Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Memória RAM: O que é?

Memória RAM: O que é?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Informática
Visitas: 6
Memória RAM: O que é?

Para que o computador funcione e realize diversas atividades, são necessários vários componentes diferentes trabalhando em conjunto. Você já deve ter ouvido falar que o processador funciona como um cérebro para o computador, mas ele não possui uma grande memória.

Dessa forma, a RAM é a responsável para guardar temporariamente as informações importantes que o processador irá utilizar ou está utilizando em determinada tarefa, fazendo com que seja executada com maior rapidez. Esclarecendo, qualquer aplicativo que será executado necessitará guardar alguns arquivos e informações em algum lugar, para isso existe a memória RAM.

Com funciona
Um detalhe entre a memória RAM e as demais existentes é que ela armazena dados e informações temporariamente, diferente dos HDs e memórias flesh. Quando você desligar seu computador, tudo que estava guardado na RAM será apagado. Quando ligá-lo outra vez, a memória estará livre e começará a guardar informações novamente, repetindo o ciclo.

Além disso, ela também possui um sistema de armazenamento diferente das outras memórias. Ela não guarda as informações em uma sequência específica, mas sim aleatoriamente. Isso faz com que as tarefas ocorram mais rapidamente, pois os outros periféricos do computador poderão utilizar qualquer informação de seu conteúdo facilmente.

Velocidade e Qualidade

Quanto mais memória RAM seu computador tiver, mais programas você poderá utilizar ao mesmo tempo. Para quem gosta de jogos, isso é fundamental, pois esse tipo de aplicação sempre necessita guardar muitas informações enquanto está funcionando, trabalhando em conjunto com o processador e a placa de vídeo.

Como a RAM é utilizada para armazenamento temporário, não é necessário à capacidade que os atuais HDs possuem. A escolha dessa característica vai de acordo com os softwares que serão utilizados e o sistema operacional da máquina em questão, tendo em vista que programas e sistemas mais robustos necessitaram de maior capacidade da memória.

Outro fator sobre a RAM é a velocidade com que as informações são gravadas e lidas nela. Essa característica é medida em Mhz ou GHz e quanto maior essa especificação, mais rápido será a gravação e leitura das informações contidas nela.

Padrão de memórias RAM

Conforme a evolução da tecnologia, o padrão DDR também evoluiu, sendo hoje mais popular o DDR3. Esse é o utilizado pelas memórias RAMs. Se você não sabe exatamente o que significa esse padrão, confira um artigo no ruadireita que explica isso de forma clara e objetiva.
O próximo padrão que está sendo desenvolvido é o DDR4, que será superior ao DDR3. Muitos outros aparelhos e hardwares utilizam esse padrão de memória, como as placas de vídeo e rede, notebooks, smartphones e outros.


Lucas Souza

Título: Memória RAM: O que é?

Autor: Lucas Souza (todos os textos)

Visitas: 6

639 

Comentários - Memória RAM: O que é?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios