Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Como tomar a pílula

Como tomar a pílula

Categoria: Saúde
Comentários: 3
Como tomar a pílula

A pílula é um método de contraceção, ou seja, impede a gravidez da mulher. Mas, só faz o devido efeito se for tomada corretamente. Um dos erros mais comuns das mulheres é tomar a pílula antes das relações o que anula o efeito da mesma.

Se tomar a pílula corretamente não terá período fértil e não será capaz de engravidar. A decisão de tomar a pílula deve sempre ser comunicada ao seu médico ou enfermeiro de família pois a pílula é um medicamento e deve ser aconselhada por um profissional de saúde.
As pílulas não são todas iguais nem têm todas as mesmas caraterísticas. Os comprimidos são tomados diariamente. O tempo de toma é de 21 dias consecutivos e uma pausa de 7 dias. Neste espaço de 7 dias ocorre a hemorragia – o chamado ‘período’. Contudo, essa hemorragia não corresponde ao ‘período’ ou menstruação visto que a pílula impede a ovulação.

Ao oitavo dia retoma-se a tomada dos comprimidos.
Algumas marcas de pílula possuem os comprimidos necessários a tomar e no final da embalagem tem outros comprimidos de cor diferente dos outros e que não têm qualquer efeito. Este método impede que se interrompa a toma dos comprimidos que, em muitos casos, é o motivo de esquecimento e interrupção do uso do contracetivo que pode acabar em gravidez indesejada.

A partir do momento em que se inicia a toma da pílula é importante ter em conta que a ‘hemorragia’ se dará sempre em dia certo e é possível prever e escolher esse dia. Isto é muito prático no caso de ter algum compromisso ou atividade em que queira adiar o aparecimento do ‘período’.

As marcas têm muitas caraterísticas próprias informe-se antes de começar a tomar a pílula com um assistente de saúde.

Além da pílula existem muitos outros métodos contracetivos. Alguns deles são bastante práticos e confortáveis. Existe um anel que se coloca e impede a gravidez. Na altura da hemorragia retira-se esse anel. Este método inclui um serviço de lembrança que envia uma mensagem de texto para o seu telemóvel para a lembrar de retirar o anel.
Com este método nunca se esquecerá. Este é o método ideal para quem se esquece sempre da pílula.


Rua Direita

Título: Como tomar a pílula

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

605 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Carina Anjo

    12-05-2014 às 23:07:32

    Sem dúvida o uso do preservativo é o método mais adequado e eficaz. Contudo se tiver parceiro fixo e uma relação de confiança e estável pode optar pelo uso da pílula. A pílula impede a gravidez mas não a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis.

    Se tiverem alguma sugestão de artigo digam!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoGigi

    10-05-2014 às 00:48:40

    Olá, por favor eu também penso assim ...Não acha que a pílula deve ser apenas um ultimo recurso? Devia ser melhor utilizar o preservativo para prevenir as dst, não acha? Será mais seguro, e com menos hipóteses de gravidez.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoGuilherme

    25-04-2014 às 11:34:58

    Não acha que a pílula deve ser apenas um ultimo recurso? Devia ser melhor utilizar o preservativo para prevenir as dst, não acha? Será mais seguro, e com menos hipóteses de gravidez.

    ¬ Responder

Comentários - Como tomar a pílula

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Receptores digitais

Ler próximo texto...

Tema: TV HIFI
Receptores digitais\"Rua
Os receptores digitais são instrumentos que têm a função de receber sinal por via de canais digitais.

De acordo com a sua função, estes canais poderão ser satélite ou por cabo. Actualmente, já existem bastantes serviços de televisão por cabo que funcionam apenas com estes receptores, uma vez que é através deles que se consegue ter acesso não só aos canais de serviço, mas também a pacotes codificados.

O serviço de recepção de canais por satélite é um sistema independente para o qual é necessário ter um disco receptor satélite de modo a poder ter canais digitais fora dos serviços prestados pelos operadores de televisão digital.

Este instrumento permite que os próprios ecrãs sem tecnologia digital passem a usufruir desta através destes receptores. No entanto, a melhor qualidade só é garantida com um ecrã já com esta tecnologia.

Os receptores digitais permitem também aceder a uma multiplicidade de serviços, desde que devidamente configurados. Por exemplo, com estes receptores, é possível aceder a menus específicos de pausa de emissão para depois ser continuada, de serviços on-demand ou acesso a portais específicos, entre outros.

Esta pequena caixinha permite ao seu utilizador usufruir da televisão a um novo nível, de modo a que possa ter todas as comodidades no conforto do lar. 

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Receptores digitais

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    04-06-2014 às 06:53:28

    Gostei dos receptores digitais. Bom texto abordando isso.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios