Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > É saudável viver a tristeza

É saudável viver a tristeza

Categoria: Saúde
Visitas: 24
Comentários: 1
É saudável viver a tristeza

Embora hoje em dia quase se crucifique quem se permitir ser vulnerável, a verdade é que tanto a tristeza como a alegria integram a nossa humanidade e são ambas lícitas e salutares, enquanto parte do espectro do espólio das nossas vivências.

Em acréscimo, não é fugindo da tristeza ou das coisas más que se as ultrapassa ou resolve. Andar de cara aparentemente alegre e fingir que se está no pico das forças, para além de uma desonestidade básica relativamente ao próprio “eu”, consubstancia um agravamento do problema, uma vez que se está a tentar ignorá-lo. Portanto, saber viver a tristeza sem evasões é meio caminho andado para a solução.

Numa sociedade em que se despreza a fraqueza e a incapacidade de estar “sempre bem”, em que é obrigatório produzir de forma constante, independentemente do que nos acometer ou afectar, em que, aconteça o que acontecer, tem de se andar para a frente, e em que a felicidade se mede pela quantidade de sorrisos amarelos, quantas vezes ensombrados pelo castanho das olheiras em que ninguém parece reparar, não há lugar para os sentimentos. Todavia, e não obstante toda a pressão social para que nos convertamos em máquinas, as emoções são-nos intrínsecas e não podem ficar aprisionadas, sob pena de a sua repressão originar patologias mais ou menos graves. Elas têm mesmo de ser exprimidas, de sair, de transmitir a sua mensagem. Para tal, é possível que seja preciso parar, interromper uma função mais produtiva e dedicar-se à introspecção. É na medida em que nos tornamos pessoas mais conscientes que vamos alcançando uma panóplia mais ampla de estratégias para ir superando o que vai ocorrendo.

Assim sendo, a tristeza não tem de ser evitada, abolida ou depreciada. Ao invés, sendo um estado de alma como outro qualquer, precisamos dela e temos de aprender a aproveitar os seus benefícios para crescer e amadurecer emocionalmente. O sofrimento pode ser vantajoso, pela capacidade de reflexão com que nos dota, pelos ensinamentos que aporta e pelos ajustamentos psicológicos individualizados que permite.

Naturalmente que não se recomenda a ninguém que mergulhe na tristeza indefinida e constantemente, até porque a não ultrapassagem dessa condição limita e sufoca. A melancolia só traduz a «alegria de estar triste» durante um certo tempo; depois, instala-se o desespero e a falta de sentido, antecâmaras da depressão.

Será importante, em variadas ocasiões, chorar para exteriorizar o que se está a sentir verdadeiramente, num espaço de intimidade consigo mesmo. Em acréscimo, o aflorar das sensações mais negativas pode ser o mote para escrevê-las ou conversar sobre elas com alguém. Uma visão imparcial dos acontecimentos é, invariavelmente, mais real. O objectivo fundamental não é eliminar a tristeza, mas arranjar rituais simples para que a tristeza não nos elimine a nós!



Maria Bijóias

Título: É saudável viver a tristeza

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 24

656 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • MarceloMarcelo

    18-02-2011 às 15:05:57

    o seu texto só falou a verdade,tem horas que a dor é tão grande que parece que quebramos os nossos corações...e o ar nos falta....mais o meu lema é desistir nunca retroceder jamais...só que as vezes falta força...primeiro se aprende que somos fortes e qdo enxergamos o qto somos ou podemos ficar fraco ,vc acha que tudo pode ou nao ser mentira ou nao passar de uma mera ilusão.

    ¬ Responder

Comentários - É saudável viver a tristeza

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente

Ler próximo texto...

Tema: Beleza
Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente\"Rua
Com a chegada do verão, os cuidados com a pele precisam ser intensificados. É claro que, independente da estação, os cuidados com a saúde e beleza são fundamentais. Mas, no verão, alguns problemas de pele, principalmente da face, tornam-se mais frequentes e, com isso, surgem algumas preocupações. A boa notícia é que, a maior parte dessas preocupações podem ser amenizadas ou até mesmo solucionadas com dicas caseiras de cuidado com a pele.

Logo, certos cuidados como o uso regular de bloqueador solar é importantíssimo, não só para evitar manchas no rosto e no corpo, como também, para evitar doenças graves como o temido câncer de pele. Por isso, a boa hidratação, a limpeza correta da face e o uso de cremes faciais com proteção contra os raios ultravioletas UVA e UVB não podem ser menosprezados.

Outro detalhe relevante é a escolha da alimentação. Para ter uma pele saudável e bonita é preciso evitar o uso de certos alimentos. Sabe-se que os conservantes, corantes e similares, que estão sempre presentes nos alimentos industrializados provocam alergias e outros problemas. Essas substâncias podem fazer surgir ou intensificar doenças como o melasma, aquelas manchas escuras na face. E, essas manchas são sensíveis ao calor do sol e, dependendo da pele, o tratamento exige bastante tempo e recursos financeiros para cuidados e acompanhamento dermatológico.

Mas, você pode preparar em casa uma loção para limpar a pele, reduzir ou até mesmo remover essas manchas escuras. Você vai precisar de um pêssego maduro, um pouco de hidratante facial e uma bisnaga de Bepantol, que é um creme com vitamina A.

Dicas para preparar seu creme removedor de manchas na pele:

Primeiramente, faça o creme de pêssego: é só bater no Mix o pêssego com um pouquinho de água. Para facilitar, amasse o pêssego com uma colher antes de bater no Mix. Depois, peneire a massa de pêssego para o creme ficar mais homogêneo. Em seguida, misture a terça parte da bisnaga de Bepantol ao pêssego com uma colher, preferencialmente de madeira ou de plástico. Com um algodão e com movimentos suaves, aplique a loção no rosto e deixe agir por 40 minutos. Depois lave com água abundante. Evite o uso de esfoliante porque a pele ficará muito sensível. Essa loção pode ser usada até três vezes na semana. Não use sobras de creme.

Pesquisar mais textos:

Zilma Silva

Título:Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente

Autor:Zilma Silva(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios