Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > 6 Dicas do que você pode fazer agora para melhorar sua vida financeira

6 Dicas do que você pode fazer agora para melhorar sua vida financeira

Categoria: Outros
Comentários: 7
6 Dicas do que você pode fazer agora para melhorar sua vida financeira

A promessa de melhorar a sua situação financeira é o tipo de declaração grandiosa que normalmente acompanha as resoluções de Ano Novo. Felizmente, no entanto, na verdade, atingir esta meta poderia estar entre os objetivos mais tangíveis sobre a lista deste ano que já está quase na metade.

Melhore a sua vida financeira hoje, tomando medidas eficientes com as dicas a seguir:

1 - Eduque-se
Você sabe qual é a taxa de imposto sobre as vendas em seu estado? Quantas vezes você tira seus extratos bancários; você sabe o que todos os termos de sua declaração significa? Você não pode fazer decisões financeiras, se você não sabe nada sobre finanças, de modo a ter tempo para pegar o telefone e ligar para o seu banco, pegar um livro na biblioteca ou passar algum tempo on-line regularmente promove a sua educação financeira.

2 – Salve-se
Termine esta frase: ". _____ Um centavo é um centavo ganho" Você adivinhou: salva! Um centavo poupado é um centavo ganho, que vai em direção a sua conta do mantimento, para financiar uma viagem, colocar gasolina em seu carro, ou fornecer para uma criança.

3 - Diversifique os investimentos
Como você constrói a sua poupança, criando uma saudável mistura de líquido (ou seja, pode chegar dentro de um dia, em caso de emergência) e estáticos (coisas que levaria mais tempo para lucrar com) investimentos. Um bom conselheiro financeiro pode falar com você através de orientar em como construir contas de ações, fundos mútuos, ou investir em terra, uma casa, ou o seu próprio negócio.

4 - Pague suas dívidas
Devo nada a ninguém? Livre-se da dívida colocando-a como sua prioridade. Se você não tem certeza por onde começar, ou como não fazer mais dívidas, procure ajuda especializada. Então, esforce-se a fundo para encontrar a disciplina para realizar seu plano.

5 - Veja o que você coloca em sua boca
Você sabe o preço de cada compra que faz em uma das lojas locais que frequenta para comer? Não? Tempo para uma viagem de campo! Faça do supermercado o seu agregado familiar e conheça os preços. Também não desperdice alimentos, compras com comidas, jamais.

6 - Passe longe da televisão.
Quanto você gasta com assinaturas de satélite ou outro de televisão a cada ano? Quanto tempo você gasta assistindo televisão? O que mais você poderia fazer com essa quantidade de dinheiro? De que outra maneira você poderia ganhar dinheiro, com essa quantidade de tempo "extra" a cada semana? Abaixe o controle remoto. Afaste-se.


Rua Direita

Título: 6 Dicas do que você pode fazer agora para melhorar sua vida financeira

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

653 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 7 )    recentes

  • Yuri SilvaYuri

    13-08-2014 às 01:09:43

    É tão bom quando não temos dívidas na nossa vida. Também é bom não confiar em ter cartões de crédito e nem de lojas. Nossa, é muito ruim para quem não sabe controlar-se!

    ¬ Responder
  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    01-05-2014 às 15:26:37

    Adorei as dicas e tenho feito todas essas 6 dicas de como melhorar a vida financeira. Estou muito feliz com os resultados, realmente, ter uma boa saúde financeira é fundamental na vida. Digo que força, disciplina, foco, constância e abrir mão de algumas regalias são hábitos que te levarão ao sucesso em todas as áreas e não apenas com dinheiro.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoJosé

    25-04-2014 às 11:10:22

    Muito bom, mas será que resulta? Eu tentei e não tive bons resultados, pode dar mais dicas?

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    25-04-2014 às 17:05:47

    A Rua Direita agradece e recomenta que siga estas estratégias:
    1) Pegue um caderninho e anote seus alvos para aquele mês e persiste em conseguir;
    2) Tente outras formas de ganhar um extra. Produza algo, venda alguma coisa, etc;
    3) Evite sair por algum tempo. Você vai perceber que seu dinheiro vai aparecer!
    4) Não faça novas compras enquanto sua vida financeira estiver equilibrada;
    5) Pague tudo à vista, evite ao máximo o cartão de crédito, principalmente, das lojas.
    Espero ter ajudado!

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    25-04-2014 às 16:55:53

    Que bom! A Rua Direita agradece e fica feliz.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãofernando

    25-04-2014 às 10:29:37

    adorei texto sobre 6 Dicas do que você pode fazer agora para melhorar sua vida financeira, e a que eu pratico mais é Passe longe da televisao

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    25-04-2014 às 16:54:55

    Que bom! A Rua Direita agradece e fica feliz.

    ¬ Responder

Comentários - 6 Dicas do que você pode fazer agora para melhorar sua vida financeira

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os descendentes de Eça

Ler próximo texto...

Tema: Literatura
Os descendentes de Eça\"Rua
Recentemente, por via da comunicação social, soubemos da entrega do prémio Leya, a um trineto de Eça de Queirós. Julgo que bastou essa noticia, para que todos ficássemos curiosos sobre os seus descendentes…esse mistério, como o Mistério da Estrada de Sintra, começou a adensar-se entre quem se interessa por estas coisas da literatura e da genealogia…então aqui deixo algumas notas que poderão ser importantes para quiçá, um dia, um qualquer jornalista, ou editor, se lembre, de conseguir reunir todos os seus descendentes vivos e se tire uma fotografia de família.

José Maria Eça de Queirós, escritor pródigo da nossa nação, contraiu matrimónio em 1886, com Emília de Castro Pamplona Resende, condessa de Resende, deixando à data de sua morte, em Paris, quatro filhos como seus descendentes e herdeiros diretos; foram eles António Eça de Queirós, Maria Eça de Queirós, Alberto Eça de Queirós e José Maria Eça de Queirós; portanto três meninos e uma menina.
Através do site Geneall.net, foi possível perceber as linhas genealógicas que se seguiram aos seus filhos. No entanto, nem todos os nomes dos seus bisnetos e trinetos estão aí presentes, com certeza por motivos de ordem pessoal, de resguardo da privacidade, motivos que não podemos questionar. Porém, é possível, pelo menos determinar a existência desses membros da família queirosiana.

De antemão sabemos que não houve descendência por parte de dois dos seus filhos, António Eça de Queirós e de Alberto Eça de Queirós.
Maria Eça de Queirós teve dois filhos, uma menina e um menino, porém a menina morreu muito nova, ficando apenas o menino, de seu nome Manuel Pedro Benedito de Castro, que mais tarde casou com Maria da Graça Salema de Castro, a mulher que se tornou a primeira diretora da Fundação Eça de Queirós, na casa de Tormes, pertença da família da esposa de Eça de Queirós. Como Manuel Pedro Benedito de Castro não teve filhos, sabemos que por este ramo, terminou a descendência do escritor.

Convém, entretanto, acrescentar aqui uma curiosidade. Depois do regresso a Portugal da viúva de Eça, ela e os filhos, foram residir para a casa da Granja, pertencente à família de Sophia de Mello Breyner. Inicialmente como esta casa costumava ser arrendada pela família de Sophia, Emília de Castro, arrendou-a, vindo a compra-la uns anos depois. Portanto, é aqui nesta casa que ela cria os seus filhos, e é onde, José Maria Eça de Queirós, um dos seus filhos, permanece após a sua morte, tendo criado aqui os seus filhos e netos, e tendo aqui também falecido.

Podemos então seguramente afirmar que a sua grande linha de descendência parte do seu filho, com o mesmo nome, José Maria Eça de Queirós, que teve também ele, atente-se à curiosidade, quatro filhos, neste caso, ao inverso, um menino, e três meninas, respetivamente de seus nomes, Manuel Eça de Queirós, Maria das Dores Eça de Queirós, Matilde Maria de Castro de Eça de Queirós e Emília Maria de Castro Eça de Queirós. Esta ultima, Emília, teve ao que consta nove filhos, sendo que um deles, Afonso Maria Eça de Queirós Cabral, é quem atualmente preside à Fundação acima citada, depois da morte da primeira presidente, referida atrás, Maria da Graça Salema de Castro.

Manuel Eça de Queirós por sua vez teve seis filhos, Maria das Dores Eça de Queirós teve três filhos, e Matilde Maria de Castro de Eça de Queirós, dois filhos. Somados, contabilizamos vinte, os bisnetos do famoso escritor. Seria interessante avançar um pouco mais nos ramos genealógicos e aflorar quem são ou pelo menos, quantos são os trinetos e tetranetos de Eça, por conseguinte fica aqui o desafio, pois é certo que porventura alguns destes descendentes não se conhecem, e nunca terão trocado qualquer impressão sobre o seu ascendente, para uns, bisavô, para outros trisavô, e ainda para outros, tetravô.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Os descendentes de Eça

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios