Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Como se frita isto e aquilo?

Como se frita isto e aquilo?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Comentários: 6
Como se frita isto e aquilo?

Os fritos não fazem bem. Fazem colesterol, engordam, contribuem para doenças cardiovasculares, diabetes, etc., etc., etc. …

Tudo o que é frito faz mal, mas sabe tão bem…

Batatas fritas, alheiras de Mirandela, sonhos e filhoses, bifes e ovo a cavalo, enfim, um não mais terminar de iguarias que nos trazem água na boca a qualquer altura do dia.

Todos os que cozinham regularmente julgam-se capazes de fritar qualquer coisa em qualquer fogão, mas na realidade existe truques e dicas para conseguir fritar determinados alimentos. Já lhe aconteceu tentar fritar uma alheira de Mirandela e ela puro e simplesmente explodir na fritadeira? E as batatas fritas, de vez em quando ficam moles?

Pois bem, para umas fritadas de qualidade, aqui vão umas ideias.

As batatas fritas são dos alimentos mais consumidos no dia a dia de todos nós. Para que fiquem mais estaladiças, corte-as em ripas ou em rodelas. Depois de cortadas, deixe-as a marinar 10 minutos em água e vinagre. De seguida, escorra-as e passe-as por um pano seco. Quando as fritar, vai verificar que estarão mais estaladiças do que nunca.

Quanto às alheiras de Mirandela, o cozinhado por ser mais complicado. A fritadeira deve ter óleo suficiente para mergulhar as alheiras como se de batatas para fritar se tratasse.

De seguida, dê um corte em todo o cumprimento da alheira, pelo lado de fora. Picar e furar com um palito em toda a alheira também pode funcionar, mas aí a pele que reveste o interior da alheira já não vai sair. Quando o óleo estiver bem quente, mergulhe-as na fritadeira. Em 5 minutos estão prontas.

E quanto aos ovos? Quantos de nós se pode orgulhar de fritar ovos sem os partir? Ao contrário do que muitos possam imaginar, o ovo depois de frito não rebenta somente por causa do mau jeito com que é retirado da frigideira. O truque está na forma como parte a casca. Parta-a com a ajuda de uma faca e frite o ovo numa frigideira anti-aderente com azeite. No final, ajude com uma escumadeira.

Quando fritar bifes, utilize apenas azeite e um nó de manteiga (evite o óleo). A frigideira tem de ser anti-aderente para não queimar as pontas do bife. Aproveite e acrescente um bocadinho pequeno de água fria. O molho vai ficar macio e delicioso.

Pequenos truques fazem fantásticos cozinhados. O segredo pode afinal não estar no cozinheiro.


Carla Horta

Título: Como se frita isto e aquilo?

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

797 

Imagem por: Loimere

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 6 )    recentes

  • SophiaSophia

    15-06-2014 às 04:31:29

    Muito bom! Tenho usado o azeite para fritar certos alimentos e tenho observado o sabor que é mais gostoso e o benefício(utilizando, claro, pouco na hora de fritar). Estou amando cozinhar assim!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Daniela VicenteDaniela Vicente

    16-09-2012 às 13:07:39

    quem não sabe que os fritos fazem muito mal? é um atentado às nossas veias e ao nosso coração. eu já não como fritos à imenso tempo. a única coisa que comia frita era salsichas, mas desde que tive uma péssima digestão com estas deixei mesmo de comer. a minha alimentação passa sobretudo por assados, quando não visito a famosa loja de hambúrgueres. gosto do seu texto, mas prefiro o tema top.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoMadalena

    23-07-2012 às 12:10:17

    Existem muitas receitas que tipicamente são feitas com fritura e que nos dias de hoje se descobriu que também se podem fazer no forno. É muito mais saudável e para além disso muitas destas receitas impedem que os alimentos “rebentem” como acontece nas frigideiras. Alguns salgados, por exemplo são prova disso mesmo. Faço por exemplo os douradinhos que os miúdos tanto gostam no forno.
    Até mesmo alguns dos famosos fritos de Natal podem ser feitos no forno. Para ganhar um aspeto brilhante como os fritos, podemos sempre pincelar com ovo. Enquanto se puder fugir dos fritos, mas fazendo o gosto à barriga, eu opto.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoPatrícia

    19-07-2012 às 12:42:26

    Sou uma cozinheira de mão cheia. Cozido á Portuguesa, ou Pezinhos de Coentrada, ou até as francesinhas mais complicadas me saem bem, mas os ovos estrelados saem-me sempre partidos. Não é de todo uma questão de jeito nem de falta dele, é “daquelas” coisas que não conseguimos fazer. Frigideiras anti aderentes foi coisa que sempre tive e as escumadeiras até as tenho de celicone e de metal. Só me falta mesmo experimentar a dica de partir os ovos com a faca, pois tenho o antigo habito de os partir na pontinha na frigideira. Será que sou a única com o dilema dos ovos a cavalo?

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoEmanuel

    12-07-2012 às 11:34:33

    Achei engraçado o troque das batatas mais estaladiças. Por acaso já me tinha perguntado porque é que em alguns sítios se comiam batatas mais estaladiças do que noutros. Em casa, só as congeladas ficavam assim, mas o interior muitas vezes parece quase oco. Experimentei esta técnica do vinagre na água e depois secá-las antes de as fritar e deu mesmo resultado.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCatarina

    12-07-2012 às 11:34:15

    É curioso as dicas que aqui são dadas. Adoro Alheira de Mirandela, mas acabo sempre por comê-las fora de casa, pois nunca consegui que a fritura em casa saísse como deve ser. Comê-las fora de casa sem saber em que óleo são fritas é ainda menos saudável que comê-las em casa. Literalmente o que me acontece é um rebentamento de alheira no meio da frigideira, que com todo o óleo que lá está, não abre o apetite a ninguém. Estão explicadas as técnicas e agora falta experimentar. Claro que fritos fazem mal, mas um pequeno pecado de vez em quando adoça a vida.

    ¬ Responder

Comentários - Como se frita isto e aquilo?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Imagem por: Loimere

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios