Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Biografias > D. João IV, o Restaurador

D. João IV, o Restaurador

Categoria: Biografias
Visitas: 30
D. João IV, o Restaurador

Filho de D. Teodósio, 7º duque de Bragança, e de D. Ana de Velasco, D. João IV nasceu a 19 de Março de 1604, em Vila Viçosa. Casou com D. Luísa de Gusmão, filha do duque de Medina-Sidónia, com 19 anos, em Elvas a 12 de Janeiro de 1633. Tiveram muitos filhos: D. Teodósio, em 1634, D. Ana, em 1635, D. Joana, em 1636, D, Catarina, em 1638, D, Manuel, em 1640, D. Afonso, em 1643 e D. Pedro, em 1648. Tal como outros reis da História de Portugal, D. João IV também não foi fiel à sua mulher. Teve pelo menos uma filha bastarda, D. Maria.

O crescente descontentamento com a dinastia filipina, originou a revolta dos civis, apoiando desta maneira D. João para seguir na linha de sucessão ao trono português. A 1 de Dezembro de 1640, deu-se a Restauração. A 6 de Dezembro, D. João chegou a Lisboa, e a 15 deste mesmo foi aclamado rei no Terreiro do Paço.

«Sábado, primeiro de Dezembro de 1640 (dia memorável para as idades futuras), a nobreza da Cidade de Lisboa, para remédio da ruína em que se via, e ao Reino todo, aclamou por Rei o duque de Bragança Dom João, príncipe begniníssimo, magnânimo, fortíssimo, piedoso, prudente, nos trabalhos incansável, no governo atento, no amor da república cuidadoso, de seu acrescentamento ardentíssimo, e vigilante, legítimo sucessor do Império Lusitano.»

Com a morte de D. Teodósio a 13 de Maio de 1653, trouxe alguns problemas aos monarcas, pois D. Afonso, segundo na linha de sucessão, não tinha as condições necessárias para assegurar o governo de um reino recentemente conquistado.

D. João IV faleceu a 6 de Novembro de 1656. D. Luísa de Gusmão ficou como regente do reino até D. Afonso atingir a maioridade. Entretanto, tentou, por várias vias, sugerir D. Pedro, como o próximo rei, nomeadamente, dando-lhe o mesmo tratamento, que se dava um rei. De facto, o seu destino estava traçado. Viria a ser rei após tirar o seu irmão do caminho que o levava ao trono português. D. Afonso não ignorou as predilecções da mãe com o seu irmão, ordenando-lhe que se recolhesse longe da corte.


Daniela Vicente

Título: D. João IV, o Restaurador

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 30

638 

Comentários - D. João IV, o Restaurador

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Raio Mata Três Pessoas No Brasil

Ler próximo texto...

Tema: Segurança
Raio Mata Três Pessoas No Brasil\"Rua
No dia 07 de novembro de 2014, três pessoas acabaram morrendo em decorrência de raios após as vítimas serem socorridas, mesmo depois de bastante tempo tentando reanimá-las.

Os três homens deram entrada no hospital com parada cardiorrespiratória e com muitas queimaduras. Esse incidente aconteceu na zona leste de São Paulo, as vitimas trabalhavam com ferro velho.

O Brasil é o país onde os raios estão mais presentes no mundo. São mais de 50 milhões de raios por ano. Esses raios atingem mais pessoas na zona rural, porém nas áreas urbanas ocorrem também só que com menos frequência.

Há pessoas que falam que raios não ocorrem duas vezes no mesmo lugar, mas isso é improvável, eles ocorrem sim! Tanto que nos últimos séculos, as tempestades aumentaram 90% por causa do aquecimento do planeta devido ao asfalto, que é uma das formas de poluição.

Alguns cuidados, nesses momentos, são importantes como: não ficar em área aberta, não usar o telefone e se vir uma tempestade, então permaneça no carro.

Os raios ocorrem no Brasil porque é um país tropical e de muito calor, por isso está em primeiro lugar em queda de raios. Nesse mesmo ano de 2014, um rapaz morreu usando o computador. Ele recebeu a eletricidade no momento em que o raio caiu na antena.

O estado de São Paulo lidera em quedas de raios. Um raio dura em média 1 segundo, e a queda de raios acontece por uma descarga elétrica que produz nuvens de chuva. Os relâmpagos ocorrem entre as nuvens e os raios pelo solo.

Algumas regiões tem tendência de cair mais raios, a descarga é visível a olho nu e é um fenômeno que produz um clarão. As mortes mais frequente são nas áreas urbanas, por isso não é seguro se proteger em baixo de árvores.

Pesquisar mais textos:

Gislene Santos Sousa

Título:Raio Mata Três Pessoas No Brasil

Autor:Gislene Santos Sousa(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios