Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Sedentarismo é tão perigoso quanto o cigarro

Sedentarismo é tão perigoso quanto o cigarro

Categoria: Saúde
Visitas: 5
Comentários: 1
Sedentarismo é tão perigoso quanto o cigarro

Conforme informações da BBC, adquiridas por meio de uma pesquisa feita por um grupo de cientistas de 16 países, o sedentarismo pode causar tantos problemas à saúde quanto o cigarro, podendo levar até a morte. Essas informações foram baseadas em dados constatados sobre os malefícios da falta de praticar exercícios.

Segundo os dados da pesquisa, aproximadamente 5,3 milhões de pessoas no mundo todo estão morrendo devido a doenças causadas pela falta de atividades físicas. Quantidade muito próxima à quantidade de mortes causada pelo cigarro.

Faça exercícios
As informações dessa pesquisa reuniram dados de 122 países, onde os cientistas constataram que as maiores causas de mortes era o câncer de mama e bexiga, diabetes do tipo 2 e complicações cardíacos.

Segundo os pesquisadores, basta uma rotina de 150 minutos por semana de exercícios físicos simples para combater o sedentarismo. Dividindo pelos 7 dias, são 20 minutos de atividades que podem melhorar significativamente sua saúde.

Se você se interessou em sair do sedentarismo, mas não tem tempo para correr na praça ou ir a uma academia, veja algumas dicas para fazer seus exercícios em sua própria casa em seus momentos livres.

Faça seus exercícios em casa e quando quiser

Segundo Cientistas da Universidade do Arizona, independente de você ter uma prática de exercícios de 30 minutos contínua ou em seções de 10 minutos 3 vezes, os benefícios para seus praticantes é semelhante, mostrando ser até melhor dividir a prática em seções durante o dia.

O estudo foi comprovado após a realização de um teste com dois grupos de voluntários sedentários. Ambos os grupos realizaram 3 exercícios diferentes. Um dos grupos fez um intensivo de 30 minutos de malhação. O outro grupo fez os exercícios com seções de 10 minutos para cada exercício. O resultado demonstrou que o grupo que separou os exercícios em seções, teve uma redução da pressão sanguínea e poucos picos de pressão alta em relação ao outro grupo.

Por essa atitude em prática não é difícil, pois em determinadas situações vale a pena descer alguns pontos de ônibus antes para caminhar um pouco, deixar o elevador de lado e utilizar as escadas ou ir à padaria ou mercado mais próximo andando.

Essas informações são para incentivar os sedentários e mostrar que pode ser mais fácil do que pensam praticar exercícios físicos diários. Quem faz a prática de exercícios contínua, sem dividir em seções, não deve achar que está errado, pois é também uma maneira correta de se exercitar.


Lucas Souza

Título: Sedentarismo é tão perigoso quanto o cigarro

Autor: Lucas Souza (todos os textos)

Visitas: 5

623 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Daiany Nascimento

    17-09-2012 às 12:18:07

    Gostei do texto. Sou fã dos artigos publicados pelos autores do ruadireta.com devido à variedade de temas que posso encontrar, além de que a maioria deles são muito ricos em conteúdo, como este! Parabéns autor pela sua dedicação, saiba que as dicas que encontrei aqui poderão me ajudar muito a encarar tanto os pequenos quanto os grandes fatos do dia a dia. Espero por novidades, pois sempre estou à procura de novos conhecimentos. Boa escrita!

    ¬ Responder

Comentários - Sedentarismo é tão perigoso quanto o cigarro

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios