Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Eventos > Curiosidades Sobre Os Jogos Olímpicos Desde A Antiguidade

Curiosidades Sobre Os Jogos Olímpicos Desde A Antiguidade

Categoria: Eventos
Visitas: 2
Curiosidades Sobre Os Jogos Olímpicos Desde A Antiguidade

Um dos eventos mais emocionantes do mundo inteiro, sem dúvida, são os jogos olímpicos. Desde sua memorável estreia há muitos anos em Olímpia, na Grécia, ele vem sendo uma das atrações mais animadas. Quem não gosta de ficar assistindo as competições de seu esporte favorito e torcendo para que seu país conquiste as medalhas de ouro, prata e bronze? É um momento único e anual que fica guardado na memória dos esportistas e também dos torcedores.

É muito bom saber algumas de suas curiosidades, pois assim é possível ficar por dentro do que envolve os jogos olímpicos. Também é interessantes descobrir que por trás de cada símbolo, ritual, organização e como ele é planejado, há um grande significado para os países que o compõem e os esportes destacados durante o evento. Então, fique atento à essas curiosidades a seguir:

Curiosidades Sobre Os Jogos Olímpicos


- O evento iniciou em 776 a.C em Olímpia, na Grécia. Mas, o evento ficou parado em 392 a.C e só retornou em 1896(1500 anos depois) em Atenas, na Grécia como um início da Era Moderna. E desde lá está ocorrendo a cada 4 anos;

- A tocha simboliza a união entre os jogos da antiguidade e da Era Moderna;

- Os aros olímpicos representam a união dos 5 continentes;

- Olimpíadas é o período de 4 anos que separa as edições dos jogos de verão;

- Respeito, amizade e excelência são os valores do movimento olímpico;

- Já foram realizadas 28 edições do jogos de verão: América do Norte foram 6; Europa foram 17; Ásia foram 3; Oceania foram 2;

- Na antiguidade, os jogos olímpicos eram considerados um ritual pagão e de culto a Zeus. E, por isso houve a parada em 392 a.C. Foi através do francês Barão Pierre de Courbetin que criou um novo modelo muito mais moderno das olimpíadas. Uma filosofia que coloca o esporte a serviço da humanidade;

- O lema dos jogos olímpicos em latim: “Citius, Altius, Fortius” quer dizer: “Mais rápido, mais alto e mais forte” traz a essência da superação dos limites;

- Em 2016 acontecerá o primeiro jogo olímpico na América do Sul, no Brasil, no Rio de Janeiro.


Yuri Silva

Título: Curiosidades Sobre Os Jogos Olímpicos Desde A Antiguidade

Autor: Yuri Silva (todos os textos)

Visitas: 2

497 

Comentários - Curiosidades Sobre Os Jogos Olímpicos Desde A Antiguidade

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A arte de trabalhar a madeira

Ler próximo texto...

Tema: Serviços Construção
A arte de trabalhar a madeira\"Rua
A carpintaria constitui, digamos assim, a arte de trabalhar a madeira. É claro que, de acordo com o produto final, se percebe bem que uns carpinteiros são mais artistas do que outros…

Às vezes nem se trata tanto dos pormenores, mas mesmo de desvirtuar o que era a ideia inicial e constava da encomenda. Mal comparado, quase se assemelha à situação daquela aspirante a costureira que pretendia fazer uma camisola para o marido e, no fim, saíram umas calças!

Na construção civil, a madeira é utilizada para diversos fins, temporários ou definitivos. Na forma vitalícia (esperam os clientes!) incluem-se estruturas de cobertura, esquadrias (portas e janelas), forros, pisos e edifícios pré-fabricados.

Quase todos os tipos de madeira podem ser empregues na fabricação de móveis, mas alguns são preferidos pela sua beleza, durabilidade e utilidade. É conveniente conhecer as características básicas de todas as madeiras, como a solidez, a textura e a côr.

Ser capaz de identificar o género de madeira usado na mobília lá de casa pode ajudar a determinar o seu real valor. Imagine-se a possibilidade de uma cómoda velha, que estava prestes a engrossar o entulho para a recolha de lixo, ter sido feita com o que hoje se considera uma madeira rara.

É praticamente equivalente a um bilhete premiado do Euromilhões, dado que se possui uma autêntica relíquia! Nestes casos, a carpintaria entra na área do restauro e da recuperação. Afinal, nem tudo o que é velho se deita fora…

Por outro lado, as madeiras com textura mais fraca são frequentemente manchadas para ganhar personalidade. Aqui há que remover completamente o acabamento para se confirmar a verdadeira natureza da madeira.

É assim também com muita gente: tirando a capa, mostram-se autenticamente. Mas destes, nem um artificie com “bicho-carpinteiro” consegue fazer nada…!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:A arte de trabalhar a madeira

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    23-09-2014 às 13:23:35

    Uma excelente técnica que penso ser muito bonito e sofisticado. A arte de trabalhar madeira está sempre em desenvolvimento e crescimento.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    01-06-2014 às 05:18:46

    É ótimo o trabalho com a madeira. Pode-se perceber grandes obras que se faz com ela. Realmente, é uma verdadeira arte!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios