Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Gravidez: Doenças, cuidados, boas e más acções

Gravidez: Doenças, cuidados, boas e más acções

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Comentários: 1
Gravidez: Doenças, cuidados, boas e más acções

A gravidez, embora sendo um processo natural, requer cuidados especiais, porque, afinal, trata-se de albergar uma nova vida. Neste sentido, as futuras mamãs devem estar atentas aos indícios de algumas doenças que, contraídas durante a gravidez, podem revestir-se de especial gravidade, para elas, para os fetos e para a própria continuidade da gestação.

A listeriose, doença pouco comum, causada pela bactéria Listeria, pode ser mortal para o feto. Para evitar expor-se ao perigo, a grávida apenas deverá comer produtos lácteos pasteurizados e rejeitar verduras cruas cujo adubo tivesse sido o estrume.

A rubéola, passível de provocar malformações fetais, será um motivo de preocupação se a grávida ainda não estiver imunizada (o que se comprova por meio de análises ao sangue). Se for este o caso, há que evitar o contacto com potenciais portadores. De contrário, não é preciso ficar apreensiva.

A toxoplasmose, adquirida no decurso da gestação, é suscetível de afetar o sistema nervoso do ser em desenvolvimento. O melhor é evitar a proximidade com gatos, mormente vadios e comer carnes mal passadas, e, por outro lado, assegurar-se de que a fruta e os legumes são sempre bem lavados. Perante qualquer alteração, não há lugar para hesitações no que respeita a consultar o médico ou ligar para uma linha permanente de saúde.

Planear uma gravidez com saúde significa ter uma gravidez equilibrada e dar saúde ao bebé. A American Pregnancy Association esclarece que o exercício não aumenta o risco de aborto. Nem todos os exercícios são adequados, e o corpo vai dando, naturalmente, sinais de quando é necessário limitar o nível e a intensidade do exercício. Os especialistas dizem que se deve optar pelos exercícios de Kegel, que consistem na contração dos músculos que se usam para parar o fluxo da urina. Fortalecem os músculos do soalho pélvico requeridos durante o parto a auxiliam na prevenção de dificuldades de incontinência resultantes da gravidez.

Os suplementos de ómega 3 são outra boa ideia. Um comité da União Europeia, constituído por mais de 50 especialistas em nutrição, recomenda às mulheres grávidas a toma de um suplemento diário de ácidos gordos essenciais ómega 3. Afirma o referido comité que as gestantes que incorporam DHA na sua alimentação apresentam gravidezes mais saudáveis, os respetivos bebés nascem com um peso mais saudável e com menor tendência de ser prematuros. A dose diária aconselhada de DHA (ómega 3) é de 200 ml. Pode ser encontrado, por exemplo, em peixes como o salmão.

Existem outros nutrientes essenciais, que incluem vitaminas, ácido fólico, cálcio, ferro e zinco. Em acréscimo, também há boas e más ações. A alimentação equilibrada com horários (cada três horas), o controlo do peso, pausas durante o dia, recorrendo a meias de descanso, uma massagem, uma ida ao cinema, passar mais tempo com o parceiro, combatem as alterações de humor. O álcool, o tabaco, a cafeína, peixes com mercúrio e medicamentos aumentam o risco de aborto, pelo que… afaste-os!


Maria Bijóias

Título: Gravidez: Doenças, cuidados, boas e más acções

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

779 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãokaty

    02-03-2013 às 18:38:59

    simpatia simpatia simpatia Simpatia LEIA
    SOZINHO porque no passado eu também
    não acreditava que ia dar certo, mas…
    funciona mesmo!!! Entrei neste site e fiz
    esta prece. Fiz para ver se ia dar certo e
    deu, assim que acabei meu amor ligou. A
    pessoa que eu copiei também não
    acreditava mas para ela também
    funcionou! AGORA VEREMOS…Diga para
    você mesmo o nome do único rapaz ou
    moça com quem você gostaria de estar
    (três vezes)…Pense em algo que queira
    realizar na próxima semana e repita para
    você mesmo (seis vezes).Se você tem um
    desejo, repita-o para você mesmo (Venha
    cá ANJO DE LUZ eu te INVOCO para que
    Desenterre ERSF de onde estiver ou com
    quem estiver e faça ele ME telefonar ainda
    hoje, Apaixonado e Arrependido,
    desenterre tudo que esta impedindo que
    EMC venha para MIM , afaste todas aquelas
    que tem contribuído para o nosso
    afastamento e que ele EMC não pense mais
    nas outras… mas somente em MIM. Que ele
    ME telefone e ME AME. Agradeço por este
    seu misterioso poder que sempre dá
    certo. Amém…).Publique esta simpatia por
    três vezes , basta copiar e colar por três
    vezes em in forum diferente esta simpatia
    abaixo e logo em 48hs você terá uma linda
    surpresa, beijos Ainda esta noite de
    madrugada o TEU amor dará conta de que
    TE ama, algo assim acontecerá entre 1 e 4
    horas da manhã esteja preparada para o
    maior choque de sua vida! Se romper esta
    corrente terá má sorte no amor. Deus vai
    lhe abençoar e sua vida não será mais a

    ¬ Responder

Comentários - Gravidez: Doenças, cuidados, boas e más acções

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os descendentes de Eça

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Literatura
Os descendentes de Eça\"Rua
Recentemente, por via da comunicação social, soubemos da entrega do prémio Leya, a um trineto de Eça de Queirós. Julgo que bastou essa noticia, para que todos ficássemos curiosos sobre os seus descendentes…esse mistério, como o Mistério da Estrada de Sintra, começou a adensar-se entre quem se interessa por estas coisas da literatura e da genealogia…então aqui deixo algumas notas que poderão ser importantes para quiçá, um dia, um qualquer jornalista, ou editor, se lembre, de conseguir reunir todos os seus descendentes vivos e se tire uma fotografia de família.

José Maria Eça de Queirós, escritor pródigo da nossa nação, contraiu matrimónio em 1886, com Emília de Castro Pamplona Resende, condessa de Resende, deixando à data de sua morte, em Paris, quatro filhos como seus descendentes e herdeiros diretos; foram eles António Eça de Queirós, Maria Eça de Queirós, Alberto Eça de Queirós e José Maria Eça de Queirós; portanto três meninos e uma menina.
Através do site Geneall.net, foi possível perceber as linhas genealógicas que se seguiram aos seus filhos. No entanto, nem todos os nomes dos seus bisnetos e trinetos estão aí presentes, com certeza por motivos de ordem pessoal, de resguardo da privacidade, motivos que não podemos questionar. Porém, é possível, pelo menos determinar a existência desses membros da família queirosiana.

De antemão sabemos que não houve descendência por parte de dois dos seus filhos, António Eça de Queirós e de Alberto Eça de Queirós.
Maria Eça de Queirós teve dois filhos, uma menina e um menino, porém a menina morreu muito nova, ficando apenas o menino, de seu nome Manuel Pedro Benedito de Castro, que mais tarde casou com Maria da Graça Salema de Castro, a mulher que se tornou a primeira diretora da Fundação Eça de Queirós, na casa de Tormes, pertença da família da esposa de Eça de Queirós. Como Manuel Pedro Benedito de Castro não teve filhos, sabemos que por este ramo, terminou a descendência do escritor.

Convém, entretanto, acrescentar aqui uma curiosidade. Depois do regresso a Portugal da viúva de Eça, ela e os filhos, foram residir para a casa da Granja, pertencente à família de Sophia de Mello Breyner. Inicialmente como esta casa costumava ser arrendada pela família de Sophia, Emília de Castro, arrendou-a, vindo a compra-la uns anos depois. Portanto, é aqui nesta casa que ela cria os seus filhos, e é onde, José Maria Eça de Queirós, um dos seus filhos, permanece após a sua morte, tendo criado aqui os seus filhos e netos, e tendo aqui também falecido.

Podemos então seguramente afirmar que a sua grande linha de descendência parte do seu filho, com o mesmo nome, José Maria Eça de Queirós, que teve também ele, atente-se à curiosidade, quatro filhos, neste caso, ao inverso, um menino, e três meninas, respetivamente de seus nomes, Manuel Eça de Queirós, Maria das Dores Eça de Queirós, Matilde Maria de Castro de Eça de Queirós e Emília Maria de Castro Eça de Queirós. Esta ultima, Emília, teve ao que consta nove filhos, sendo que um deles, Afonso Maria Eça de Queirós Cabral, é quem atualmente preside à Fundação acima citada, depois da morte da primeira presidente, referida atrás, Maria da Graça Salema de Castro.

Manuel Eça de Queirós por sua vez teve seis filhos, Maria das Dores Eça de Queirós teve três filhos, e Matilde Maria de Castro de Eça de Queirós, dois filhos. Somados, contabilizamos vinte, os bisnetos do famoso escritor. Seria interessante avançar um pouco mais nos ramos genealógicos e aflorar quem são ou pelo menos, quantos são os trinetos e tetranetos de Eça, por conseguinte fica aqui o desafio, pois é certo que porventura alguns destes descendentes não se conhecem, e nunca terão trocado qualquer impressão sobre o seu ascendente, para uns, bisavô, para outros trisavô, e ainda para outros, tetravô.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Os descendentes de Eça

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios