Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos | Idioma: Português                
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Saúde > Obstipação infantil

Obstipação infantil

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 48
Comentários: 0
Obstipação infantil

Enquanto todos concordam que o fezes duras, secas e dolorosas são os sintomas da obstipação, a frequência de evacuações é controversa entre os pediatras. Normalmente, um recém-nascido evacua muito frequentemente, oito a dez vezes por dia, durante cerca de quatro semanas até que a frequência diminui para cerca de uma a duas vezes por dia até à oitava semana. Mas há uma ideia muito firme entre muitos médicos que mesmo se os bebés a ser amamentados passarem quatro dias sem evacuar, isso não é motivo para alarme. O leite materno é bem constituído, de modo que quase a totalidade dele é absorvido pelo sistema digestivo dos bebés, e aquilo que passa como fezes é apenas o conjunto de algumas proteínas coalhadas, sucos gástricos e muco.

Em lactentes alimentados artificialmente, se ficarem muito tempo à espera para evacuar, perder-se-ia o teor de água e tornar-se-ia mais difícil e doloroso.

Assim, a frequência de evacuações para estes bebés deve ser maior. Os bebés emitem um som próprio e ficam com o rosto vermelho quando se preparam para evacuar. Isto é perfeitamente normal acontecer até que os músculos do esfíncter anal aprendam a relaxar e a expandir ao fazer uma evacuação.

Os pais devem dar mais água ao bebé se as fezes forem duras. Fazer os movimentos da bicicleta com as pernas e dar uma massagem suave ajuda aos movimentos da barriga se o bebé não tiver evacuado há muito tempo. Mas, se a obstipação é acompanhada de vómito grave, dor ou outros problemas, marque imediatamente uma consulta com o médico. Os pais não devem tentar tratar a criança com laxantes ou qualquer outra coisa. É normal que os bebés passem por uma fase de obstipação quando os alimentos sólidos são introduzidos na dieta. Um aumento correspondente de líquidos como um sumo diluído ajudaria a controlar o problema. Um tipo diferente de alimento sólido, evitando os ingredientes que potenciam a obstipação, também vai ajudar a resolver o problema.

Se a obstipação persistir, o pediatra pode recomendar o uso de laxantes suaves, supositórios ou enemas. Estes devem ser interrompidos assim que o bebé esteja livre dos sintomas. O uso continuado de qualquer ajuda para tratar a obstipação deve ser evitado.


Ruben Duarte

Título: Obstipação infantil

Autor: Ruben Duarte (todos os textos)

Visitas: 48

108 

a carregar

Comentários - Obstipação infantil

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.