Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Dieta de verão

Dieta de verão

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Comentários: 1
Dieta de verão

A escolha do melhor regime alimentar é por vezes difícil, pois às vezes desiste-se antes mesmo de atingir o objetivo definido. Muita gente perde peso e volta a ganhá-lo, levando-as a esquecer o regime depressa.

Para alcançar o peso ideal pode optar-se por um regime biológico, que não implique passar fome, nem privações dos alimentos que mais se gosta, desde que não se ultrapasse as mil e duzentas calorias.

A dieta ideal deve ser a que inclua várias refeições diárias, à base de alimentos ricos em proteínas e gorduras de boa qualidade e com o mínimo de açucares.

Para quem não tem colestrol elevado pode comer-se um ovo por dia, sem prejudicar a saúde.

Deve beber-se oito copos de água distribuidos ao longo do dia, ou intercalar com sumos de fruta natural.

O consumo de hidratos de carbono, massa, pão e arroz, deve reservar-se apenas para a primeira parte do dia, especilmente,quem tem tendência para engordar.
O ideal, durante a estação do verão é fazer seis ou sete refeições por dia e de preferência que não provoquem muita saciedade.

Uma boa receita é fazer uma salada verde biológica, que inclua alface, um abacate, tomate cherri, nozes, e queijo emmantal magro. Deve ser temperada com molho de vinagre, azeite, e uma colher de sopa de mel.
Pode ainda optar-se por peru assado com vegetais a vapor, salmão ou fife de atum.

Ao lanche convêm comer-se pão com paio magro e espargos. A inclusão de frutos secos ou queijo fresco é muito boa.Os alimentos com mais calorias devem ser apenas incluídos uma vez por semana, ou seja os que contêm mais açucar ou gordura, chocolate ou bolos.

Nos dias de festa ou ocasiões especiais, convêm petiscar alguma coisa para não se ter fome, caso contrário leva a comer-se excessivamente, prejudicando a dieta ideal.Após o evento deve diminuir-se os hidratos de carbono no resto do dia, ou no dia seguinte.

A preferência nas dietas de verão devem incidir nos legumes e vegetais, frutas e carnes de peru, frango, ou peixes pouco gordos.

Não se deve esquecer de incluir o chá na dieta de verão, em especial três chávenas de chá verde. Além de antioxidante, hidrata o corpo e faz bem à mente.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Dieta de verão

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 0

616 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoTeresa Maria Batista Gil

    29-07-2012 às 16:04:37

    O verão é uma estação maravilhosa e propícia a fazer sacrifícios para manter um corpo invejável. Contudo, não é tão difícil como se pensa, se a dieta alimentar for selecionada e rica.O que importa não é a quantidade mas a qualidade dos alimentos. Estes devem ser o mais variados possível, frescos e ricos em vitaminas, sais minerais e poucas proteínas, para não engordar.Os alimentos pesados e gordurosos devem ser excluidos da dieta de verão, por serem mais difíceis de digerir, e serem mais suceptíveis de engordar. Por isso o ideal é optar por sopas, vegetais e legumes.A solução, para emagrecer passa por fazer uma dieta rica em nutrientes e vitaminas, excluindo as carnes de porco, comidas condimentadas, peixes gordos e hidratos de carbono. O pão deve ser de cereais ou integral.Os cereais são muito benéficos para equilibrar o organismo. Devem ser incluidos na alimentação, dissolvidos no leite, yogurtes ou sumos de frutas. Servem ainda de complemento a saladas e sopas.No verão deve fazer-se uma dieta mais leve e equilibrada, com maior incidência em fruta, yogurtes e sopas e saladas, a fim de permitir ir a banhos na piscina ou no mar. Quem precisa de perder uns kilos não deve ingerir demasiadas calorias, que estão presentes nas sobremesas saborosas e gelados da época. Devem pois ser substituídos por yogurtes naturais magros com frutas adicionadas, sem açucar.Os sumos naturais e saladas são uma alternativa, às refeições que incluem carnes gordas e pesadas, ou demasiado calóricas. A alternativa passa também por incluir soja nas ementas, menos gordurosa e mais nutritiva.Uma boa ementa, no verão é uma salada com legumes e vegetais variados, frutos do mar, atum, cogumelos e muita cenoura. Além da vitamina A e C que contêm, os óleos fornecem uma boa fonte de ómegas e vitaminas.A fim de combater a desidratação, propícia no verão, deve beber-se muita água ou sumos naturais ao longo do dia. Contudo não devem ser ingeridos à refeição, devido á sua influência em engordar.

    ¬ Responder

Comentários - Dieta de verão

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios