Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Um Sonho Não Chega

Um Sonho Não Chega

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Comentários: 2
Um Sonho Não Chega

O sonho faz parte da existência tal como o pensamento! É caso para dizer sonho, logo existo, porém importa definir.

Sonho, em sentido figurado, não no sentido do sonho que temos enquanto dormimos, mas aquele sonho que sonhamos acordados, por vezes de olhos bem abertos mas a mente bem distante… sonhos, esses tais que nos fazem fazer castelos no ar, acreditar no improvável, e até mesmo no impossível, é destes sonhos que quero escrever.

Todos sonhamos, todos fazemos projetos, todos enquanto pessoas humanas ambicionamos algo mais do que o que temos hoje, o que é perfeitamente natural, perfeitamente digno, e claramente positivo uma vez que cria em nós o interesse pelo amanhã.

Sou tentada a dizer que quem não sonha, não vive, apenas existe, e tudo o que faz é não pelo amanhã e sim pelo hoje que afinal se esvai e amanhã já não passou.

Sonhar é bom, são as ciências, sobretudo as ciências sociais que o afirmam, porque elas fazem o homem ter objetivos de vida que o impingem a viver, porém, sonhar apenas seria tão vazio quanto um lago em que não nadam peixes, ou como um jardim infantil no qual não há crianças.

O ser humano precisa alimentar o sonho de hoje realizando o sonho de ontem. Caso o indivíduo não consiga realizar sonhos passados, vai frustrar-se e deixar de sonhar para o futuro. Não digo isto pensando que os sonhos são diários e que todos os dias temos que realizar um sonho, não, mas todos os dias temos que dar um passo mais na perseguição de um sonho qualquer, acreditar com todas as forças e empenharmo-nos em realizar algo…

Então perguntamos francamente: como é possível em tempos difíceis como aqueles quem que vivemos? Bom, há algumas regras básicas para alcançar os sonhos, e vamos citá-las então:

a) Sonhe algo possível, não é próprio acreditar em algo irrealizável como encontrar um tesouro ou ir à lua a nado, mas atravessar a piscina nadando ou comprar algo quando recebermos o salário no fim do mês, isto são sonhos possíveis;

b) Não determine prazos próximos demais como para a semana estou de férias vou a Veneza, se não tem capital para isso no momento, pense nas férias do ano que vem por exemplo;

c) Procure fazer algo pelo seu sonho, por exemplo, poupe nos cafés que beberia durante a semana e junte para um objetivo qualquer;

d) Não faça seus os sonhos dos outros, os sonhos são pessoais e de acordo com a estrutura de cada um;

e) Não realizou, não desista, aprenda com aquilo em que falhou e reestruture para que o próximo passo seja positivo;

f) Não ponha o seu sonho à frente de tudo o resto, não deixe de viver o hoje por causa do amanhã;

g) Poupe um pouco hoje, não podemos viver hoje como se não houvesse amanhã.


Ana Sebastião

Título: Um Sonho Não Chega

Autor: Ana Sebastião (todos os textos)

Visitas: 0

607 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    02-09-2014 às 22:10:55

    Amei esse texto sobre um sonho que não chega. Sonhar é fantástico, mas devemos deixar um pouco esse lado romântico e nos concentrar na razão mesmo. De ir lá e fazer acontecer! É necessário decidir, agir, planejar e ter estratégias, senão, nada acontece!!!! Vamos sonhar sim, mas tentar realizar também!

    ¬ Responder
  • Jovita CapitãoJovita Capitão

    18-08-2012 às 03:07:35

    Gostei do seu texto. Concordo plenamente consigo. Sem sonhos a pessoa apenas existe sem motivação e sem alegria sequer. É preciso Lutar pelos sonhos sempre!!!

    ¬ Responder

Comentários - Um Sonho Não Chega

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios