Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Dois pratos típicos do Brasil

Dois pratos típicos do Brasil

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Comentários: 16
Dois pratos típicos do Brasil

O Brasil é um país vasto não só em extensão territorial, mas, sobretudo, na sua diversidade cultural. Dividido em estados, o país adquiriu vários formatos típicos. Cada região apresenta linguagem específica, com gírias, sotaques e expressões características, pratos diferenciados e festividades diversificadas. Desse encontro de crenças, tradições, costumes e valores, nasce o brasileiro e toda a sua diversidade, apesar de pertencer a um mesmo país, de falar um mesmo idioma e viver sob o mesmo regime de governo.

É fascinante conhecer a pluralidade cultural do país. Dentro desse contexto de influências externas e internas, é difícil destacar um ou dois que sejam pratos típicos de todo o país. Existem alguns pratos conhecidos por todos, mas isso não significa que em todas as regiões eles sejam consumidos, devido as diferenças de cada região brasileira.

Selecionando apenas dois pratos típicos brasileiros, a feijoada e o churrasco seriam alimentos bastante conhecidos e cultuados no país e, mais especificamente, nas suas regiões de origem. A feijoada é um prato típico brasileiro, de origem africana, pois segundo as crenças referentes a origem deste prato, ele teria sido produzido ainda nas fazendas de café e açúcar, em que os escravos africanos eram a mão de obra da época. Dizem que os senhores das fazendas alimentavam os escravos com os restos dos porcos, quando estes eram carneados. Os escravos cozinhavam esses alimentos recebidos, junto com o feijão e o arroz, dando origem então à feijoada. Essa é a lenda em relação a origem deste prato tipicamente brasileiro, mas que se tornou conhecido e adaptado no mundo todo. Entretanto os historiadores negam essa origem, alegando que a base da alimentação escrava era feita de farinha de milho. Entre lenda e história, a feijoada transformou-se em um prato bastante valorizado na gastronomia brasileira e mundial.

A feijoada consiste em um prato quente, mais consumido nas épocas frias, em que se acrescenta ao cozimento do feijão preto, pedaços de bacon, costela de porco defumada, linguiça, carne seca, pé, rabo e orelha de porco (nas cozinhas mais tradicionais), lombo de porco e alguns condimentos como louro, paio, alho e cebola picada. Junto a esse feijão reforçado, é servido arroz branco, laranja de umbigo descascada e fatiada e couve picada. O prato, apesar de pesado e calórico, é bastante apreciado e feito no país. Existem casas e restaurantes especializados em feijoada. Nestes estabelecimentos muitas outras guarnições são servidas junto à feijoada ou como entrada ao prato. Mandioca frita, bolinho de arroz, farofa, pães variados, torresmo, molho de pimenta e ovo cozido são alguns desses exemplos.

Já o churrasco, tem sua origem na região sul do país. Os melhores churrascos são tradicionalmente feitos por gaúchos, naturais do sul do país. Faz parte da tradição desta região assar a carne na brasa. Em muitas festividades, sejam elas tradicionalistas ou não, o churrasco está presente. A real origem deste prato típico não é claramente definida. Alguns dizem já ser realizada desde a pré-história, visto que depois da descoberta do fogo, as carnes já passaram a ser assadas na brasa, cravadas em espetos. Contudo, com a expansão da pecuária na América do Sul, a primeira região a desenvolver técnicas de churrasco foi a dos pampas, região na qual o sul brasileiro está incluído. A partir daí ficou conhecido nacionalmente e bastante apreciado e consumido.

O churrasco brasileiro consiste em toda carne assada no chamado fogo de chão, em que a brasa é colocada no próprio chão e a carne assada sobre essas brasas em estacas ou o mais tradicional, feito em churrasqueiras. O fogo do churrasco pode ser produzido com carvão ou lenha. O churrasco é feito quase como um ritual, é preciso temperar a carne, espetá-la em espetos apropriados, fazer o fogo, colocar os espetos, ir virando a carne, conforme o tempo de cada tipo de carne para assar. Alguns apreciam a carne mal-passada, outros a preferem bem assada e o assador deve estar atento ao gosto variado de cada um para satisfazer a todos. Ainda há a entrada, geralmente antes da carne propriamente dita, é servido coração de frango e salsichão assados na brasa e pão recheado com uma mistura de condimentos e maionese, que assado no espeto gera um sabor sem igual. Junto ao churrasco, geralmente são servidas saladas variadas e arroz branco.


Rosana Fernandes

Título: Dois pratos típicos do Brasil

Autor: Rosana Fernandes (todos os textos)

Visitas: 0

801 

Imagem por: obvio171

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 16 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAdriana dos Santos da Silva

    13-09-2012 às 20:02:02

    O Brasil possui uma diversidade incrível em seus pratos típicos. Adoro conhecer as cidades brasileiras, pois cada uma delas tem um prato diferente da que existe em minha cidade, adoro experimentar pratos novos. A feijoada é universal no Brasil, porém o sabor diferencia de uma região para outra. Agora a carne não, são todas iguais, com sabores deliciosos. Os brasileiros adoram uma boa feijoada no fim de semana e a carne então, nem se fala.

    ¬ Responder
  • mayara helenmayara helen

    24-02-2012 às 00:48:45

    mintiraaa ajudou muito viu vcs que ñ sabem valoriza isso

    ¬ Responder
  • sabrina mellosabrina mello

    16-11-2011 às 16:19:00

    AAA eu queria os pratos não só 2 então como vou achar pratos tipicos se vcs nem fazem nada disso!! não gostei chataaa!!!

    ¬ Responder
  • mizaelmizael

    19-09-2011 às 00:27:38

    É um prazer poder deliciar uma bela refeição, é um lindo ritual...

    ¬ Responder
  • maria izabelmaria izabel

    16-02-2011 às 18:41:39

    oi meu nome é izabel e preciso saber onde foi criado o xerem com galinha tenho que entregar esse trabalho na sexta dia 18 de fevereiro de 2011 se alguem souber manda para o meu email

    ¬ Responder
  • Maria joséMaria josé

    20-11-2010 às 22:50:49

    Tá muito fixe foi-me muito útil para o meu trabalho.Obrigada!

    ¬ Responder
  • BJVBJV

    15-09-2010 às 15:37:28

    LEGAL

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãocghuiloma

    01-09-2010 às 01:44:57

    @diéssik
    Muito Brigada

    ¬ Responder
  • RenataRenata

    23-08-2010 às 12:12:19

    me ajudou muito em meu trabalho a escritora ta de parabens beijos!!!!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãodiéssik

    03-08-2010 às 21:28:57

    pooo eu sou gaúcha e posso afirma q o churrasco e muito bom..
    otimo,obrigado pela ajuda em meu trabalho

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoakele

    08-07-2010 às 21:24:19

    @YASMIN
    nimquem te perquntou nada

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoailma

    22-06-2010 às 16:09:01

    queria algo melhor, mas valeu por tudo mim ajudou em alguns detalhes!!

    ¬ Responder
  • YASMINYASMIN

    02-06-2010 às 20:33:34

    Eu estava procurando um prato tipico do brasil e nao achei
    Eu achei muito chato

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoRayara

    18-05-2010 às 23:19:40

    Adorei o texto

    ¬ Responder
  • natalienatalie

    10-05-2010 às 01:23:29

    valeu mas ñ me ajudou muito naum !!!!

    ¬ Responder
  • rubianerubiane

    15-04-2010 às 20:42:45

    é muito chato

    ¬ Responder

Comentários - Dois pratos típicos do Brasil

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A história da fotografia

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Fotografia
A história da fotografia\"Rua
A história e princípios básicos da fotografia e da câmara fotográfica remontam à Grécia Antiga, quando Aristóteles verificou que os raios de luz solar e com o uso de substâncias químicas, ao atravessarem um pequeno orifício, projetavam na parede de um quarto escuro a imagem do exterior. Este método recebeu o nome de câmara escura.

A primeira fotografia reconhecida foi uma imagem produzida em 1826 por Niepce. Esta fotografia foi feita com uma câmara e assente numa placa de estanho coberta com um derivado de petróleo, tendo estado exposta à luz solar por oito horas, esta encontra-se ainda hoje preservada.

Niepce e Louis –Jacques Mandé Daguerre inciaram em 1829 as suas pesquisas, sendo que dez anos depois foi oficializado o processo fotográfico o nome de daguerreótipo. Este processo consistia na utilização de duas placas, uma dourada e outra prateada, que uma vez expostas a vapores de iodo, formando uma pelicula de iodeto de prata sobre a mesma, ai era a luz que entrava na camara escura e o calor gerado pela luz que gravava a imagem/fotografia na placa, sendo usado vapor de mercúrio para fazer a revelação da imagem. Foi graças á investigação realizada por Friedrich Voigtlander e John F. Goddard em 1840, que os tempos de exposição e revelação foram encurtados.




Podemos dizer que o grande passo (não descurando muitas outras mentes brilhantes) foi dado por Richard Leach Maddox, que em 1871 fabricou as primeiras placas secas com gelatina, substituindo o colódio. Três anos depois, as emulsões começaram a ser lavadas com água corrente para eliminar resíduos.

A fotografia digital


Com o boom das novas tecnologias e com a capacidade de converter quase tudo que era analógico em digital, sendo a fotografia uma dessas mesmas áreas, podemos ver no início dos anos 90, um rápido crescimento de um novo mercado, a fotografia digital. Esta é o ideal para as mais diversas áreas do nosso dia a dia, seja a nível profissional ou pessoal.

As máquinas tornaram-se mais pequenas, mais leves e mais práticas, ideais para quem não teve formação na área e que não tem tempo para realizar a revelação de um rolo fotográfico, sem necessidade de impressão. Os melhores momentos da nossa vida podem agora ser partilhados rapidamente com os nossos amigos e familiares rapidamente usando a internet e sites sociais como o Facebook e o Twitter .

A primeira câmara digital começou a ser comercializada em 1990, pela Kodak. Num instante dominou o mercado e hoje tornou-se produto de consumo, substituindo quase por completo as tradicionais máquinas fotográficas.

Sendo que presentemente com o aparecimento do FullHD, já consegue comprar uma máquina com sensores digitais que lhe permitem, além de fazer fotografia, fazer vídeo em Alta-Definição, criando assim não só fotografias quase que perfeitas em quase todas as condições de luz bem como vídeo com uma qualidade até agora impossível no mercado do vídeo amador.

Tirar fotografias já é acessível a todos e como já não existe o limite que era imposto pelos rolos, “dispara-se” por tudo e por nada. Ter uma máquina fotográfica não é mais um luxo, até já existem máquinas disponíveis para as crianças. Muitas vezes uma fotografia vale mais que mil palavras e afinal marca um momento para mais tarde recordar.

Pesquisar mais textos:

Bruno Jorge

Título:A história da fotografia

Autor:Bruno Jorge(todos os textos)

Imagem por: obvio171

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    05-05-2014 às 03:48:18

    Como é bom viver o hoje e saber da história da fotografia. Isso nos dá a ideia de como tudo evoluiu e como o mundo está melhor a cada dia produzindo fotos mais bonitas e com qualidade!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios