Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Arte > A Pintura Flamenga Do Século XV E XVI

A Pintura Flamenga Do Século XV E XVI

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Arte
Visitas: 20
A Pintura Flamenga Do Século XV E XVI

A pintura flamenga também teve um papel importante na História da Arte.

A obra O pecado original, de Hugo van der Goes, trata, como diz o título, o tema do pecado original. Vemos Adão e Eva, duas figuras magras, num jardim paradisíaco. Agarrado à árvore, está um monstro horrível com cabeça de mulher e corpo de lagarto, ou seja, a serpente que os textos bíblicos falam.

O Tríptico, Hans Memling, chamado de altar de São João pela presença destes nos painéis laterais. No painel central, vemos a Nossa Senhora entronizada com o menino ao colo. O Menino tenta alcançar o anjo com instrumento, que lhe oferece uma maçã. Este alimento parece ter caído dos enfeites do baldaquino. Do outo lado da Virgem está um individuo estático na posição de oração. A paisagem atrás da cena principal é calma e tranquila.

Cristo carregando a cruz, de Hieronymus Bosch, mostra uma multidão em tumulto com a passagem de Cristo carregando a cruz, a figura principal. Ele avança indiferente à multidão enfurecida. Destacamos aqui a figura de branco que vai a sair da composição, com um turbante, ou seja, é um fiel. Tem nas costas um escudo com um sapo, o símbolo do Mal. Em primeiro plano, vê-se os dois Ladrões, que também vão ser crucificados. O Bom Ladrão encontra-se à direito do observador ser confessado por um frade, e o Mau Ladrão, no lado esquerdo, preso com uma série de cordas.

Retrato de uma senhora veneziana, uma pintura Albrecht Dürer, é uma obra que resulta da permanência do pintor em Itália. É um retrato inacabado, como podemos ver pelo laço do lado direito. Conseguimos ver um sorriso suspenso nos lábios. O seu cabelo está preso atrás da nuca numa rede transparente, deixando cair à frente alguns caracóis. O martírio dos dez mil cristãos conta a história dos dez mil martírios (decapitação, crucificação e lapidação). É um quadro com grande dramatismo e sofrimento. O rei persa no cavalo controla o massacre. Destacam-se duas figuras no centro da cena a ver os martírios. Estas figuras são o próprio pintor e o seu amigo Conrad Celtes.


Daniela Vicente

Título: A Pintura Flamenga Do Século XV E XVI

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 20

767 

Comentários - A Pintura Flamenga Do Século XV E XVI

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios