Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Máquinas > Recuperadores de calor

Recuperadores de calor

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Máquinas
Visitas: 2
Recuperadores de calor

Cada vez mais pessoas estão a investir em recuperadores de calor para satisfazer as suas necessidades de aquecimento. Além de serem atrativos e tornarem o seu lar mais acolhedor, os recuperadores de calor são “amigos do ambiente” e podem fazer com que consiga grandes poupanças no que toca aos seus gastos com energia.

No entanto, se estiver a pensar em comprar um recuperador de calor para a sua casa ou se comprar uma casa já equipada com um recuperador de calor, tenha em atenção o seguinte:

- O fogo representa sempre um perigo, e por isso não deve nunca subestimar o quão devastador pode ser um incêndio com origem numa lareira ou num recuperador de calor.

- Um equipamento desta natureza mal montado representa um risco acrescido em termos de intoxicação por monóxido de carbono, por isso certifique-se de que as pessoas que vão fazer a instalação do seu recuperador são técnicos devidamente habilitados para o efeito.

- Se a instalação não for realizada por técnicos habilitados, poderá também vir a ter problemas com o seguro da casa em caso de incêndio (ou outro acidente) provocado pela má instalação do seu recuperador de calor.

Na hora de comprar um recuperador de calor, deve também ter em conta os seguintes aspetos:

- Se o recuperador for para ser instalado numa cavidade de uma lareira já existente, então deve verificar todas as medidas de forma a comprar um recuperador que depois encaixe no sítio que você pretende.

- Quanto ao preço, deve sempre certificar-se de que o valor orçamentado já inclui a instalação, de forma a não ter uma surpresa desagradável na hora de saldar a dívida. Pelas razões já referidas anteriormente não deve deixar a instalação a cargo de um amigo ou conhecido.

- Não caia na tentação de comprar um recuperador dos mais caros e depois poupar na instalação recorrendo a um amigo. Mais vale comprar um recuperador um pouco mais barato e pagar a instalação por um técnico habilitado. No final irá gastar o mesmo dinheiro, mas ao escolher a segunda opção estará a proteger-se a si, à sua família, aos seus bens patrimoniais e a todas as pessoas que o rodeiam.

Nestas questões o risco não compensa.



Carlos Vieira

Título: Recuperadores de calor

Autor: Carlos Vieira (todos os textos)

Visitas: 2

784 

Imagem por: Velo Steve

Comentários - Recuperadores de calor

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: Velo Steve

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios