Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Como lavar a lingerie

Como lavar a lingerie

Categoria: Vestuário
Comentários: 1
Como lavar a lingerie

A lingerie é feita de materiais muito sensíveis e que podem estragar se não houver cuidado com a sua lavagem. Deste modo é necessário dedicar-lhes cuidados especiais tanto na lavagem como na arrumação.

As peças delicadas de lingerie como calcinhas devem ser lavadas preferencialmente à mão porque contêm fibras que podem danificar se forem lavadas na máquina. O melhor é lavá-las com sabão neutro ou um amaciador para peças delicadas. Deste modo ficam macias e leves. A água não deve ser quente porque altera a cor dos tecidos.

As peças de algodão devem ser secas à sombra e depois passadas a ferro sem colocar o ferro no elástico. Também podem ser lavadas na máquina com água pouco quente e envoltas num pano com um nó, se forem muito delicadas. Deste modo não desfiam ou estragam o elástico. A quantidade de detergente é importante porque se for em excesso prejudica. Assim deve seguir-se as recomendações de dosagem que vêm na caixa. Este é doseado segundo a dureza da água e no caso de a água ser dura convêm usar anti-calcário na máquina para não danificar. É necessário cuidado especial com rendas pois estragam com mais facilidade. A máquina deve ser sempre posta a lavar com a carga cheia e um detergente adequado à roupa, para cor branca ou de cor.

Deve reparar-se sempre na etiqueta da lingerie para se tomarem cuidados especiais de lavagem de acordo com o seu tecido.

Quanto aos soutiens de aros é necessário lavá-los com cuidado para não se deslocarem seja á mão ou na máquina.

Não se deve usar amaciador em materiais com plátano e nos sintéticos elimina a electricidade estática.

Com os fatos de banho deve retirar-se bem os restos de transpiração, cosméticos, bronzeadores e o cloro das piscinas. Estes envelhecem prematuramente as peças. Como estão sujeitos a maior desgaste do que as roupas interiores convêm lavá-los à mão ou com água morna na máquina.

Para preservar a ecologia deve usar-se na máquina baixa temperatura, secar de preferência ao ar em vez da máquina e dosear bem o detergente. O excesso de detergente danifica a roupa e a máquina.

A arrumação da lingerie também deve ser cuidadosa para a manter atraente e estimada. As calcinhas devem ser dobradas e colocadas em gavetas e os soutiens de igual modo, mas se forem de enchimento devem guardar-se abertos e empilhados em cima uns dos outros.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Como lavar a lingerie

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 0

784 

Imagem por: sunshinecity

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    20-08-2014 às 00:38:23

    Sempre tomo esse cuidado de lavar minhas lingeries. Realmente, a gente te que saber como lavá-los, se não logo a gente os perde.

    ¬ Responder

Comentários - Como lavar a lingerie

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Imagem por: sunshinecity

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios