Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Viagens > lhas Fiji, uma viagem de sonho

lhas Fiji, uma viagem de sonho

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Viagens
Comentários: 1
lhas Fiji, uma viagem de sonho

Localizadas precisamente nos antípodas de Portugal, as ilhas Fiji constituem um arquipélago composto por cerca de 300 ilhas e ilhéus, entre uma imensidão de atóis de corais. As águas de um azul limpidíssimo e estonteante escondem, imediatamente abaixo da linha de água, um cenário de cortar a respiração: corais multicoloridos são atravessados e povoados por vegetação exuberante e peixes garridos que, impassíveis, prosseguem o seu caminho em grandes cardumes. É, aliás, por esta razão, que o território subaquático das Fiji é o preferido dos mergulhadores, que aqui se deliciam com a profusão de vida marinha.

Antes de embarcar para este paraíso do outro (lado do) mundo, saiba que as Fiji foram visitadas pela primeira vez pelo explorador holandês Abel Tasman, em 1643; mais tarde, em 1774 receberam a visita do Capitão Cook, mas só em 1792 é que a exploração das ilhas se verificou, de facto. Baleeiros e madeireiros (em busca do sândalo, uma madeira exótica), começaram a instalar-se e a desenvolver os seus negócios, num clima pouco amistoso por parte dos nativos, que, à época, eram canibais. A introdução de armas nas ilhas desenvolveu um clima de grande instabilidade que levou a Inglaterra a intervir e a adotar como sua colónia as ilhas Fiji, entre 1874 e 1970. A imigração de trabalhadores indianos, trazidos para as explorações de cana-de-açúcar, provocou conflitos raciais que foram controlados pelo governo britânico. No entanto, as diferenças ainda se mantêm nos dias de hoje e sucessivos governos foram já derrubados.

Não obstante, saiba que o turismo é uma das principais fontes de riqueza deste país que prima pela hospitalidade e simpatia. Os resorts mais procurados são, muitas vezes, os mais modestos e pode, inclusivamente, ficar alojado num belíssimo bungalow, inscrito numa orla de vegetação verdejante que conduz à praia, por exemplo. Pode optar por fazer trekking através das densas florestas, inscrever-se em atividades como golfe, pesca ou jet-ski e praticar mergulho.

Para se deslocar ao céu na terra (literalmente), pode apanhar um voo para Londres e, aí, tomar o avião para as Fiji. Conte com cerca de 25 horas de voo e 2500 € para pagar um pacote que inclui cerca de uma semana e meia de estadia em regime de meia-pensão e, claro, a viagem propriamente dita. Pode comunicar em inglês, mas tenha cuidado com o consumo de água, que deve ser exclusivamente engarrafada.

Isabel Rodrigues

Título: lhas Fiji, uma viagem de sonho

Autor: Isabel Rodrigues (todos os textos)

Visitas: 0

660 

Imagem por: g-hat

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    14-06-2014 às 21:07:56

    As ilhas Fiji é um bom destino de viagem. Com a sua encantadora beleza, areia, praia, sol, águas limpas e cristalinas, podemos apreciar momentos de muito relaxamento e diversão.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - lhas Fiji, uma viagem de sonho

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: g-hat

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios