal a estas situações o que causa distúrbios e perturbações. Assim não é de estranhar certas reacções de isolamento, fixação a determinadas coisas, no corpo e outros.

Normalmente aparecem um conjunto de sintomas que servem de sinais da incómoda doença.
de entre os inúmeros sintomas que ela desenvolve são comuns as alucinações, delírios, apatia e desinteresse, confusão e desordem mental, isolamento, alteração da emoções e grande desconfiança no próximo.

Associada a esta maleita estão as perturbações auditivas e perceptivas. É normal também os descuidos com os cuidados de higiene, a não distinção entre o que é real e imaginário, a mania da perseguição, grandeza e ciúme.

Sendo uma doença muito frequente e a aumentar cada vez mais é de grande relevância fazer-se um tratamento adequado e adquirir hábitos de vida que possam minorar os seus sintomas desagradáveis. Isto passa por um maior acompanhamento do doente para evitar a progressão dos sintomas. Ela surge normalmente por surtos de modo que convêm evitar o que causa a sua manifestação.

Apesar da importância dos medicamentos nesta doença, O objectivo deverá ser ainda o de integrar bem os doentes na família , no trabalho e na sociedade em geral. A prática de desporto e outras actividades conjuntas são também salutares.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Um flagelo social

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 4

659 

Imagem por: TheAlieness GiselaGiardino²³

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • sandra

    02-12-2013 às 11:13:23

    FLAGELO SOCIAL-É um conjunto de problema social que efectuam a sociedade negativamente prejudicando o seu desenvolvimento.

    ¬ Responder

Comentários - Um flagelo social

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios