Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > Viagens: As Aventuras de Tintim

Viagens: As Aventuras de Tintim

Categoria: Literatura
Visitas: 2
Comentários: 1
Viagens: As Aventuras de Tintim

Tintim, o jovem e simpático repórter belga, «nasceu» em 1929, quando o seu autor, Hergé (pseudónimo de Georges Prosper Remi) decidiu iniciar a publicação de tiras de banda desenhada no suplemento infantil - Le Petit Vingtième - do jornal Le Vingitème Siècle. A partir deste momento, Tintim, bem como os seus «companheiros de papel» - Haddock, Castafiore, Girassol, entre outros – saltaram para as luzes da ribalta e passaram a fazer as delícias de milhões de leitores no mundo inteiro. E, de facto, a recomendação brincalhona de Hergé quanto à faixa etária que estaria mais apta a ler os álbuns encontrava-se correcta: «Dos sete aos setenta e sete anos»: Tintim reuniu fãs por todo o mundo, ao longo dos seus quase cinquenta anos de publicação (entre as décadas de trinta e setenta) e ainda o consegue fazer hoje em dia.

Não obstante todo o sucesso alcançado, Tintim e o seu criador, Hergé, foram asperamente criticados tendo por base acusações relacionadas com política e xenofobia. Assim, Hergé foi acusado no pós-guerra (1945) de ter colaborado com um jornal de índole nazi, o Le Soir, imputação refutada pelo autor, que se defendeu, afirmando que era apenas um vulgar colaborador, tal como «um canalizador ou um carpinteiro». Por outro lado, a forma como Hergé retratou o povo africano em alguns dos seus álbuns – atribuindo-lhes características infantis e pouco evoluídas – também foi motivo de acérrima reprovação por parte da crítica. O autor teve, inclusivamente, de refazer algumas das cenas do álbum Tintim na África.

De qualquer forma, Tintim cativou e fidelizou leitores em todo o mundo. O segredo? Talvez a simplicidade, a rectidão e a nobreza do seu carácter, aliados a enredos simplesmente deliciosos, com finais sempre imprevisíveis – muitas vezes interrompidos com um exasperante «To be continued…» - e, ainda, aos restantes personagens dos álbuns que, carregados de características ora cómicas, ora soturnas, ora desconcertantes, permitiam tecer um quadro simplesmente irresistível. Falamos, neste caso dos já acima citados Capitão Haddock – cujos pitorescos insultos são presença assegurada em praticamente todos os álbuns (“Com mil milhões de mil macacos”, “iconoclasta”, “troglodita” e “anacoluto”, por exemplo) –, Milu – o fidelíssimo e inseparável companheiro de quatro patas de Tintim –, Castafiore – que é motivo de gigantescas e hilariantes crises de irritação por parte de Haddock –, Dupont e Dupond – os «gémeos» (que na verdade nem são irmãos) policiais, trapalhões, ingénuos e incompetentes e Girassol, o simpático cientista «ligeiramente duro de ouvido» que, graças a esta particularidade se vê constantemente envolvido em grandes equívocos.

É, pois, desta forma que, ao longo de vinte e quatro álbuns (o último – Tintim e a Alph-Art – encontra-se inacabado) o leitor se delicia com banda desenhada de elevadíssima e indiscutível qualidade e de marcada intemporalidade: Tintim tem, efectivamente, lugar nos dias de hoje e, talvez também por esse motivo, continue a granjear tantos leitores (dos 7 aos 77, claro!).

Isabel Rodrigues

Título: Viagens: As Aventuras de Tintim

Autor: Isabel Rodrigues (todos os textos)

Visitas: 2

643 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoRenan Rubira Gomes

    05-05-2010 às 21:36:52

    Eu adoro ler As Aventuras de Tintim.São histórias,boas,divertidas e que nos fazem aprender muito.Tintim é muito legal e adoro as cenas de ação d seua álbuns.Os outros personagens também são magníficos.Amo de paixão suas aventuras.

    ¬ Responder

Comentários - Viagens: As Aventuras de Tintim

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Encontre Os Melhores Restaurantes Em Coimbra - Portugal

Ler próximo texto...

Tema: Restaurantes
Encontre Os Melhores Restaurantes Em Coimbra - Portugal\"Rua
A cidade de Coimbra em Portugal é o lugar onde abriga o maior número de estudantes do mundo inteiro. Escolhida e apreciada pelo seu valor histórico, um bom lugar para viajar e curtir bons passeios turísticos.

Além da hospedagem, viagens que você deve se preocupar, a escolha dos restaurantes contribuem muito para que seus dias sejam os melhores momentos e os mais marcantes da sua vida. Comer bem e aproveitar a culinária portuguesa traz satisfação, bem-estar, saúde, uma sensação agradável e sensacional sentimento de prazer ao paladar. Por isso, você deve conhecer os melhores restaurantes que oferecem preço justo e boa gastronomia. Veja abaixo uma lista com os melhores em Coimbra, em Portugal e aproveite para saborear os pratos mais deliciosos da região.

Melhores Restaurantes Em Coimbra - Portugal

Possui uma diversidade de restaurantes instalados e equipados para seu maior conforto e comodidade. Alguns mais caros, outros mais baratos. Com estilos próprios, outros mais sofisticados e ainda outros mais simples. Veja essa lista e confira alguns deles selecionados para você.

1 - Restaurante Chaparro

Preferido por turistas que adoram experimentar uma boa cozinha Alentejo típica da região. Toda a sua decoração está de acordo com os mais modernos artesanatos alentejanas, dando harmonia e proporcionando bem-estar. Dispõe de pratos deliciosos como ensopado de borrego e pratos tradicionais;

2 - Restaurante Flor de Coimbra

Aqui você encontra um atendimento personalizado e os melhores cardápios portugueses. Lá você só encontra aberto para o jantar, mas seu ambiente é gostoso e com vontade de querer voltar no outro dia. Se você gosta de pratos vegetarianos, aqui é o seu lugar. Possui outros pratos típicos também;

3 - Restaurante A Portuguesa

Ambiente de muito encanto, não é para tanto, pois fica à beira do Mondego. Proporciona conforto, vista encantadora e com um visual todo especial. Aberto todos os dias, você pode fazer reservas, encontra pratos portugueses tipicamente da região;

3 - Restaurante Carmina de Matos

Um dos locais mais privilegiados de Coimbra, fica localizado no centro da cidade. Resultado de décadas de história, ela ainda permanece com uma linda reestruturação capaz de oferecer os melhores cardápios e o melhor atendimento para você;

4 - Restaurante Trovador

Um dos restaurantes mais baratos de Coimbra. Oferece dentre suas especialidades pratos ricos e com sabor estonteante da região. Seu atendimento é de alta qualidade, serviços rápidos e eficientes;

5 - Restaurante Japonês

Se você gosta de comida oriental, não pode deixar de experimentar o restaurante japonês. Traz a cidade de Coimbra, um espaço todo oriental com os melhores pratos asiáticos. Traz também uma decoração super moderna, um ambiente bem acolhedor e com várias opções de comidas.

Aprecie os melhores restaurantes de Coimbra em Portugal e aproveite sua viagem com mais sabor ao paladar.

Pesquisar mais textos:

Adriana Santos

Título:Encontre Os Melhores Restaurantes Em Coimbra - Portugal

Autor:Adriana Santos(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    16-09-2014 às 03:15:54

    Adorei saber destes melhores restaurantes em Portugal, assim fica mais fácil encontrar o que queremos. Tenho muita vontade de conhecer Coimbra, e se eu for, com certeza, seguirei estas sugestões acima.

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios