Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Empresariais > O Planejamento Tributário na organização

O Planejamento Tributário na organização

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Empresariais
Visitas: 6
Comentários: 2
O Planejamento Tributário na organização

Planejamento tributário é colocar em prática um plano em que se possa economizar legalmente impostos, taxas e contribuições dadas ao governo em dinheiro. Com este planejamento é possível evitar a geração de tributos, reduzir o valor do tributo e sua base de cálculo e retardar o seu pagamento. Esse tipo de planejamento é fundamental na organização empresarial, pois garante a administração certa do ônus dos tributos, pois muitas empresas acabam gastando mais da metade dos rendimentos somados entre custos e despesas em tributos. Além disso, realizar um planejamento tributário é possibilitar à empresa, pois gera capital de investimento e possibilidade de geração de empregos, já que com a economia feita por meio desse planejamento é possível sobrar recursos da empresa para a realização de novos empreendimentos e ainda baratear o preço ou o serviço que a empresa oferece.

Com o planejamento tributário, a empresa pode reduzir o montante do tributo preenchendo o imposto de renda, deduzindo as despesas com planos de saúde, dependentes e planos de previdência. Isso garantirá um menor imposto a pagar ou uma maior restituição. Adiar o pagamento do tributo pode ser feito transferindo o faturamento da empresa para o primeiro dia útil do mês, sem multa. Agindo assim, a instituição ganha tempo para o pagamento das taxas.

Essa diminuição da restrição da carga tributária tão necessária hoje para a sobrevivência das empresas deve estar incutida dentro de um planejamento bem-arquitetado. Há condições legais de redução dos tributos, basta as empresas contatarem profissionais qualificados, como economistas, contadores, advogados tributários, que, entendidos no assunto, enquadrarão a situação da empresa dentro dessas possibilidades legais de redução. O que acontece atualmente é que muitas empresas fazem esse tipo de planejamento, mas não o colocam em prática de maneira eficaz ou esquecem de controlá-lo. Com o planejamento tributário, as empresas além de reduzirem gastos, evitando as perdas, também podem elevar seus lucras, tornando-se mais competitivas.

O sucesso desse planejamento é diretamente proporcional ao profissionalismo e à qualificação do profissional responsável pela organização tributária da empresa. Essa organização passa pelo estabelecimento dos objetivos da empresa, a observação de sua realidade e dos recursos que são necessários ao funcionamento do empreendimento, sejam eles materiais ou humanos, a determinação de estratégias de ação que garantam o alcance dos objetivos e a elaboração de um programa de ação.

É preciso estar atento a realização desse programa de ação já que é fundamental conhecer bem as leis tributárias a fim de evitais transtornos futuros. É preciso evitar a evasão fiscal, em que contribuinte utiliza artimanhas para escapar ou reduzir o pagamento dos tributos, descumprindo as determinações legais. Um bom planejamento tributário deve estudar criteriosamente as alternativas, de acordo com a realidade da empresa, de reduzir impostos, dentro da legalidade estabelecida.

O intuito de um planejamento tributário é garantir um plano de ação para que a empresa economize na hora de acertar as contas com o governo. Um bom profissional é atento às brechas da lei que podem beneficiar a empresa, as possibilidades de postergação do pagamento dos tributos e conhecer todos os recursos que podem ser utilizados na redução do imposto de renda.


Rosana Fernandes

Título: O Planejamento Tributário na organização

Autor: Rosana Fernandes (todos os textos)

Visitas: 6

763 

Imagem por: lumaxart

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Kizua UriasKizua

    04-07-2014 às 23:24:21

    Importantíssimo para manter a ordem e organização do setor financeiro. Os impostos são muitos e altos, tem que ter um planejamento tributário e contratar um bom contador para isso.

    ¬ Responder
  • Oscar MarrettaOscar Marretta

    25-08-2011 às 23:58:16

    Quero parabenizar á autora Rosana Fernandes por sua inteligência e perfeição.
    Oscar Luiz Marretta Cavalcanti

    ¬ Responder

Comentários - O Planejamento Tributário na organização

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Imagem por: lumaxart

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios