Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Internet > Internet: a ferramenta essencial do dia-a-dia

Internet: a ferramenta essencial do dia-a-dia

Categoria: Internet
Visitas: 22
Comentários: 7
Internet: a ferramenta essencial do dia-a-dia

A Internet surgiu em 1969, num projecto do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, cujo objectivo era a interligação de computadores utilizados em centros de investigação com fins militares.

Poucos são os que colocam em causa a necessidade de aceder à internet. Esta não é só uma forma de entretenimento, mas também um meio que permite comunicar com todo o mundo e onde temos ao dispor toda a informação existente actualizada, dos mais variados temas.

Assim, a internet assume o papel de ferramenta e não de passatempo. Além de ser descentralizada, é anárquica e sem controlo, o que à primeira vista pode ser um aspecto positivo, mas que acarreta perigos, tais como a perda de liberdade. Mas não deixa de apresentar inúmeras vantagens, tais como: interactividade, produtividade, actualidade e globalidade.Na internet há liberdade de expressão, sendo mesmo o único local onde não há fronteiras e quase que não existe censura.

Já há mesmo quem diga que a internet é o universo da comunicação actual, sem o qual não se poderia evoluir, estudar ou mesmo trabalhar, num futuro próximo. Além disso, oferece diversos serviços: correio electrónico, grupos de discussão, salas de conversa, transferência de ficheiros, pesquisa de qualquer tipo de informação… Já imaginou a sua vida sem internet? Se não fosse ela não estaria agora a ler este texto...

Rua Direita

Título: Internet: a ferramenta essencial do dia-a-dia

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 22

797 

Imagem por: dalbera

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 7 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    18-10-2014 às 21:54:03

    Uma ferramenta indispensável e muito necessária para todos. Ela serve para pesquisar, trabalhar, entreter, estudar, enfim para infinitas coisas importantes. Também pode prejudicar quando usado de forma errada. É preciso bom senso.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAdriana

    18-04-2014 às 20:29:06

    Poderiam aprofundar mais, existe perigo para meus filhos com 11 e 14 anos usarem internet?

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    18-04-2014 às 22:02:48

    Olá Adriana, a Rua Direita recomenda que crianças nessa idade evitem ao máximo o uso da internet, pois ficam suscetíveis a pornografia, a imagens imorais, a violência, a assuntos dos mais variados em que elas não estão preparadas para receber e também à pedofilia. E, principalmente, as redes sociais que tem tornado as crianças totalmente dependentes, sem produtividade eficiente na escola e também sido bem agressivas. Os pais precisam ter um controle sobre o que elas acessam, o tempo em passam na frente do computador, até mesmo por conta dos celulares, tablets que permitem que a criança fique on line 24h por dia. Todo o cuidado é de suma importância. A internet tem seus benefícios, claro, mas até mesmo para os adultos tem que haver disciplina, limites, autocontrole. Imagine, as crianças que ainda estão em formação dessas virtudes, é bem difícil.

    ¬ Responder
  • keiciane

    24-04-2013 às 18:57:23

    falta mais conteúdo-
    se der pra se aprofundar mais ficaria ótimo

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAdriana dos Santos da Silva

    13-09-2012 às 18:24:37

    A internet se tornou tão essencial na vida das pessoas que fico imaginando no dia que tiver um blackout mundial. Ficamos totalmente dependentes deste recurso não somente como prazer e lazer, mas também como trabalho, negócios, renda extra e outros atributos que a faz ser essencial para nós. Ela é uma ferramenta ótima que conquistou um lugar de destaque na vida de seus usuários, oferecem tecnologia, inovação, praticidade e facilidade nas transações financeiras e comerciais.

    ¬ Responder
  • Rinaldo Oicul LeicamRinaldo Oicul Leicam

    30-07-2010 às 02:39:58

    Apesar de não estabelecida, a quinta onda é uma previsão de especialistas do ramo. Segundo eles, a internet representa o caminho mais eficiente para a criação de um bom "network". Afinal, conceitualmente, a internet nada mais é do que uma rede mundial. Além da ampliação da rede de contatos dos distribuidores, a internet seria responsável por agregar inovações no processo de comunicação e relacionamento entre empresas, distribuidores e consumidores.

    Contato
    Rinaldo Oicul Leicam

    MSN: [email protected]

    ¬ Responder
  • Fabiano Paulino BatistaFabiano Paulino Batista

    30-07-2010 às 02:25:15

    ola com uma redilucula adesao de 150,00 com parcela unica tenho 15 cursos gratis de navegaçao de internet.um cartao power bonus que abre as portas da fortunas.com grandes lucratividades para a seus familiares amigos etc...

    ¬ Responder

Comentários - Internet: a ferramenta essencial do dia-a-dia

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A história da fotografia

Ler próximo texto...

Tema: Fotografia
A história da fotografia\"Rua
A história e princípios básicos da fotografia e da câmara fotográfica remontam à Grécia Antiga, quando Aristóteles verificou que os raios de luz solar e com o uso de substâncias químicas, ao atravessarem um pequeno orifício, projetavam na parede de um quarto escuro a imagem do exterior. Este método recebeu o nome de câmara escura.

A primeira fotografia reconhecida foi uma imagem produzida em 1826 por Niepce. Esta fotografia foi feita com uma câmara e assente numa placa de estanho coberta com um derivado de petróleo, tendo estado exposta à luz solar por oito horas, esta encontra-se ainda hoje preservada.

Niepce e Louis –Jacques Mandé Daguerre inciaram em 1829 as suas pesquisas, sendo que dez anos depois foi oficializado o processo fotográfico o nome de daguerreótipo. Este processo consistia na utilização de duas placas, uma dourada e outra prateada, que uma vez expostas a vapores de iodo, formando uma pelicula de iodeto de prata sobre a mesma, ai era a luz que entrava na camara escura e o calor gerado pela luz que gravava a imagem/fotografia na placa, sendo usado vapor de mercúrio para fazer a revelação da imagem. Foi graças á investigação realizada por Friedrich Voigtlander e John F. Goddard em 1840, que os tempos de exposição e revelação foram encurtados.




Podemos dizer que o grande passo (não descurando muitas outras mentes brilhantes) foi dado por Richard Leach Maddox, que em 1871 fabricou as primeiras placas secas com gelatina, substituindo o colódio. Três anos depois, as emulsões começaram a ser lavadas com água corrente para eliminar resíduos.

A fotografia digital


Com o boom das novas tecnologias e com a capacidade de converter quase tudo que era analógico em digital, sendo a fotografia uma dessas mesmas áreas, podemos ver no início dos anos 90, um rápido crescimento de um novo mercado, a fotografia digital. Esta é o ideal para as mais diversas áreas do nosso dia a dia, seja a nível profissional ou pessoal.

As máquinas tornaram-se mais pequenas, mais leves e mais práticas, ideais para quem não teve formação na área e que não tem tempo para realizar a revelação de um rolo fotográfico, sem necessidade de impressão. Os melhores momentos da nossa vida podem agora ser partilhados rapidamente com os nossos amigos e familiares rapidamente usando a internet e sites sociais como o Facebook e o Twitter .

A primeira câmara digital começou a ser comercializada em 1990, pela Kodak. Num instante dominou o mercado e hoje tornou-se produto de consumo, substituindo quase por completo as tradicionais máquinas fotográficas.

Sendo que presentemente com o aparecimento do FullHD, já consegue comprar uma máquina com sensores digitais que lhe permitem, além de fazer fotografia, fazer vídeo em Alta-Definição, criando assim não só fotografias quase que perfeitas em quase todas as condições de luz bem como vídeo com uma qualidade até agora impossível no mercado do vídeo amador.

Tirar fotografias já é acessível a todos e como já não existe o limite que era imposto pelos rolos, “dispara-se” por tudo e por nada. Ter uma máquina fotográfica não é mais um luxo, até já existem máquinas disponíveis para as crianças. Muitas vezes uma fotografia vale mais que mil palavras e afinal marca um momento para mais tarde recordar.

Pesquisar mais textos:

Bruno Jorge

Título:A história da fotografia

Autor:Bruno Jorge(todos os textos)

Imagem por: dalbera

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    05-05-2014 às 03:48:18

    Como é bom viver o hoje e saber da história da fotografia. Isso nos dá a ideia de como tudo evoluiu e como o mundo está melhor a cada dia produzindo fotos mais bonitas e com qualidade!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios