Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Utilidades Domésticas > Limpeza do quarto do bebê

Limpeza do quarto do bebê

Comentários: 1
Limpeza do quarto do bebê

A limpeza do quarto do bebê deve ser feita com uma atenção especial para evitar que a criança possa desenvolver algum tipo de alergia devido à poeira ou aos ácaros. Desde o momento da escolha dos móveis para este ambiente, é aconselhável que os pais já optem pelos que são mais práticos de limpar. Pensando nisso, confira algumas dicas úteis para que a limpeza do quarto do bebê seja feita corretamente.

Dicas para limpar o quarto do bebê

Primeiro, antes de iniciar a limpeza, leve a criança para outro cômodo. E para não levar bactérias e sujeiras da rua para esse ambiente, ao fazer a limpeza não use o mesmo sapato que você costuma usar fora de casa. Mantenhas as janelas do quarto abertas, por cerca de três horas, para que o ambiente fique arejado e receba iluminação natural.

Para remover a poeira, evite utilizar a vassoura ou o espanador, pois esses objetos fazem com que as partículas menores fiquem suspensas no ar. Também é aconselhável evitar usar produtos que tenham cheiro forte. Então, use um pano úmido com um pouco de desinfetante dissolvido em água ou com produtos neutros.

Móveis com acabamento, como os laqueados, podem ser limpos utilizando-se uma bucha macia e sabão de coco. E quanto às cortinas, dê preferência as de pano leve, que são mais fáceis de lavar e não acumulam poeira.

O que não usar na limpeza do quarto do bebê? Evite deixar almofadas no berço ou ursinhos de pelúcia, pois esses objetos acumulam bastante poeira. Se desejar, prefira os feitos de plástico ou pano, que podem ser limpos com mais facilidade. Também evite usar o produto conhecido como lustra móveis, pois os elementos químicos contidos nele ficam suspensos no ar e podem causar algum tipo de irritação ao bebê.

Já os carpetes e tapetes também acumulam muita poeira, então evite seu uso. Uma alternativa é investir em um tapete de borracha ou em peças de nylom antibactericida, que podem ser lavados. Por fim, com estas dicas sobre a limpeza do quarto do bebê, será possível evitar que a poeira e os ácaros possam prejudicar a saúde de seu filho (a).


Rua Direita

Título: Limpeza do quarto do bebê

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

655 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    07-06-2014 às 21:30:44

    Penso que devemos evitar produtos químicos com cheiro forte para não incomodar os bebês. É preciso ter bastante cuidado com isso!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Limpeza do quarto do bebê

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios