Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Desporto > Como lubrificar uma bicicleta

Como lubrificar uma bicicleta

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Desporto
Visitas: 3
Comentários: 1
Como lubrificar uma bicicleta

A bicicleta, como qualquer outro meio de transporte, precisa de cuidados de manutenção periódicos para se manter a funcionar bem. A última coisa que você vai querer é “ficar a pé” quando estiver num passeio de bicicleta ou a puxar forte por ela no todo terreno.

Como lubrificar uma bicicleta

Se você já tem alguma prática de lubrificação então irá conseguir fazer isso de forma rápida, se por outro lado não tem experiência então poderá demorar entre 30 a 45 minutos a lubrificar a bicicleta.

A primeira coisa a fazer é limpar a área de trabalho, quer seja na garagem ou fora (ao ar livre). Lembre-se que irá usar solventes e outros produtos que poderão danificar outros objetos e/ou equipamentos que se encontrem por perto.

Antes de aplicar o lubrificante terá que limpar muito bem a corrente, manivelas, carretos, engrenagens, etc. Com a ajuda de uma mangueira comece por passar um pouco de água por toda a bicicleta para remover a sujidade maior.

De seguida prepare um balde com água e adicione uma boa dose de detergente da loiça, por exemplo. Assim obterá uma boa solução desengordurante. Usando um pano velho passe o desengordurante em todos os locais que irão ser lubrificados. Para limpar a fundo a corrente da bicicleta você pode usar uma escova de dentes velha. Talvez você ache que isso não é necessário, mas se o fizer irá ver a quantidade de sujidade que irá sair da sua corrente. Passe de novo a corrente por água e deixe secar. Para ser mais rápido pode secar a corrente com uma toalha velha.

Por último apenas falta aplicar o lubrificante. Proteja a borda inferior da roda traseira da sua bicicleta com um pano para evitar manchá-la com o lubrificante. Você pode usar um lubrificante em spray ou um lubrificante líquido. O meu conselho é que use um lubrificante líquido com base de cera. Este tipo de lubrificante é resistente à água e tem propriedades quase mágicas, uma vez que impede a sujidade de entrar no sistema de transmissão, fazendo com que ela “flutue” para fora. Aplique cuidadosamente em toda a superfície da corrente, dedicando especial atenção a todos os elos.

Deixe repousar enquanto toma um cafezinho ou uma cerveja. E pronto, a sua bicicleta está pronta para enfrentar mais uns quantos quilómetros.


Carlos Vieira

Título: Como lubrificar uma bicicleta

Autor: Carlos Vieira (todos os textos)

Visitas: 3

790 

Imagem por: ! ramblinworker

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDuarte

    17-04-2014 às 00:36:24

    Sim aprendi muito com este texto "como lubrificar uma bicicleta " , eu tenho 5 lá em casa para mim , minha mulher e três miúdos e ajudou me muito o texto porque todas as semana tenho de lubrificar as bicicletas todas. Obrigado foi grande ajuda

    ¬ Responder

Comentários - Como lubrificar uma bicicleta

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: ! ramblinworker

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios