Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Saiba como se proteger melhor das ameaças da internet

Saiba como se proteger melhor das ameaças da internet

Categoria: Informática
Visitas: 6
Comentários: 7
Saiba como se proteger melhor das ameaças da internet

O antivírus, em algumas situações, não é mais suficiente para se proteger na internet.

Segundo o gerente de varejo da Kaspersky, ameaças digitais, fraudes e tentativas de invasões que costumamos ouvir nos noticiários não podem ser chamadas de vírus. Às vezes, nem estão dentro da máquina do usuário. Sites falsos na internet podem trazer mais problemas que vírus, e nessa situação, somente o antivírus não ajudará a prevenir esse mal.

Nos dias de hoje, as empresas de segurança online afirmam que para ter segurança na internet, um antivírus atualizado não é suficiente. As chamadas suítes de segurança são as novas ferramentas contra os criminosos cybernéticos.

Essas suítes de segurança são softwares que protegeram você de vírus, spywares, downloads de aplicações maliciosas, ataques remotos, navegação por sites perigosos e realizam até filtragem de e-mails. Principalmente para quem tem o hábito de utilizar a internet para acessar o banco e realizar transações, somente com o antivírus é bastante arriscado, pois muitos hackers criam páginas falsas de bancos para induzir você a acessá-las. Isso poderá lhe trazer prejuízos e muitos antivírus não são capazes de proteger você nessas situações.

Conforme o gerente da Kasperskay, a melhor forma de se assegurar na internet é a segurança em camadas. A suíte de segurança proporciona isso, pois ela protege de várias formas o computador, criando várias camadas de proteção. A união dessas camadas trará uma segurança eficaz e forte.

Há também a proteção em nuvem (cloud security), uma nova ferramenta das empresas de segurança cybernética. Softwares com essa especialidade, ao detetar algum arquivo suspeito, farão uma consulta na nuvem. Se for um malware, ele irá acusar e não executará o arquivo.

Ou seja, ele consultará na internet por informações sobre um determinado arquivo e se for detetado que o arquivo é malicioso, ele irá reportar para o usuário, dispensando a necessidade de atualizar sempre o antivírus, pois ele buscará tudo na nuvem.

Além dos suítes de segurança e dos antivírus que trabalham em nuvem, se você mantiver seu sistema operacional e seu navegador atualizados, suas chances de ser infetado por alguma ameaça será bastante pequena. Se estiver utilizando vários softwares de segurança, será ainda mais eficaz sua segurança contra os malwares.

Uma última consideração sobre a segurança virtual. De preferência para antivírus nacionais, pois se você necessitar de suporte em alguma ocasião terá várias formas de recorrer a isso.

Mas se utilizar antivírus estrangeiros, não poderá recorrer ao 0800 ou telefone local por ser de outro país.

Existem muitos softwares de segurança bons e gratuitos na internet. O mesmo para os antivírus, pois basta uma pesquisa rápida e você conseguirá escolher os melhores para suas necessidades e ficará protegido contra os criminosos da internet.



Lucas Souza

Título: Saiba como se proteger melhor das ameaças da internet

Autor: Lucas Souza (todos os textos)

Visitas: 6

766 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 7 )    recentes

  • SophiaSophia

    06-05-2014 às 21:21:07

    Essas ferramentas em nuvem são uma das melhores formas de supostos ataques de hackers e nem tudo está seguro. O melhor é tentar se proteger de um jeito e de outro!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Lucas SouzaLucas Souza

    08-10-2012 às 20:03:06

    Sem instalação, sem segredos: Apesar de não ser difícil de utilizar, o ComboFix é um programa que requer muita cautela, porque trabalha diretamente com o registro do Windows e pode causar danos em alguns casos. Usuários mais avançados não devem ter dores de cabeça ao utilizar o programa, mas novatos podem se assustar ao verificar que o ComboFix instala (ele baixa automaticamente e instala-o apenas com sua permissão) o aplicativo de restauração do Windows.

    ¬ Responder
  • Lucas SouzaLucas Souza

    08-10-2012 às 19:41:21

    Sem instalação, sem segredos: Apesar de não ser difícil de utilizar, o ComboFix é um programa que requer muita cautela, porque trabalha diretamente com o registro do Windows e pode causar danos em alguns casos. Usuários mais avançados não devem ter dores de cabeça ao utilizar o programa, mas novatos podem se assustar ao verificar que o ComboFix instala (ele baixa automaticamente e instala-o apenas com sua permissão) o aplicativo de restauração do Windows.

    ¬ Responder
  • Lucas SouzaLucas Souza

    08-10-2012 às 19:30:58

    Vacinado - Além de corrigir falhas de segurança pré-existentes, o Spybot Search & Destroy também pode gerar arquivos modelo que servem de referência na proteção do computador. Em “Imunizar”, o programa gera métodos dentro da programação nos navegadores que você tiver instalados em seu computador, para prevenir ataques e outras ameaças vindas de páginas com código mal-intencionado. Bem, se você gostou desse software, no site baixaki.com, onde coletei essas informações, você poderá baixa-lo gratuitamente. Confira!

    ¬ Responder
  • Lucas SouzaLucas Souza

    08-10-2012 às 19:29:42

    Cópias de segurança - Os backups de sistema são ferramentas essenciais quando se fala em segurança. Cópias de arquivos antes de qualquer alteração, estados originais de configurações e outros elementos desse tipo podem (e devem) ser guardados para uma eventual emergência. O Spybot Search & Destroy cria, antes de cada verificação, cópias de segurança do sistema automaticamente. Programa muito útil esse, que pode ajudar imensamente na proteção de sua máquina. Confira mais alguns detalhes importantes!

    ¬ Responder
  • Lucas SouzaLucas Souza

    08-10-2012 às 19:26:37

    Contraespionagem - A opção “Seach & Destroy” ("busca e destruição") realiza um exame do computador para encontrar códigos maliciosos em arquivos de sistema como as DLLs. Depois de terminada a varredura, uma lista com os resultados é exibida. Entradas em verde mostram rastros de utilização normal do computador, e podem ser mantidos sem problema. Já os itens mostrados em vermelho indicam resultados potencialmente maliciosos: spywares ou falhas de privacidade, como cookies de rastreio. Tem mais!

    ¬ Responder
  • Lucas SouzaLucas Souza

    08-10-2012 às 19:24:11

    Dicas de mais softwares para ajudar na segurança: Os spywares (programas espiões) são conhecidos por entrar nos sistemas e permanecerem indetectados enquanto realizam operações indevidas no computador. O Spybot Search & Destroy utiliza várias ferramentas de análise e verificação de código para descobrir as ameaças que existem nos seus arquivos e depois eliminá-las. A interface do programa é básica, já que seu valor não se encontra nos gráficos e sim na capacidade de suas funções.

    ¬ Responder

Comentários - Saiba como se proteger melhor das ameaças da internet

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios