Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Gel Esfoliante

Gel Esfoliante

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Beleza
Comentários: 1
Gel Esfoliante

O envelhecimento da pele é inevitável com o passar dos anos. No entanto com os devidos cuidados de higiene diária e tratamento, é possível retardar em muito as rugas e a aparência cansada da pele.

Para isso torna-se necessário tratá-la com os devidos cuidados não só alimentando-a por dentro como por fora.

Deste modo para se preservar a aparência de uma pele jovem torna-se útil seguir diariamente um programa simples de cuidados. Em primeiro lugar, a pele deve ser limpa com cuidado com um sabonete ou gel suave e apropriado ao tipo de pele. Depois da limpeza e enxugamento com água  deve aplicar-se um tónico com um algodão e com movimentos ascendentes para o rosto e a descer para a zona do pescoço. De seguida a pele deve ser convenientemente hidratada com um creme hidratante para o tipo de pele. Deste modo , conserva a humidade e não deixa secar. O clima e a poluição secam muito a pele de modo que para ela ter a água necessária convêm fornecer-lhe o suficiente  bebendo água e usando um creme para humedecer. A região dos olhos como é muito sensível deve ser também tratada.

Ante de usar determinados produtos que podem ser desadequados ou agressivos , é conveniente saber o tipo de pele para aplicar os cremes.

Uma ou duas vezes por semana deve fazer-se uma limpeza mais profunda, esfoliando a pele do rosto com um creme esfoliante. Depois seguem-se os mesmos passos dos cuidados diários.

A pele corporal merece a mesma atenção  do rosto porque também está exposta a problemas alimentares, de poluição e secura. Para além destes pode inclusive ser atacada por problemas maiores tal como secura, escamação ou irritação.

Logo torna-se importante fazer duas ou três vezes por semana uma esfoliação do corpo para eliminar as células mortas que aparecem à superfície. Depois de se passar o esfoliante deve colocar-se o gel de banho e só depois do corpo seco se deve usar a loção corporal.

Se estes cuidados forem seguidos cuidadosamente todos os dias é muito mais difícil a pele ter uma aparência envelhecida.

E, para peles com rugas é essencial usar um creme rejuvenescedor ou anti rugas. Fundamental para uma pele bonita.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Gel Esfoliante

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 0

793 

Imagem por: dan taylor

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    10-09-2014 às 17:24:43

    Já usei bastante este gel esfoliante. Usei das marcas Nivea e Avon, ambas fizeram muito bem para a minha pele. Temos que cuidar sempre!

    ¬ Responder

Comentários - Gel Esfoliante

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: dan taylor

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios