Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Empresariais > Medidas a adoptar para ter um arquivo organizado

Medidas a adoptar para ter um arquivo organizado

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Empresariais
Visitas: 10
Comentários: 1
Medidas a adoptar para ter um arquivo organizado

Muitas pessoas deparam-se, por vezes, com problemas de organização no escritório (pessoal ou do trabalho). Ou é um telefone importante que não se encontra em lado nenhum, ou um relatório ou documento que o seu patrão está a exigir para ontem e você simplesmente não o consegue encontrar, ou é a papelada imensa que se vai acumulando em cima da secretária sem que se consiga dar vazão à mesma, ou, ainda, o desesperante momento em que descobre que o disco rígido do seu computador pediu reforma antecipada na pior altura, pois não efetuou backups da informação guardada. Todos estes sintomas podem ser rotulados como desorganização pura ou, pelo menos, como momentos menos felizes na arrumação correta dos arquivos.

Para solucionar este problema, existem algumas medidas que poderá pôr em prática, como as que se seguem: em primeiro lugar, deverá fazer uma (profunda e séria) revisão geral à sua secretária, eliminando, sem dó ou piedade, documentos e papelada que já não lhe interessam.

Depois, tudo o que não for utilizar no momento, deve colocar em dossiers e estantes, que devem estar organizados por ordem alfabética ou outra (por assunto, por exemplo).

As pequenas anotações diárias deverão ser registadas em pequenos cadernos de espirais, ou blocos de notas e nunca em papéis soltos, para evitar desesperantes extravios. Organize a documentação a ser tratada de acordo com a sua urgência de «despacho».

Os documentos mais urgentes deverão ser empilhados à parte e os outros deverão ser agrupados de acordo com o destino que se lhes pretende dar. Verifique diariamente a correspondência, num horário pré-estabelecido e dê-lhe seguimento: contas para pagar, documentação a ser arquivada, cartas que exigem resposta, etc.

Por outro lado, deve tentar «limpar a mesa» e manter os materiais em locais acessíveis e de fácil alcance: assim, deve evitar ter de mover três pesadas pilhas de papel para, simplesmente, aceder a uma gaveta onde guarda materiais de uso quotidiano.

Deve, ainda, criar um lixo «seguro», o que significa que, se você é daquelas pessoas que, na tentativa irrefletida de se verem livres de tudo e mais alguma coisa, acabam por se desfazer de documentação importante, deve criar um espaço para onde, durante algumas semanas, vai deitando – só – papéis. Após algum tempo, já estará em condições de decidir se aquele amontoado de papel é, de facto, inútil, e se pode seguir caminho até ao ecoponto mais próximo.

Mas lembre-se: as ideias «ideais» só você as pode ter, em função do mobiliário, tempo e paciência de que dispõe. Mantenha a calma, encare as montanhas de papel que o/a esperam e… mãos à obra!


Isabel Rodrigues

Título: Medidas a adoptar para ter um arquivo organizado

Autor: Isabel Rodrigues (todos os textos)

Visitas: 10

783 

Imagem por: Velo Steve

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    10-07-2014 às 23:52:51

    É verdade! Preciso me organizar muito, até tento ser uma pessoa organizada, mas sempre é com grande sacrifício. Manter os papéis nos seus lugares e documentos importantes bem guardados evitam perdas de tempo, inclusive, desnecessárias.

    ¬ Responder

Comentários - Medidas a adoptar para ter um arquivo organizado

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Imagem por: Velo Steve

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios