Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Cuidado com o sarampo

Cuidado com o sarampo

Categoria: Saúde
Visitas: 100
Comentários: 4
Cuidado com o sarampo

É uma doença viral aguda, infecto-contagiosa, altamente transmissível. Possui distribuição universal, acometendo indiferentemente ambos os sexos, sem distinção de raça e cor, nível social ou faixa etária. O sarampo foi, durante séculos, uma das maiores doenças epidêmicas, especialmente em crianças, representando uma das maiores causas da mortalidade infantil em todo o mundo. Atualmente, a situação mudou graças à implementação de políticas intensivas de vigilância, prevenção, controle e melhoria das condições de nutrição da população. Já a doenças infecciosas aguda do sistema respiratório, altamente contagiosa, usualmente de evolução benigna, cuja principal complicação é a broncopneumonia. O agente envolvido no vírus pertencente ao gênero morbillivirus, paramyxoviridae.

Os principais sintomas são febre alta, manchas vermelhas pelo corpo (exantema), mal estar geral, coriza, conjuntivite e tosse com catarro. Nas fazes iniciais da doença, podem ser observados pequenos pontos brancos, circulados por uma região vermelha, localizados na parte interna das bochechas.

Saiba que esta doença transmite através de secreções respiratórias expelidas pelo paciente ou tossir, espirrar, falar ou respirar. Devem ser evitados em ambientes fechados, que favorecem a contaminação.

O tratamento é feito com repouso dieta liquida ou branda, medidas de higiene geral, e hidratação, antitérmicos e limpeza das secreções oculares e nassais com soro fisiológico. Em populações com deficiência de vitamina A, recomenda-se a suplementação da vitamina.

Saiba prevenir esta doença com a vacinação, é a medida mais eficaz de prevenção contra o sarampo. A vacinação deve ser feita com a tríplice viral aos 12 meses de vida a uma dose de reforço aplicada entre 4 a 6 anos de idade. A vacina também deve ser aplicada durante a realização de bloqueio vacinal de contato de casos suspeitos ou confirmado da doença, em indivíduos da faixa etária de 6 meses a 39 anos de idade (ou mais, epidemiológica), que não comprovem vacinação anterior. Neste caso, a vacina utilizada para os maiores de 6 anos é a dupla viral. Todos os profissionais da rede hoteleira, aeroportos, portos, taxista, profissionais do turismo e do sexo, quartéis, corpo de bombeiro, e caminhoneiro, atualmente, constituem os principais grupos de risco para doença e por isso devem procurar o posto de vacinação para receberem vacina contra sarampo. A vacina tríples viral protege contra o sarampo a rubéola e a caxumba e a dupla viral não contém antígenos contra a caxumba.

O modo de tratamento do sarampo é transmitido de pessoas para pessoa, através das secreções nasofaríngeas expelidas ao tossir, espirrar, falar ou respirar. Ambientes fechados favorecem a contaminação. O período de incubação varia de 7 a 18 dias, ou seja, 10 dias em média.



Waldiney Melo

Título: Cuidado com o sarampo

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 100

797 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    22-07-2014 às 19:55:07

    Já tive sarampo na infância e é algo que incomoda demais. Todo o cuidado é pouco e logo, logo passa e essas manchinhas somem!

    ¬ Responder
  • giovana

    11-12-2012 às 13:54:34

    meu filho de 1ano esta com sarampo,e eu nao sei a
    forma correta de cuidar dele para que a doença nao
    se agrave

    ¬ Responder
  • marcosmarcos

    21-05-2011 às 20:48:21

    quais os cuidados de enfermagem com paciente com sarampo,rubéola e sífilis?

    ¬ Responder
  • mayanamayana

    02-06-2010 às 02:17:47

    é uma doença chata

    ¬ Responder

Comentários - Cuidado com o sarampo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios