Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Como os micróbios penetram no corpo?

Como os micróbios penetram no corpo?

Categoria: Saúde
Como os micróbios penetram no corpo?

As infeções são doenças transmissíveis de pessoa para pessoa, estando a gripe , a constipação, papeira e sarampo incluidas neste tipo de enfermidade.

As infeções são, não obstante, originadas por quatro espécies de microorganismos;bactérias,protozoários e fungos e vírus.

Os micróbios são parasitas, o que significa que vivem à custa das células saudáveis do corpo, e nelas se multiplicam.Por outro lado, penetram no organismo ou são para aí levados de várias maneiras, neles se introduzindo através de diversos meios.

Na maior parte dos casos, os micróbios são inalados através do nariz. Este encontra-se revestido de pêlos muito finos, que captam a maior parte dos micróbios, antes de estes conseguirem entrar no organismo e provocar doenças.

As doenças podem assim passar de umas pessoas para as outras por meio de contato sexual, chamadas doenças venéreas. Algumas delas provocam prurido e comichão, nas virilhas, exigindo cuidados hospitalares.

Outras porêm, penetram no trato urinário, sendo por vezes apanhadas nos assentos das retretes infetadas das casas de banho públicas.

Mas, os micróbios são também susceptíveis de alojar-se nos ouvidos e nos olhos originando infeções.

A boca é contudo, o local de entrada preferido pelos micróbios, que penetram no corpo, em conjunto com água ou alimentos misturados no ar que respiramos.

Algumas infeções são transmitidas por contato direto. Acontece por exemplo no herpes, o qual, geralmente, provoca sinais visíveis de infeção em redor da boca ou nas virilhas.

Ao contrair-se gripe,, por exemplo, o vírus encontra-se alojado no nariz ou na garganta. Este transmite-se a outra pessoa no ato de expirar, de tossir ou de espirrar, porque os micróbios estão presentes nas gotículas de líquido da respiração.

A propagação dos micróbios é feita ainda através de água contiminada, siusceptível de agir como veículo transmissor de infeções,especialmente em locais destituídos de rede de esgotos ou de tratamentos de água.

A cólera é um exemplo de doença em que a água funciona como veículo de propagação. Neste caso ela provoca diarreia e pode levar à morte.

A epidemia é um surto que se espalha, de uma doença infeciosa. Os exemplos mais recentes e graves são os surtos epidémicos de uma nova infeção bacteriana, chamada a doença dos legionários, que apresenta sintomas semelhantes aos da gripe, mas se não for tratada pode matar.

Os insetos, moscas, pulgas e mosquitos também pode ser veículos transmissores de micróbios, provocando doenças como a malária, em pessoas picadas por estes.


Pedro gil Ferreira

Título: Como os micróbios penetram no corpo?

Autor: Pedro gil Ferreira (todos os textos)

Visitas: 0

777 

Comentários - Como os micróbios penetram no corpo?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios