Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Origem dos Pastéis de Bélem

Origem dos Pastéis de Bélem

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Visitas: 4
Comentários: 4
Origem dos Pastéis de Bélem

Os famosos e tão conhecidos pastéis de Belém tiveram origem no ano mil oitocentos e trinta e sete em Belém, perto de Lisboa. Nesses tempos a deslocação entre os dois locais, eram ligados a partir de barcos a vapor.

Em Belém os monges do Mosteiro dos Jerónimos, colocaram á venda numa humilde pastelaria junto ao Mosteiro, estes pastéis com o objetivo de manter a ordem e a fim de obter algum dinheiro como forma de sustento. Sendo este espaço uma atração turística, como a Torre de Belém, era imprescindível não provar este doce conventual, da qual ficavam deslumbrados com o sabor. No momento em que se está para saborear tal paladar agradável de açúcar com ovos, coloca-se um pouco de canela e açúcar em pó na sua superfície.




Na época a receita deste doce estava no segredo dos deuses, apenas o pasteleiro do convento e os monges tinham conhecimento, fazendo um voto de silêncio e juramento acerca da receita. O fornecedor Sebastião Alfredo da Silva era quem abastecia os ingredientes para a elaboração do pastel de belém e tinha o armazém perto do mosteiro, na Rua de Belém.

Após a revolução Liberal o mosteiro foi obrigado a fechar, conta-se que o pasteleiro ou os monges venderam a receita ao empresário Domingos Rafael Alves, que levou por sua vez á fundação da Sociedade Portuguesa de Confeitaria, que ainda hoje reside entre os descendentes deste empresário.

A fábrica foi restaurada, sendo conhecida como a antiga confeitaria de Belém, que vem até aos dias de hoje a produzir os melhores pastéis a nível nacional, onde se conta com cerca de quinze mil pastéis ao dia. No seu interior estão cinco salas com azulejos com pastéis, e existe ainda um anexo nesta fábrica onde se pode encontrar a afamada Oficina do Segredo, que não sofreu obras até aos dias de hoje; no seu interior trabalham os pasteleiros que misturam os elementos necessários e nas quantidades exatas para a confeção dos pastéis, artesanalmente e á porta fechada.

Quando a receita foi transmitida aos pasteleiros, estes por sua vez foram levados a assinar um termo de responsabilidade como não divulgavam a receita e colocados sobre juramento, como em outras épocas.


Sandra Mendes

Título: Origem dos Pastéis de Bélem

Autor: Sandra Mendes (todos os textos)

Visitas: 4

702 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • Delene Aparecida RodriguesDelene Aparecida Rodrigues

    23-09-2012 às 05:07:50

    Sou fascinada pelos doces portugueses, em especial os pastéis de Belém. Quando penso em Portugal, o que me vem imediatamente à cabeça é a sua culinária, que acredito ser a melhor da Europa inteira!!!

    ¬ Responder
  • Teresa Maria Batista GilTeresa Maria Batista Gil

    18-09-2012 às 10:04:42

    Os monges e freiras são conhecidos pelas suas famosas receitas de doces e outras iguarias.Os famosos pastéis de Belém não fogem à regra uma vez que a sua receita era segredo dos mesmos.Além de serem famosos os pastéis de Belém são muito apreciados por gente de todo o mundo que ocorre a Belém para os apreciar.

    ¬ Responder
  • Jovita CapitãoJovita Capitão

    17-09-2012 às 17:44:02

    Adoro doces! Então os pasteis de Belém...são fantásticos bem quentinhos e com canela e açúcar por cima.. :)

    ¬ Responder
  • Ana SebastiãoAna Sebastião

    17-09-2012 às 16:58:35

    Realmente, já fiquei com fome... São deliciosos

    ¬ Responder

Comentários - Origem dos Pastéis de Bélem

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios