Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Biografias > Alberto Sampaio

Alberto Sampaio

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Biografias
Alberto Sampaio

Alberto sampaio nasceu em Guimarães em 1841, mais concretamente na rua dos Mercadores.
Foi batizado, na igreja da Colegiada de Nossa Senhora da oliveira e a sua infância decorreu entre Guimarâes, e Vila Nova de Famalicão, onde o pai era proprietário de uma quinta., chamada quinta de Boamense.

Fez os seus estudos primários no colégio de Landim, juntamente com o seu irmão, José.
Seguidamente, fez os seus estudos na cidade de Braga, tendo depois partido para Coimbra com 17 anos de idade, matriculando-se na Faculdade de Direito.

Foi aí que teve oportunidade de conviver com os intelectuais da Geração de 70, onde foi comtemporâneo de João de Deus, Teófilo Braga, Eça de queirós, Guerra Junqueiro e Antero de quental, com o qual manteve uma fraterna amizade.

Alberto Sampaio tentou a carreira de advocacia, mas não consehuiu adaptar-se. Deste modo regressou para o Minho, e repartiu a sua vida entre Guimarâes e Boamense.

Em Guimarâes, ocupou o lugar de guarda-livros, no banco comercial. Aqui teve oportunidade de conviver com Martins sarmento, a quem o ligavam grandes afinidades culturais e de quem se tornou grande amigo.

Sempre empenhado em promover a indústria vimaranense, foi a alma impulsionadora da exposição industrial de Guimarâes, e o principal autor do seu relatório.

Distingue-se por ser uma pessoa que sempre defendeu os interesses locais da sua terra natal, onde foi muito estimado.

Morreu com a idade de 67 anos, na sua quinta de Boamense, em 1908.

Além de ter desempenhado cargos e feito muito pela sua terra, ainda deixou um bom legado cultural, da história regional.

Na verdade, acabou por se especializar em História, onde aprendeu a globalidade da história nacional.

Aprendeu ainda a história da região nortenha, a economia rural e as atividades costeiras da mesma região.

Nas suas investigações, não descuidou as suas origens remotas, que permaneceram imutáveis, através dos séculos.

Como era um apaixonado pela terra, aprofundou conhecimentos agrícolas, chegando a colaborar com o ministro da agricultura, na elaboração de projetos.

Os estudos e investigações que fazia eram publicados em jornais e revistas da época, destacando-se os "Estudos históricos e Económicos.

Além destas obra, redigiu outras, que foram um marco na História da època em que o viu nascer.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Alberto Sampaio

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 0

605 

Comentários - Alberto Sampaio

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios