Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Maquilhagem e lentes de contacto – é preciso ter algum cuidado

Maquilhagem e lentes de contacto – é preciso ter algum cuidado

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 2
Comentários: 1
Maquilhagem e lentes de contacto – é preciso ter algum cuidado

Não sendo antagónicas (como se poderia cogitar), é possível que a maquilhagem e as lentes de contacto coexistam pacificamente, desde que se tenham em atenção alguns cuidados básicos. Há apenas que atentar a pormenores relativos aos produtos que se usam, cujas fórmulas são suscetíveis de desencadear alergias, anomalias no funcionamento das lentes, infeções, irritações oculares, secura e ferimentos nos olhos.

Para evitar este rol de dissabores, mais ou menos graves, é fundamental ler os rótulos e optar por cosméticos não perfumados e com a designação de hipoalergénicos. Há, inclusive, produtos especialmente criados para portadores de lentes de contacto ou para olhos com maior sensibilidade, e que são solúveis na água. Ainda assim, pessoas ultrassensíveis podem apresentar reações adversas, mesmo a produtos especiais.

É preciso uma minúcia bastante grande na aplicação da maquilhagem na região dos olhos quando se usa lentes de contacto, uma vez que qualquer reação alérgica é passível de comprometer o uso destas. Assim, a primeira coisa a fazer é lavar as mãos com um sabonete suave de glicerina antes de colocar as lentes. Estas devem ser postas anteriormente à maquilhagem e ser retiradas antes da remoção daquela (feita com um desmaquilhante hipoalergénico não oleoso), isto para evitar que os ingredientes da maquilhagem sujem ou danifiquem as lentes. Nunca se deve aplicar o lápis na extremidade interna da pálpebra (o que poderia bloquear as glândulas e provocar irritações ou infeções) nem partilhar a maquilhagem com outra(s) pessoa(s).

Recomenda-se a aplicação da sombra e do lápis de forma suave, a fim de não empurrar as lentes, estragando-as. Da mesma maneira, as preferências devem incidir sobre maquilhagem não oleosa e sem perfume, e na máscara de olhos e no eyeliner à prova de água, para evitar manchas. A máscara deve ser substituída todos os meses, o eyeliner a cada três meses, e a sombra com intervalos de seis meses. De salientar que os cosméticos, depois de abertos, são facilmente contamináveis por bactérias, particularmente no verão, pelo que as embalagens devem ser muito bem fechadas e protegidas de fontes de calor.

Os utensílios envolvidos no processo de maquilhagem têm de ser escrupulosamente limpos e nunca emprestados ou usados depois de emprestar. De qualquer forma, sempre que se observe vermelhidão, dor, inchaço ou irritação nos olhos é sensato consulta um oftalmologista.

Nesta linha, se os olhos se apresentarem inchados, vermelhos ou inflamados, não é sensato usar maquilhagem. Também não é acertado, qualquer que seja a circunstância, recorrer à saliva para a aplicação da sombra, nem sobrepor maquilhagem. Empregar máscaras com “fibras de formação de pestanas” também está fora de questão (podem deteriorar as lentes).

As sombras foscas, perladas ou brilhantes, à base de pó de casca de ostra, são susceptíveis de lesar olhos com lentes de contacto. Devem preferir-se os pós compactos, aplicando-os lentamente para acautelar a entrada de partículas para a vista.
As máscaras que utilizem fibras de nylon, e outras, são de recusar, dado que, quando secam, as fibras desfazem-se e caem nos olhos, sendo possível que se depositem nas lentes ou abaixo delas, o que pode resultar em feridas na córnea. A máscara deve ser espalhada de maneira a ficar ligeiramente afastada da base das pestanas e os lápis devem ser macios e não esborratar.

No que concerne a sprays para o cabelo, desodorizantes e águas-de-colónia, aconselha-se que se apliquem antes da colocação das lentes, pois, penetrando nos olhos, são capazes de acarretar danos irreversíveis nas lentes.


Maria Bijóias

Título: Maquilhagem e lentes de contacto – é preciso ter algum cuidado

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 2

774 

Imagem por: carlitosway85

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Sofia NunesSofia Nunes

    15-09-2012 às 20:39:37

    Utilizo lentes de contacto diariamente e posso confirmar a premissa de que coexistem bem com a maquilhagem. Há elementos que ameaçam muito mais o olho com lente de contacto, como seja o caso da poeira. É claro que, como bem refere, esta tolerância dos olhos à maquilhagem não dispensa alguns cuidados essenciais, tanto a pôr como à hora de retirar as lentes: devem ser colocadas antes da maquilhagem e retiradas antes da aplicação do desmaquilhante.

    ¬ Responder

Comentários - Maquilhagem e lentes de contacto – é preciso ter algum cuidado

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Secretária em vidro

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Mobiliário
Secretária em vidro\"Rua
A maior parte das casas tem um escritório para fazer os trabalhos relativos Á profissão ou outros. È uma divisão extremamente necessária para as pessoas se recolherem a trabalhar. Por isso o escritório deve ser um local com conforto e agradável. O ambiente torna-se extremamente importante para o recolhimento necessário e a concentração que certos trabalhos exigem. Se não se tiver no local de trabalho tem de construir-se em casa.

Em todas as profissões é útil ter uma secretária para colocar um computador portátil. Livros e outros acessórios. É uma peça de mobiliário que não se dispensa de forma nenhuma. Desde sempre que foi indispensável na escola, no escritório, na empresa. A sua funcionalidade é como a do computador que praticamente não se dispensa. Para onde se vá leva-se o computador portátil a servir de complemento.

No que diz respeito à secretária ela exige um bom material e design bonito. E de facto há secretárias muito belas desde o seu modelo ao material e design. Por exemplo uma secretária em vidro fica muito bem num escritório amplo de uma vivenda ou numa empresa particular bem decorada. Pode colocar-se também num pequeno escritório de um apartamento ou numa sala especial e decorada a gosto. Há quem prefira ter uma secretária num espaço pequeno especificamente para trabalho. Deste modo concentra-se mais nele e não pensa no que tem para fazer em casa. Ou seja, dá mais prioridade ao que eventualmente tenha que fazer numa secretária. Para além de ajudar a decorar e embelezar o espaço onde se coloca dá um certo ar de charme e gramou num ambiente. Se este for decorado com objectos bonitos de decoração e uma estante para livros dá um ar mais intelectual ao ambiente. Deste modo mais propício para o recolhimento.

Não é por acaso que muita gente prefere o seu escritório para passar as horas que dispõe no seu quotidiano ou fins – de - semana. É um local propício a pensar mais nos projectos, no trabalho e nos encargos da vida. Deste modo cada divisão da casa tem uma funcionalidade diferente e um ar distinto dos restantes.

Não quer dizer que uma secretária em vidro não fique adaptada noutro local que não seja para o trabalho de estudantes ou outros, ela pode ainda adaptar-se para embelezar ou harmonizar espaços que estejam por preencher numa casa maior ou outro local. Sem dúvida que a secretária em vidro não vai deixar mal nenhum espaço onde se coloque.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Secretária em vidro

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Imagem por: carlitosway85

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    20-04-2014 às 15:52:38

    Fantástico texto! A Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios