Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > A cultura Popular na Idade Média

A cultura Popular na Idade Média

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Literatura
Visitas: 46
Comentários: 1
A cultura Popular na Idade Média

A cultura reflete a maneira de pensar e de sentir das pessoas, mas tem sido muito influenciada pela condição social e pelas possibilidades económicas de cada um.

Entre o século XII e XiV desenvolveram-se na Europa diferentes formas de cultura. A cultura monástica era assim designada , por ser a cultura que advinha dos mosteiros.

Os monges dedicavam-se a atividades culturais e eram eles que ensinavam, nomeadamente nos mosteiros. No seu auge, a biblioteca, repositório de tesouros, colégio e oficina, representava o âmago da cultura cristã.

Alguns mosteiros como por exemplo o de Reichnau e Fulda, na Alemanha, ganham fama como escolas de pintura. Outros como Bobbio , na Itália, eram conhecidos pelas suas bibliotecas, enquanto ST.Gall, na Suiça foi um importante polo de educação.

Os monges passavam muitas horas a copiarem livros à mão e a ler nos refeitórios.
Na verdade, a preservação da palavra escrita era importante naquela época, em que havia um analfabetismo generalizado. A cultura cortesã, como o próprio nome indica, desenvolvia-se na corte e casas senhoriais, onde se faziam banquetes.

Nas cantigas de amigo, o poeta colocava-se no papel da mulher que se lamenta da ausência do marido ou do amigo. O amor cortês foi um conceito que se desenvolveu na Europa medieval. Era um código de comportamento amoroso em que praticantes, cavaleiros, deveriam demonstrar atitudes de proteção e cortesia para com as damas.

Os grandes senhores da corte faustosa, organizavam festas, caçadas e torneios, assistiam a peças de teatro e serões, com espetáculos de jograis, onde se cantava e recitava poesia trovadoresca, cantigas de amigo, de amor e de maldizer, e liam romances de cavalaria onde se ensinavam as regras de amor cortês.

Em Portugal, a poesia trovadoresca teve um desenvolvimento considerável, em que os reis D. Sancho I e D.Dinis se destacaram como trovadores. A cultura popular estava ligada ao divertimento e à religião, onde entravam as festas, bailes e romarias, procissões, danças e malabarismo.

Esta era marcada por muitas histórias que se transmitiam oralmente, chegando algumas em forma de contos e lendas. Além disso, na cultura popular faziam peregrinações a lugares santos e a relíquias, nas quais participavam pessoas de todos os grupos sociais.

Era comum na cultura popular misturar-se o sagrado e o profano. Na monástica, os monges e os padres desenvolveram a música sacra e o canto gregoriano. O ensino era controlado, na sua totalidade, pela igreja, através dos mosteiros, escolas e catedrais.


Teresa Maria Batista Gil

Título: A cultura Popular na Idade Média

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 46

793 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Teresa Maria Batista GilTeresa Maria Batista Gil

    17-09-2012 às 14:31:16

    A cultura popular na Idade Média era já muito rica e diversificada.Ela tinha muito a ver com a vida naqueles tempos e retratava em especial a religião e a cultura popular.As cantigas de amigo ou de escárnio e maldizer eram temas primordiais onde se caracterizava a sociedade vigente, seus modos e costumes.

    ¬ Responder

Comentários - A cultura Popular na Idade Média

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

MELHORES CREMES PARA PELE DERMATOLOGICAMENTE TESTADOS E APROVADOS

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Beleza
MELHORES CREMES PARA PELE DERMATOLOGICAMENTE TESTADOS E APROVADOS\"Rua
Anualmente,ouvimos falar de muitos cremes e produtos para a pele milagrosos,descrevendo até mesmo uma renovação da pele anormal, para os padrões e formulas químicas inclusas no produto.
A Verdade é que são poucos os produtos que realmente fazem alguma diferença.

Mas aqui informamos uma lista de 5 cremes para a pele dermatologicamente testados e que realmente fazem a diferença sem propagandas enganosas comprovado por médicos usuários sendo reconhecidos pela qualidade no mercado atual dos cosméticos.

ATENÇÃO PARA A LISTA TOP5 PRODUTOS PARA UMA PELE MAIS SAUDÁVEL:

VITANOL A-ácido retinóico limpeza facial profunda clareamento de pele peeling recomendado pelos dermatologistas sendo o mais frequente em recomendações médicas.

Active Dermato Creme Esfoliante Facial, 60g realmente
rende uma boa limpesa facial -O Boticário

Ácido kójico, despigmentante derivado do arroz, promove sim um resultado mais leve.

Idebenona, nova favoritaa dos espertinhos, tem efeito clareador tão potente quanto o da hidroquinona. Melhor: é mais segura, sem tantas reações adversas.

Clarinskin II é extraído do gérmen do trigo e também controla a síntese de melanina. Destaque: é liberado para o uso em gestantes, vantagem Boaa no mundo dos cremes clareadores.

DICA RÁPDA:HIDRATANTE MELHORA SIMMMM AS RUGAS!!
O uso de filtro solar, associado ou não ao hidratante, protege a pele dos raios ultravioleta. É preventivo contra envelhecimento e até tumores de pele.
DICA RÁPDA: Todo creme deve ser passado debaixo para cima
DICA RÁPDA: Os produtos para limpar, tonificar e hidratar a pele tem de ser da mesma linha
DICA RÁPDA:Os cremes usados à noite não deixam a pele respirar.

.O que causa o aparecimento da celulite? Fatores hereditários interferem?

A celulite é causada por vários fatores concomitantes. A questão hereditária da predisposição também é relevante e quando existem famílias que as mães, as mulheres família tem muita celulite, as filhas terão logicamente maio tendência. A questão genética ou hereditária também está relacionada ao tipo de corpo, os corpos "mais arredondados, mais curvilinhos, mais femininos", são aqueles que tem mais chance de ter celulite, enquanto que aqueles mais retos com características um pouco mais masculinas são aqueles que tem menos chance de ter celulite. Além dos fatores hereditários existe e tendência relacionada ao hormônio feminino que predispõe uma retenção de líquido, as trocas do tecido vão piorando gradativamente, vai havendo uma má irrigação e uma alteração dos vasos desse tecido e também há uma questão relacionada a célula gordurosa que é uma célula hipertrofiada e com maior dificuldade de metabolização da gordura. Tudo isso associado faz com que a celulite possa aparecer.


Pesquisar mais textos:

Bell Bellucci

Título:MELHORES CREMES PARA PELE DERMATOLOGICAMENTE TESTADOS E APROVADOS

Autor:Bell Bellucci(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios