Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Máscara facial de coco verde – Benefícios e como fazer

Máscara facial de coco verde – Benefícios e como fazer

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Beleza
Comentários: 1
Máscara facial de coco verde – Benefícios e como fazer

Beber pouca água, excesso de exposição ao sol e o ar seco são fatores comuns do dia a dia que deixam a pele desidratada e seca. Mas, saiba que para ajudar você a combater este o problema, existe a máscara facial de coco verde que pode ser feita em casa. Ela devolve a vitalidade e hidratação da pele em poucos minutos. Então, saiba quais são os benefícios da máscara natural de coco verde e aprenda como fazer.

Benefícios da máscara facial de coco verde:
O coco é um fruto rico em potássio, magnésio e sais minerais como o manganês e o zinco. E também, ele contém antioxidantes naturais auxiliam no combate aos radicais livres. Todos esses nutrientes ajudam na revitalização da viscosidade da cútis, o que mantem a hidratação e a proteção da pele.

Além de deixar a pele do rosto com um aspeto mais firme, a máscara de coco verde deixa uma sensação de frescor. Então, se você ficou interessada em obter todos esses benefícios, saiba que para fazê-la é muito fácil e não precisa gastar muito dinheiro.

Como fazer máscara facial de coco verde
Ingredientes: 1 coco verde.
Modo de preparo: Pegue o coco verde e retira toda a água, coloque-a em um recipiente separado. A seguir, retire toda a polpa do coco e leve-a para o liquidificador, bata e adicione lentamente a água de coco até que se forme uma massa pastosa. E pronto, basta aplicar.

Modo de usar: Primeiro, faça uma limpeza facial com água e sabonete, não se esqueça de usar produtos específicos para o seu tipo de pele. A limpeza do rosto elimina as impurezas e faz com que os nutrientes da máscara penetrem mais profundamente nas camadas da pele. Em seguida, seque a pele e passe a máscara em todo o rosto uniformemente, faça movimentos circulares. Deixe agir por 10 minutos e retire com água fria.
Após a aplicação dessa máscara você precisará aplicar um protetor solar. E a receita pode ser usada até 2 vezes por semana.

Por fim, a máscara de coco é um poderoso hidratante caseiro, rico em vitaminas, minerais e antioxidantes que ajudam a realçar a beleza da pele. Para fazê-la é muito simples e não é necessário gastar muito. Mas, também é muito importante aliar o seu uso com hábitos alimentares saudáveis e beber muita água para garantir melhores resultados.


Rua Direita

Título: Máscara facial de coco verde – Benefícios e como fazer

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

654 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDaniela Vicente

    11-09-2012 às 20:49:57

    eu não sabia da existência desta máscara, talvez porque o coco não é um fruto muito comum em Portugal, local onde resido. todavia, parece-me um excelente ingrediente para fazer uma boa máscara. a sensação de frescura foi, para mim, o que mais se destacou. no verão deve ser óptimo. parabéns pela ideia e por ter exposto aqui uma receita acessível a todos. agora a mulher só não anda com a pele bonita se não quiser.

    ¬ Responder

Comentários - Máscara facial de coco verde – Benefícios e como fazer

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios