Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Água! Antes, durante ou depois das refeições

Água! Antes, durante ou depois das refeições

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Visitas: 156
Comentários: 6
Água! Antes, durante ou depois das refeições

Existe a crença geral de que não se deve beber água durante as refeições. A verdade é que as opiniões divergem. Há quem acredite e divulgue que ingerir água às refeições tem acção directa na gestão eficaz do peso, defendendo que aumenta a sensação de saciedade, o que reduziria a quantidade de alimentos deglutidos. Outros, porém, são apologistas de que se deve evitar, porque dilata o estômago desnecessariamente e agrava o apetite em refeições posteriores. A literatura científica, com base em alguns estudos, adianta que a ingestão de água antes ou durante a refeição não apresenta efeito nenhum no que se refere às calorias totais ingeridas nessa refeição ou nas seguintes, donde se conclui que, relativamente ao peso, tem um resultado neutro.

Alguns especialistas afirmam que a presença de líquidos à mesa favorece a secreção de enzimas digestivas e que é essencial beber água para poder digerir correctamente os alimentos. Naturalmente que não se vai beber a quantidade de água recomendada para um dia (cerca de dois litros, apesar de esta quantidade depender da constituição física, do nível de actividade e da humidade do ar, e prestando-se especial atenção a situações de doença, esforço físico prolongado ou outras circunstâncias que requeiram maior ingestão) de uma só vez, a uma única refeição…! Efectivamente, a hidratação deve ser continuada, bebendo-se cerca de 125 cl de água (meio copo) de cada vez. Aconselha-se beber um ou dois copos ao levantar e distribuir o resto pelos intervalos das refeições, até 30 minutos antes do repasto e uma a duas horas após, a fim de que não se prejudique a absorção de nutrientes nem a digestão.

Embora a água dilua os sucos gástricos, contribuindo para melhores digestões, força, por vezes, o estômago e o fígado a produzir mais ácidos (de forma a tornar possível a degradação de todos os alimentos), o que se pode traduzir numa acidificação acrescida do meio, e, como consequência, despoletar grandes descargas de ácidos nas refeições a seguir, causando, eventualmente, sintomas como a azia ou mesmo úlceras ou outras enfermidades.

Ao que parece, é mais benéfico, em termos de repleção, incluir a água na confecção de sopas e pratos similares (uma vez que não se verifica necessidade de compensação calórica a posteriori) do que recorrer a ela, em proporção idêntica, como uma bebida.

Mais de 60 por cento do corpo humano é composto por água, pelo que ela é fundamental para a nossa saúde e bem-estar. É auxiliadora na regulação da temperatura corporal, elimina as toxinas através da urina e da transpiração, molda o bolo fecal, tem um papel intenso na respiração e é responsável pela distribuição de inúmeros nutrientes aos diversos órgãos. Na ausência ou escassez de água, o sistema natural de limpeza e de desintoxicação do organismo debilita-se, o que é passível de acarretar as mais variadas patologias.

Não há contra-indicações em ingerir água antes, durante ou depois das refeições. De facto, a hidratação é o mais importante para a saúde.



Maria Bijóias

Título: Água! Antes, durante ou depois das refeições

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 156

799 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 6 )    recentes

  • SophiaSophia

    15-06-2014 às 04:34:51

    No geral, beber água faz bem a qualquer hora seja antes, durante ou após as refeições. O que percebo que acontece é que ficamos com aquela sensação de inchaço, mas apenas se beber muita água ou suco. É bom beber um copo ou meio copo de água.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoANONIMO

    15-04-2013 às 15:28:34

    MEIO COPO ACHO QUE NAO FARA MAl

    ¬ Responder
  • lidiane

    03-11-2012 às 20:22:35

    eu senpre gosto de bebe agua senpre nas minha refeiçoe e serto ou erado...

    ¬ Responder
  • paulo sérgio

    06-12-2012 às 09:01:56

    Um ou dois copos não faz mal, ajuda no processo
    digestivo.

    ¬ Responder
  • patricia silvapatricia silva

    30-06-2011 às 17:04:57

    Eu evito sempre que posso,mas acada um faz como quer e o que quer.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoMagda

    14-08-2009 às 09:48:27

    Sempre tive o cuidado de não beber àgua durante sa refeições, pois sempre ouvi que não se devia.

    ¬ Responder

Comentários - Água! Antes, durante ou depois das refeições

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Utilidades Domésticas
Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!\"Rua
O seguro desemprego é instituído pela Lei Nº 7.998, de 11 de janeiro de 1990 e que tem por finalidade prover a assistência financeira temporária ao trabalhador desempregado sem justa causa. Foi sancionado pelo presidente da República do Brasil e também é regido pela Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT.

Este benefício é concedido a todo e qualquer trabalhador que foi dispensado apenas em regime de sem justa causa ou quando houver acordo judicial e o juiz autorizar o pagamento devido ao ex-trabalhador da empresa.

Sua duração é de 3(três) a 5(meses) de forma contínua e dependerá do tempo em que ficou empregado. O valor mensal é calculado conforme o que o trabalhador ganhava durante o período em que estava empregado.

Essa assistência financeira e temporária tem algumas regras, por isso, é muito importante conhecê-la antes mesmo de solicitá-la nos órgãos responsáveis.

Para ter direito ao benefício:


- Precisa ter a carteira devidamente assinada da empresa;
- Ter trabalhado durante 6 meses na empresa (no mínimo);
- Não ter recebido esse benefício no período de 16(dezesseis) meses ininterruptos;
- Ter sido dispensado sem justa causa.

Quem tem direito ao benefício:


- Os trabalhadores demitidos sem justa causa;
- O pescador artesanal; e
- O empregado doméstico, desde que o empregador esteja recolhendo o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS).

Como solicitar – Passo a passo:


1) Dirija-se à qualquer Caixa Econômica Federal ou ao M.T.E (Ministério do Trabalho e Emprego) da sua cidade munidos dos seguintes documentos:
- Rescisão contratual, carteira de trabalho devidamente dado baixa com a data de saída e assinada e carimbada pela empresa, as duas vias do seguro desemprego preenchido e fornecido pela empresa, cartão do PIS/PASEP ou o cartão cidadão, extrato do recebimento do pagamento do FGTS, comprovante de residência e os últimos 3 (três) contra-cheques;
2) Entregue todos esses documentos ao atendente. Eles vão fornecer o protocolo de entrada do seguro desemprego, vão lhe dizer quantas parcelas você tem direito e a data que você receberá a primeira (30 dias).

Bem, apenas isso e agora é só esperar para o recebimento do pagamento das parcelas. Para consultar, acesse este link: http://granulito.mte.gov.br/sdweb/consulta.jsf
Digite com seu número de PIS/PASEP e logo abaixo com o código no visor e clique em consultar. Vai abrir outra tela com as informações das parcelas.

Pesquisar mais textos:

Briana Alves

Título:Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Autor:Briana Alves(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios