Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Previna futuros problemas nos ossos

Previna futuros problemas nos ossos

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 2
Comentários: 3
Previna futuros problemas nos ossos

Ao atingir a menopausa, a mulher sofre uma série de alterações que implicam que, entre outras consequências, os seus ossos se tornem mais frágeis e quebradiços, comprometendo seriamente a saúde – e mesmo a longevidade – da pessoa afetada, em caso de fratura. Será de ressalvar que a osteoporose – desmineralização óssea – surge habitualmente sem sintomas, numa fase inicial e progride lentamente. Em fases mais avançadas da doença, as fraturas tornam-se frequentes e poderão, indiretamente, tornar-se fatais. Existem, no entanto, uma série de procedimentos que permitirão retardar ou anular mesmo o processo de descalcificação progressiva dos ossos (verificada a partir dos 30-35 anos).

Assim, deve apostar em manter uma alimentação rica e variada, com especial incidência nos laticínios e seus derivados – não se esqueça de optar sempre por leite enriquecido com cálcio, bem como por leite, iogurtes e queijos magros ou light. Os especialistas apontam para uma dose diária recomendada (mínima) de 2 copos de leite de 250ml e um iogurte, para a população adulta. No caso de não tolerar lactose ou de, simplesmente, não apreciar o sabor do leite, saiba que existem alternativas fabricadas com soja e enriquecidas com cálcio. A soja, aliás, pela sua riqueza em isoflavonas, costuma também surgir associada a ossos fortes e saudáveis. A sua alimentação deve incluir, de igual forma, legumes de folha verde escura, tais como couve e brócolos, cereais integrais, nozes, amêndoas e figos. Ingira bastante água (cerca de um litro e meio por dia) e afaste de si maus hábitos como fumar, beber álcool em excesso e comer alimentos gordurosos. Não se esqueça, porém de que deverá apanhar um pouco de sol todos os dias (de preferência de manhã, quando os raios UVA e UVB ainda não se encontram no seu pico prejudicial) de modo a absorver vitamina D, responsável pela fixação do cálcio nos ossos – sem ela toda a ingestão de cálcio será em vão.

Deve, igualmente, apostar em exercícios físicos regulares que, coadjuvados com uma dieta apropriada, contribuirão para tornar a menopausa (e a fase posterior) mais suportável e agradável. O sedentarismo é, pois, indesejável. Todavia, estudos recentes têm vindo a demonstrar que o exercício físico será mais benéfico quando iniciado na infância e juventude, altura em que os ossos atingem um pico máximo ao nível da densidade óssea – o pico será tanto maior quanto mais exercício se tiver praticado. Atividades como futebol, vólei ou simplesmente correr e pular parecem contribuir para uma maior densidade óssea e, logo, para um melhor armazenamento mineral dos ossos – que servirá de reduto na idade avançada.

Alimente-se corretamente e mexa-se: são as melhores maneiras de tornar os seus ossos mais saudáveis e fortes!

Isabel Rodrigues

Título: Previna futuros problemas nos ossos

Autor: Isabel Rodrigues (todos os textos)

Visitas: 2

657 

Imagem por: mikebaird

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    25-07-2014 às 02:27:54

    Adoro leite e já tomo algumas vezes durante a semana. Prevenir é melhor mesmo. Ainda mais, quando são os nossos ossos, devemos ter essa preocupação para evitar futuros problemas.

    ¬ Responder
  • DyandraDyandra

    19-10-2011 às 16:38:18

    é muito boa o apesquisa

    ¬ Responder
  • Conclusão - Estudos e FormaçãoBruna alexandra dias

    31-05-2010 às 11:55:46

    e xato ser pequena

    ¬ Responder

Comentários - Previna futuros problemas nos ossos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os benefícios do piso laminado

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Materiais Construção
Os benefícios do piso laminado\"Rua
Ao se realizar uma obra, ou na renovação de ambientes, há sempre muitas opções de técnicas e tecnologias de construção civil, arquitetura e decoração a serem escolhidas da forma mais adequada ao resultado que se espera. O piso adequado ao ambiente que se está construindo ou reformando é uma questão bastante relevante para o sucesso do empreendimento e para o bem-estar dos usuários.

Os tipos de pavimentos ou assoalhos ou revestimentos são diversificados e para cada tipo de ambiente, construção e gosto pessoal há um mais adequado. Pelos inúmeros benefícios que tem apresentado, o piso laminado tem sido bastante escolhido como revestimento nos ambientes modernos. Ele é composto por quatro camadas, feitas de fibras de madeira de alta densidade, lâminas de celulose, lâminas decorativas e filme cristalino de celulose, colados diretamente ao chão. Essa composição garante estabilidade, beleza, resistência, facilitando a limpeza. Somente com estes argumentos já se pode notar as vantagens desse tipo de piso, contudo ainda existem outras.

Os pisos laminados custam menos que os pisos de madeira, seu substrato é ecologicamente correto, já que as madeiras utilizadas na composição desse piso provêm de florestas certificadas e possui fácil instalação, sem a necessidade de pregá-lo ao chão. Além disso, os pisos laminados não precisam de envernizamento como os pisos de madeira que causam mau cheiro e sujeira. Os pisos laminados são mais resistentes que os pisos de madeira devido a sua alta pressão. A superfície dos pisos laminados de alto tráfego contém papel decorativo que garante diversas possibilidades de estampas e combinações.

Existem, portanto, dois tipos distintos de pisos laminados. Os pisos laminados de madeira têm em sua composição madeira natural e são revestidos com verniz. São indicados para ambientes residenciais e menos movimentados. Os pisos laminados de alto tráfego são compostos por madeiras de alta densidade cobertas por papel decorativo. São mais resistentes e, em virtude disso, indicados para ambientes de grande circulação. Podem estar em ambientes residenciais, porém para ambientes comerciais é o ideal.

Os pisos laminados são resistentes à luz do sol, a riscos e a manchas. São práticos devido à diversificada opção de padrões e funcionais devido à facilidade de limpá-lo. Acomodam-se perfeitamente em qualquer ambiente, proporcionando fácil decoração. Entretanto, medidas para mantê-lo em bom estado por mais tempo (apesar da sua alta durabilidade) devem ser tomadas. Colocar proteção na entrada das portas evita a instalação de sujeira e pedras. Forrar móveis e peças decorativas, que entrem em contato com o piso, é recomendado, a fim de não marcá-lo. Esses forros podem ser feitos com tecidos felpudos ou recortes em feltro. Forrar os móveis ao movimentá-los é apropriado para não riscar o piso. Salto alto fino com base metálica também marca esse tipo de piso. Evitar molhar em demasia o piso é necessário, pois caso contrário pode haver o inchamento do piso. Deve-se mantê-lo sempre seco.

Esse tipo de piso também tem a vantagem de não carregar cupins, contudo é preciso verificar as condições de presença desses insetos. Ambientes com cupins requerem a desintetização prévia.

Pesquisar mais textos:

Rosana Fernandes

Título:Os benefícios do piso laminado

Autor:Rosana Fernandes(todos os textos)

Imagem por: mikebaird

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    12-05-2014 às 12:45:43

    O piso laminado é muito bom, sua durabilidade é de quase 40 anos e são mais fáceis de manter.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • silvana 22-02-2014 às 18:17:44

    o piso laminada tem durabilidade de quantos anosposso passar pano umido no piso loaminado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios