Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Obesidade e a ditadura da moda

Obesidade e a ditadura da moda

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 2
Comentários: 2
Obesidade e a ditadura da moda

Tratar da obesidade é mais do que uma questão de estética, é também uma questão e saúde. Muito se culpa a ditadura da moda que apresenta mulheres altas e magras, homens altos, jovens e com corpos bem definidos. Quando ligamos a televisão, lá vem mais gente magra e bonita, parece que ser magro é a melhor coisa do mundo, será?

Alto lá. Já faz um bom tempo que os estilistas estão trabalhando com pessoas acima do peso para atingir um público-alvo ainda maior, o que é muito bom por um lado, mas essa ampliação na rede da moda, não pode ser vista como encorajamento para permanecer na conformação de que ninguém se importa mais com quantos quilos cada um pesa. Os médicos se importam sim, e por uma boa razão; a saúde. Claro que com essa nova visão das empresas de propaganda que estão dando espaço para todas as etnias, idades, gêneros e peso corporal nos tranquiliza por sabermos que finalmente estão nos vendo como somos, além do que idealizavam para a sociedade como se fosse uma verdade única. Uma vez que todos nós que não somos modelo quebramos esse paradigma, por sabermos que cada um é como é, mesmo assim é bom ouvir o que diz a medicina moderna a esse respeito.




Quando se está acima do peso, muitos agravantes podem surgir acarretando problemas de saúde, por esse motivo, o ideal é manter a mente em equilíbrio para não gerar falsas ideias de que alcançará o peso que deseja em um mês, nem ficar seguindo dietas absurdas que prejudicam o organismo como um todo.

Quando pensar em perder uns quilinhos, tenha em mente que não precisa ter pressa, isso é muito comum com a chegada do verão. As academias de ginástica lotam e ao invés de se pensar em trabalhar o condicionamento físico, que como efeito também diminuirá as medidas e tonificará os músculos, acabam comendo mal e se exercitando muito. O resultado é o que infelizmente sempre vemos. Nos meses mais frios, a maioria das pessoas se afasta das academias e acabam novamente engordando, ou seja; vira o efeito sanfona.

Quando se propuser a emagrecer, afaste a pressa, apenas se determine e trace uma meta que seja razoável. Converse com um médico e um nutricionista para seguir um programa de reeducação alimentar aliada a exercícios que estejam de acordo com seu tipo genético e saúde.

Lembre-se: A o perder peso muito rápido, o risco de engordar novamente e até com um peso superior ao de antes, é bem maior, pois o corpo tenta compensar a perda abrupta.


Sílvia Baptista

Título: Obesidade e a ditadura da moda

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 2

668 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    06-09-2014 às 18:08:17

    Também concordo que é uma questão de saúde, e não apenas para estar dentro do padrão social. É muito mais que isso! Até existe a moda Plus Size que atende esse perfil de público. Vale a pena cuidar do corpo, isso aumenta a autoestima.

    ¬ Responder
  • Sílvia BaptistaSílvia Baptista

    20-10-2012 às 22:35:02

    Manter a saúde é fundamental, mas o que não pode acontecer e que infelizmente ainda acontece, é por não se adequar aos padrões de medida corporal, deixar de sair de casa, de desfrutar de bons momentos por não estar no peso dito ideal. Essa não é a solução, ao contrário, só leva a depressão e a uma baixa autoestima. Sabendo combinar cores e modelos, é possível ficar bem elegante e atraente, tanto homens como as mulheres.
    Cuidem-se bem!

    ¬ Responder

Comentários - Obesidade e a ditadura da moda

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Estratégia do arco-íris

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Serviços
Estratégia do arco-íris\"Rua
Pessoas comuns estão a descobrir novas estratégias que supostamente fazem dinheiro rápido. Mas, a verdade da questão é que, isso é quase impossível. Ao longo de sua jornada de negociação, vai experimentar algumas vitórias e derrotas. Então, vejamos uma das estratégias que irá produzir mais vitórias do que derrotas: a estratégia do arco-íris. Esta é uma estratégia muito poderosa que qualquer um pode utilizar, especialmente novatos lá fora. Se é novo no comércio de opções binárias e gostaria de ganhar dinheiro online, esta é a estratégia ideal para si.

A estratégia do arco-íris envolve um período de 6, 14 e 26 períodos, períodos de média móvel exponencial. Estes permitem filtrar os movimentos menores no mercado e dar-lhe uma visão clara da tendência.

O mercado está numa tendência alta quando o período de 6 EMA está no topo dos 14 períodos EMA e dos 26 períodos EMA. A tendência baixa ocorre quando as EMA cruzam-se. Agora, os 26 períodos EMA devem estar no topo da EMA de 14 períodos. Em tendências altas, os comerciantes devem concentrar-se principalmente em opções de compra.

Uma opção de compra pode ser acionada quando o preço para baixo remonta à EMA 14 e começa a mover-se para cima. Uma opção de venda pode ser acionada quando o preço refaz para cima, e os períodos EMA 14 começam a mover-se para baixo.

As vantagens desta estratégia é que muitos dos sinais são precisos e não requerem muita análise para fazer um bom negócio. Com a gestão de risco adequada, pode fazer desta a sua principal estratégia. Mas, antes de tomar essa decisão, saiba que existem algumas desvantagens. O preço às vezes pode ir além dos 14 períodos de EMA. Alguns comerciantes podem não saber como reagir a isso.

Além disso, mesmo se os mercados são tendências, ainda existe a possibilidade de dar sinais falsos, mas com a gestão de riscos aplicadas, esses sinais falsos não causam muito dano. Combinar esta estratégia com coisas como Fibonacci, linhas de tendência ou médias móveis podem ajudar a reduzir as chances de perdas.

Em geral, a estratégia do arco-íris é um grande indicador. Ele faz maravilhas nos mercados de tendências e é muito fácil de usar para os comerciantes de todos os níveis. No fim de contas, é apenas uma questão de fazer uma boa gestão de risco. É uma ótima estratégia para iniciantes começarem a usar e obterem vitórias, experiência e bastante dinheiro.

Pesquisar mais textos:

Jerónimo Diogo Magalhães

Título:Estratégia do arco-íris

Autor:Jerónimo Diogo Magalhães(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios