Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Batata – Como Contornar o seu uso - Inclui receita

Batata – Como Contornar o seu uso - Inclui receita

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Batata – Como Contornar o seu uso - Inclui receita

A batata tornou-se quase obrigatória na culinária portuguesa, e apesar de no passado nem existir por estas paragens, hoje parece que já não sabemos viver sem ela. Este item de quase qualquer refeição, versátil presta-se a muitas transformações e tipos de cozinhados, desde cozidos a fritos e sopas variadas. Para além disto as suas qualidades terapêuticas naturais são também de salientar uma vez que ajuda na resolução de problemas bastante vulgares no meio do nosso povo. A batata está assim indicada para redução da tenção arterial, para a prisão de ventre, para diminuir a absorção de colesterol e para proteger contra o cancro do Cólon. É ainda rica em hidratos de carbono (89%).

Apesar da sua versatilidade e dos benefícios para a saúde, a quantidade por nós ingerida tornou-se exagerada uma vez que esta raiz carnuda é altamente calórica. Apesar de estar isenta de gordura, 100 g de produto equivalem a 89 Kcal, e uma batata bem pequena tem estas 100g.

Como solucionar então este problema? Se precisamos reduzir as calorias ingeridas como fazer? Erradicar a batata da nossa alimentação? De modo nenhum, mas porque não reduzir? Porque não substituir a parte excedente por outros hortícolas?

Pois bem, vejamos então que hortícolas podem e bem substituir parcialmente a batata:
A courgette que debita apenas 17 Kcal em cada 100g tem apenas o inconveniente de ter apenas 45% de hidratos de carbono, no entanto é uma excelente arma para perder peso, contando que não seja frita porque absorve muito o azeite, ajuda a digestão, previne a prisão de ventre; está também indicada para problemas de estômago em que se inclui a gastrite.

Também a abóbora, paupérrima em Kcal, apenas 9 em cada 100 g, e esta também rica em hidratos de carbono (68%) ajuda na resolução de problemas da próstata, nos quais se inclui o cancro, é um regulador hormonal pelo que previne a queda de cabelo e o acne bem como sintomas próprios da menopausa; Ajuda ainda com a prisão de ventre e reduz o colesterol. Finalmente a abóbora é excelente como antioxidante.

Assim sugiro q seguinte dosagem para fazer sopa. Coloque numa panela de água duas batatas pequenas (duzentos gramas no conjunto) uma abóbora butternut também conhecida por abóbora manteiga (cerca de quinhentos gramas) e dois courgettes (cerca de quatrocentos gramas), isto em vez de um kg de batatas, junte cebola, alho, tomate, sal e azeite conforme o hábito, deixe cozer. Quando estiver cozido passe com a varinha mágica. Junte feijão verde laminado na quantidade que julgar necessária. Deixe cozer bem e delicie-se. Baixa em calorias, muito saudável e saborosa.


Ana Sebastião

Título: Batata – Como Contornar o seu uso - Inclui receita

Autor: Ana Sebastião (todos os textos)

Visitas: 0

682 

Comentários - Batata – Como Contornar o seu uso - Inclui receita

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios