Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > O tamanho importa?

O tamanho importa?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 2
Comentários: 1
O tamanho importa?

Há uma grande mitificação em torno do tamanho do órgão sexual masculino. Desde criança já há uma preocupação e uma comparação com o tamanho do órgão dos amigos. Culturalmente foi criada a ideia de que o tamanho do pênis importa; que faz diferença na hora da relação sexual e, em torno dessa ideia, muitos mitos aparecem no imaginário coletivo. O tamanho do pênis é muito relativo se comparado ao de outra pessoa. O que é pequeno para uma, pode não ser para outra. Logo, não há definições claras de tamanhos. Existem muitas pesquisas na área que fizeram a medição dos tamanhos de pênis, chegando a uma média entre 13cm e 16cm, quando medidos eretos. Abaixo desse número, seriam considerados pequenos e acima, obviamente, grandes.

Contudo, segundo os médicos, o tamanho desse órgão sexual masculino não influencia no prazer, na masculinidade, na virilidade, nem no desejo sexual, pois sua função é concluída, independente do tamanho que tenha. O que acontece é psicológico e social, incutido no pensamento humano. O homem que considera o seu órgão pequeno, sente-se constrangido até para manter relações sexuais, perdendo muitas vezes a possibilidade de viver grandes relacionamentos. Já o homem que possui pênis grande, vive do imaginário de que é capaz de satisfazer plenamente uma mulher pelo simples fato de ter um órgão fisicamente maior que o dos demais.

Entretanto pesquisas apontam que as mulheres estão satisfeitas com seus parceiros, alegando que o tamanho dos órgãos de seus companheiros não é o fator determinante no sucesso do relacionamento. Estão felizes com os companheiros que têm, independente do tamanho de pênis que eles possuem. Na verdade, quando questionadas a maioria das mulheres alega que mais importante que o comprimento é a espessura já que a vagina, órgão sexual feminino, possui terminações nervosas na entrada do órgão. Muitas dessas mulheres pesquisadas relataram se sentirem desconfortáveis quando em contato com um pênis muito grande, pois segundo elas, a relação sexual fica prejudica por causar dor e desconforto.

Todo esse imaginário em torno do tamanho do órgão sexual masculino acaba alimentando uma indústria de técnicas, transplantes e medicações a fim de aumentar o tamanho do pênis. Nesse aspeto é necessário tomar cuidados e precauções para não se arrepender por fazer cirurgias e implantes desnecessários. Muitos homens procuram as clínicas e os consultórios a fim de realizar essas técnicas. Uma destas cirurgias, meramente estética, é a faloplastia que aumenta o diâmetro e o comprimento do pênis. O tamanho do pênis chega ao seu estágio normal aos 21 anos. Os casos de micropênis, aqueles que têm seu órgão bem abaixo da média de 13cm a 16cm, ou seja, medida menor que 7cm, já são observados desde a infância. Precocemente detetados, podem ser tratados com aplicações de testosterona ou hormônio do crescimento na infância e adolescência e a indicação de cirurgia quando adulto.

Fora casos extremos, não há necessidade de tanta preocupação em relação ao tamanho do órgão sexual masculino. Afinal, para os homens, muito além da função reprodutiva, o pênis é sinônimo de masculinidade, de conquista do prazer do sexo oposto mas, segundo o sexo oposto, o que importa não é necessariamente o tamanho do órgão, mas o homem como um todo.


Rosana Fernandes

Título: O tamanho importa?

Autor: Rosana Fernandes (todos os textos)

Visitas: 2

779 

Imagem por: Victor Bezrukov

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Marilene Rocha d Carvalhovando

    16-07-2010 às 23:59:35

    eu acho que o tamanho nao emporta ele tem que saber fazer o trabalho

    ¬ Responder

Comentários - O tamanho importa?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

MELHORES CREMES PARA PELE DERMATOLOGICAMENTE TESTADOS E APROVADOS

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Beleza
MELHORES CREMES PARA PELE DERMATOLOGICAMENTE TESTADOS E APROVADOS\"Rua
Anualmente,ouvimos falar de muitos cremes e produtos para a pele milagrosos,descrevendo até mesmo uma renovação da pele anormal, para os padrões e formulas químicas inclusas no produto.
A Verdade é que são poucos os produtos que realmente fazem alguma diferença.

Mas aqui informamos uma lista de 5 cremes para a pele dermatologicamente testados e que realmente fazem a diferença sem propagandas enganosas comprovado por médicos usuários sendo reconhecidos pela qualidade no mercado atual dos cosméticos.

ATENÇÃO PARA A LISTA TOP5 PRODUTOS PARA UMA PELE MAIS SAUDÁVEL:

VITANOL A-ácido retinóico limpeza facial profunda clareamento de pele peeling recomendado pelos dermatologistas sendo o mais frequente em recomendações médicas.

Active Dermato Creme Esfoliante Facial, 60g realmente
rende uma boa limpesa facial -O Boticário

Ácido kójico, despigmentante derivado do arroz, promove sim um resultado mais leve.

Idebenona, nova favoritaa dos espertinhos, tem efeito clareador tão potente quanto o da hidroquinona. Melhor: é mais segura, sem tantas reações adversas.

Clarinskin II é extraído do gérmen do trigo e também controla a síntese de melanina. Destaque: é liberado para o uso em gestantes, vantagem Boaa no mundo dos cremes clareadores.

DICA RÁPDA:HIDRATANTE MELHORA SIMMMM AS RUGAS!!
O uso de filtro solar, associado ou não ao hidratante, protege a pele dos raios ultravioleta. É preventivo contra envelhecimento e até tumores de pele.
DICA RÁPDA: Todo creme deve ser passado debaixo para cima
DICA RÁPDA: Os produtos para limpar, tonificar e hidratar a pele tem de ser da mesma linha
DICA RÁPDA:Os cremes usados à noite não deixam a pele respirar.

.O que causa o aparecimento da celulite? Fatores hereditários interferem?

A celulite é causada por vários fatores concomitantes. A questão hereditária da predisposição também é relevante e quando existem famílias que as mães, as mulheres família tem muita celulite, as filhas terão logicamente maio tendência. A questão genética ou hereditária também está relacionada ao tipo de corpo, os corpos "mais arredondados, mais curvilinhos, mais femininos", são aqueles que tem mais chance de ter celulite, enquanto que aqueles mais retos com características um pouco mais masculinas são aqueles que tem menos chance de ter celulite. Além dos fatores hereditários existe e tendência relacionada ao hormônio feminino que predispõe uma retenção de líquido, as trocas do tecido vão piorando gradativamente, vai havendo uma má irrigação e uma alteração dos vasos desse tecido e também há uma questão relacionada a célula gordurosa que é uma célula hipertrofiada e com maior dificuldade de metabolização da gordura. Tudo isso associado faz com que a celulite possa aparecer.


Pesquisar mais textos:

Bell Bellucci

Título:MELHORES CREMES PARA PELE DERMATOLOGICAMENTE TESTADOS E APROVADOS

Autor:Bell Bellucci(todos os textos)

Imagem por: Victor Bezrukov

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios