Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Arte > A Arte E A Sociedade

A Arte E A Sociedade

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Arte
Visitas: 2
A Arte E A Sociedade

Hoje em dia, quando falamos em arte, já não temos, em geral, uma ideia de “inutilidade”. No entanto, esta continua a ser maioritariamente vista de um ponto de vista estético.
Para termos a consciência da importância da arte hoje em dia, temos que responder à seguinte pergunta: o que é a arte?

O que é, afinal, a arte?
A arte, em definição geral, é uma criação humana que se define pela beleza e rigor a ela inerente. No entanto, com o Modernismo, esta conceção de arte algo clássica, alterou-se. Artistas como Polock e Malevich criaram obras abstratas, que nada tinham a ver com a conceção clássica do belo. Por outro lado, também o design abriu as portas para uma discussão do conceito de beleza e, por consequência, do conceito de arte.
Mas qual é exatamente a importância da arte nos dias de hoje?

A arte como meio de despertar consciências
A arte sempre foi uma atividade tanto prática como intelectual, tanto livre como pensada ao milímetro em termos de públicos e funcionalidades; mas sobretudo a arte sempre foi um meio de despertar consciências. Vemo-lo em revoluções através de cartazes, em reformas sociais, com as artes feministas do século XIX e em toda uma panóplia de casos.
Este facto deve as suas bases ao pormenor de a arte ser, em suma, uma atividade de comunicação e expressão de ideias e conteúdos, e até mesmo de emoções. Ao afetar-nos de um modo estranhamente profundo, a arte faz-nos pensar, refletir acerca de nós e do que nos rodeia.

A arte e a psicologia
Como já foi dito, a arte afeta-nos de um modo pungente. Este modo de atuação sobre nós interfere com a nossa psicologia, revelando-a e moldando-a.
Por exemplo, o Surrealismo, movimento do Modernismo, foi uma fase onde ocorreu uma interação profunda da arte com a psicologia. Os surrealistas, como Salvador Dali, pintavam sonhos, alucinações e devaneios, revelando assim a sua psicologia interna. No entanto, os desenhos que resultavam eram muitas vezes altamente chocantes ou tocantes, o que acabava por provocar reações específicas em cada tipo de recetor.

A arte como pilar no dia a dia
Pense por um minuto: quantas coisas consegue enumerar que não tenham interação da arte?
A resposta, provavelmente, é zero.
Se olhar à sua volta, qualquer produção humana tem em qualquer momento do seu processo construtivo uma parte artística. Um prédio é desenhado por um arquiteto. Uma colher é projetada por um designer. E o computador que está a utilizar foi criado por um engenheiro… mas se não fosse o exterior (a caixa), ele não poderia funcionar. E quem desenhou essa caixa? Um designer, claro!

Em suma, podemos assumir que a arte tem um papel crucial nas nossas vidas. Sem ela a maioria das coisas que temos não existia, e a nossa qualidade de vida seria substancialmente pior.


Patrícia Carvalho

Título: A Arte E A Sociedade

Autor: Patrícia Carvalho (todos os textos)

Visitas: 2

639 

Comentários - A Arte E A Sociedade

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Utilidades Domésticas
Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!\"Rua
O seguro desemprego é instituído pela Lei Nº 7.998, de 11 de janeiro de 1990 e que tem por finalidade prover a assistência financeira temporária ao trabalhador desempregado sem justa causa. Foi sancionado pelo presidente da República do Brasil e também é regido pela Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT.

Este benefício é concedido a todo e qualquer trabalhador que foi dispensado apenas em regime de sem justa causa ou quando houver acordo judicial e o juiz autorizar o pagamento devido ao ex-trabalhador da empresa.

Sua duração é de 3(três) a 5(meses) de forma contínua e dependerá do tempo em que ficou empregado. O valor mensal é calculado conforme o que o trabalhador ganhava durante o período em que estava empregado.

Essa assistência financeira e temporária tem algumas regras, por isso, é muito importante conhecê-la antes mesmo de solicitá-la nos órgãos responsáveis.

Para ter direito ao benefício:


- Precisa ter a carteira devidamente assinada da empresa;
- Ter trabalhado durante 6 meses na empresa (no mínimo);
- Não ter recebido esse benefício no período de 16(dezesseis) meses ininterruptos;
- Ter sido dispensado sem justa causa.

Quem tem direito ao benefício:


- Os trabalhadores demitidos sem justa causa;
- O pescador artesanal; e
- O empregado doméstico, desde que o empregador esteja recolhendo o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS).

Como solicitar – Passo a passo:


1) Dirija-se à qualquer Caixa Econômica Federal ou ao M.T.E (Ministério do Trabalho e Emprego) da sua cidade munidos dos seguintes documentos:
- Rescisão contratual, carteira de trabalho devidamente dado baixa com a data de saída e assinada e carimbada pela empresa, as duas vias do seguro desemprego preenchido e fornecido pela empresa, cartão do PIS/PASEP ou o cartão cidadão, extrato do recebimento do pagamento do FGTS, comprovante de residência e os últimos 3 (três) contra-cheques;
2) Entregue todos esses documentos ao atendente. Eles vão fornecer o protocolo de entrada do seguro desemprego, vão lhe dizer quantas parcelas você tem direito e a data que você receberá a primeira (30 dias).

Bem, apenas isso e agora é só esperar para o recebimento do pagamento das parcelas. Para consultar, acesse este link: http://granulito.mte.gov.br/sdweb/consulta.jsf
Digite com seu número de PIS/PASEP e logo abaixo com o código no visor e clique em consultar. Vai abrir outra tela com as informações das parcelas.

Pesquisar mais textos:

Briana Alves

Título:Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Autor:Briana Alves(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios