Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Regras De Concordância Verbal: Sujeito Simples

Regras De Concordância Verbal: Sujeito Simples

Categoria: Outros
Visitas: 4
Regras De Concordância Verbal: Sujeito Simples

Para quem quer aprender mais sobre a língua portuguesa ou gosta muito de escrever, a dica de hoje refere-se ao uso da concordância verbal no sujeito simples. É importante saber dessas regras, pois são elas que nos direciona para uma escrita e um modo correto de uso.

Não tem como não estudá-las. Mesmo sabendo que não iremos decorar nunca, porém quanto mais você as estuda e pratica, mais você se familiariza e aprende. Depois, torna-se natural e não necessitará recorrer a elas.

Regras gerais:
- Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com o seu sujeito. Exemplos:
1) Ele gostava daquele seu jeito carinhoso de ser;
2) Eles gostavam daquele seu jeito carinhoso de ser.

Casos de concordância verbal: sujeito simples
Regra geral:
- O verbo concorda com o núcleo do sujeito em número e pessoa. Exemplo:
1) Nós vamos ao cinema.
O verbo (vamos) está na primeira pessoa do plural para concordar com o sujeito (nós).

Casos especiais:
a) O sujeito é um coletivo – o verbo fica no singular:
- A multidão gritou pelo rádio.
b) Coletivos partitivos (metade, a maior parte, maioria, uma porção de, grande número de, etc) – o verbo fica de preferência no singular:
- A maioria dos alunos foi à excursão.

c) O sujeito é um pronome de tratamento – o verbo fica sempre na 3ª pessoa (do singular ou do plural):
- Vossa Alteza pediu silêncio;
- Vossas Altezas pediram silêncio.
d) O sujeito é o pronome relativo que – o verbo concorda com o antecedente do pronome:
- Fui eu que derramei o café.

e) O sujeito é o pronome relativo quem – o verbo pode ficar na 3ª pessoa do singular ou concordar com o antecedente do pronome:
- Fui eu quem derramou o café.
f) O sujeito é formado pelas expressões: alguns de nós, poucos de vós, quais de..., quantos de..., etc. – o verbo poderá concordar com o pronome interrogativo ou indefinido ou com o pronome pessoal (nós ou vós):
- Qual de vós me punirão?
- Qual de vós me punireis?

g) O sujeito é formado de nomes que só aparecem no plural – se o sujeito não vier precedido de artigo, o verbo ficará no singular. Caso venha antecipado de artigo, o verbo concordará com o artigo:
- Estados Unidos é uma nação poderosa;
- Os Estados Unidos são a maior potência mundial.
h) O sujeito é formado pelas expressões mais de um, menos de dois, cerca de..., etc – o verbo concorda com o numeral:
- Mais de um aluno não compareceu à aula;
- Mais de cinco alunos não compareceram à aula.

i) O sujeito é constituído pelas expressões a maioria, a maior parte, grande parte, etc – o verbo poderá ser usado no singular (concordância lógica) ou no plural (concordância atrativa):
- A maioria dos candidatos desistiu;
- A maioria dos candidatos desistiram.

j) O sujeito tiver por núcleo a palavra gente (sentido coletivo) – o verbo poderá ser usado no singular ou plural se este vier afastado do substantivo:
- A gente da cidade, temendo a violência da rua, permanece em casa;
- A gente da cidade, temendo a violência da rua, permanecem em casa.


Luene Zarco

Título: Regras De Concordância Verbal: Sujeito Simples

Autor: Luene Zarco (todos os textos)

Visitas: 4

397 

Comentários - Regras De Concordância Verbal: Sujeito Simples

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios