Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Escolha o sapato certo

Escolha o sapato certo

Categoria: Vestuário
Visitas: 2
Comentários: 3
Escolha o sapato certo

Saiba escolher o sapato certo, que possa transformá-la em uma nova mulher, é sempre bom descobrir o calçado que mais valoriza o seu tipo de corpo, como é bom saber pisar firme, mas muitas pessoas têm um pé maior que o outro, e essa diferença forem significativos, é bom usar a numeração correspondente ao maior deles. E você pode ajustar o outro com uma palmilha. É sempre bom comprar sapato no fim do dia, pois é quando eles estão inchados. Tem pessoas que compra sapatos apertados esperando que eles por milagre alarguem de um dia para o outro,isso já mais acontece, veja sempre se o material do calçado é macio, os sapatos duros restringem os movimentos, causando desconforto e bolhas.

Veja sempre se o sapato esta de acordo com a sua atividade, isso é porque se for ao parque troque o sapato alto por um tênis, isso deixa você mais descontraída pro local e com mais conforto, se achar que fará caminhada de mais de 20 minutos seguidos durante o dia, então é bom que vá de tênis ou sapato baixo e deixe os saltos em casa, caso não possa abrir mão do modelito, então o leve em uma sacola, até você chegar ao destino. Acerte na hora de comprar os seus pares de sapato, isso é uma questão de equilíbrio. Há sempre uma regra que funciona muito bem, é que o calçado deve complementar a roupa, e não competir com ela, isso quer dizer que se o sapato chama mais atenção que a roupa, é preciso ser mais discreta, ou vice versa.

O maior vilão dos nossos pés são os modelos de bico fino, que combinado com o salto alto, prejudica seus pés contribuindo para o aparecimento de joanetes que contribuir na deformação óssea nas laterais dos pés. O certo é trocar esses modelos por sapato com bico mais largo e de salto baixo, que seja até 3 cm. Mas se você não abre mão de seus saltos altos, o que devemos fazer é aceitar, mas saiba que nós nos preocupamos com você, e o correto é salto baixo. Faça a sua combinação ser elegante, usando o sapato de acordo com a sua roupa, e veja quais as cores de roupa que fica melhor com os tons tradicionais de calçados.

O caramelo- fica muito melhor com os tons terrosos claros, azul, bege, marfim ou branco.

Dourado- Use o verde, vermelho, marrom, preto e até branco.

Marfim- Branco, Off White e tons pastéis.

Marrom- Vá de bege, caramelo, marfim, tons terrosos, laranja e verde.

Marfim-branco off Whiteetonspastéis.

Prata- Tons pastéis, branco, preto, cinza, azul, e roxo.

Preto- Apesar de combinar com tudo, deve ser evitado junto a roupas de tons pastéis.



Waldiney Melo

Título: Escolha o sapato certo

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 2

630 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • SophiaSophia

    09-06-2014 às 02:01:52

    Muito bom! Adotarei todas as sugestões e dicas. O sapato precisa ser combinado com a roupa e estilo, de fato, a mulher precisa um pouco de harmonia com o que usa. Saber diferenciar o dia da noite, as cores de sapato...
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoBárbara

    19-02-2010 às 17:56:56

    Pelo amor de deus "jamais" é tudo junto!

    ¬ Responder
  • CristianeCristiane

    22-07-2009 às 01:48:33

    Aonde posso encontrar os sapatos da TONS no Rio de Janeiro??

    ¬ Responder

Comentários - Escolha o sapato certo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios