Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Materiais Construção > A fantástica versatilidade do gesso

A fantástica versatilidade do gesso

Visitas: 10
Comentários: 2
A fantástica versatilidade do gesso

Dos materiais manipuláveis para construção, o gesso está entre os mais remotos, ao lado do barro e da cal. O gipso, sua matéria-prima, é transformado em pó, após passar pelo forno moderadamente aquecido.

Por ser o gipso mineral largamente encontrado na natureza, acredita-se que o gesso foi descoberto ao acaso, durante trabalhos na construção de um forno, utilizando solo onde minava a gipsita. Da reação do calor com a água, surgiu este material maleável, de numerosas possibilidades. O acaso converteu-se em técnica, ainda empregada na fabricação do gesso, no lado Oriente do mundo.

Estudos arqueológicos comprovam o emprego do gesso há cerca de oito milênios antes da Era Cristã. Escavações da Turquia e Síria revelaram sua presença decoração de paredes, nas bases e em vários recipientes. Em Jericó há seus vestígios em modelagens. A pirâmide de Quéops tem o gesso como rejunte perfeito dos blocos, e compõe 16 toneladas do monumento.

Documentos de Teófrasto, filósofo interessadíssimo pelo gesso, registram-no como parte da decoração, nos baixo-relevos, em afrescos, na confecção de estátuas, e ainda como reboco nas construções dos antigos países da Síria, Fenícia e Chipre. O autor também sublinha a facilidade de sua recuperação e reutilização.

A arquitetura moderna o transformou em aliado para seu desenvolvimento. Graças à sua plasticidade, o gesso permite vôos de imaginação. Com ele são feitos nichos, arcos, arandelas, rodatetos, e bancadas, entre tantas aplicações, com diferenciados perfis. Presta-se também a disfarces de pequenas imperfeições na construção e, embora de fácil e rápida aplicação, um profissional é indispensável.

O gesso é excelente isolante térmico e propicia boa acústica ao ambiente. Também garante o equilíbrio da umidade em locais refrigerados com condicionadores de ar. Sua capacidade de absorver água, torna-se também sua limitação, pois o contato freqüente com a água diminui sua resistência.

Para usos distintos, o gesso apresenta-se em placas, blocos, ou pó. As placas são mais utilizadas em forros e os acartonados em divisórias. O cerâmico é apropriado em revestimentos e construção de rodatetos, florões e arandelas. O gesso rápido, para molduras e modelagem, e o lento é substituto à massa fina, recobrindo paredes. Atualmente, encontram-se peças acabadas, como colunas, molduras e sancas. Sobre ele são permitidos acabamentos com pintura, cerâmica, madeira, tecido e papéis de parede.

Numa espantosa combinação de beleza, versatilidade e baixo custo, o gesso é um material que revestirá sua casa de conforto, suavidade e exuberância.


Hediene

Título: A fantástica versatilidade do gesso

Autor: Hediene Hediene (todos os textos)

Visitas: 10

782 

Imagem por: tropicalart77

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    12-05-2014 às 12:52:03

    Realmente, o gesso tem bastante versatilidade e conta com um dos materiais mais antigos, porém nunca se perdeu seu valor e até hoje é usado por milhares de pessoas.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • geilson ribeiro souzageilson ribeiro souza

    19-03-2012 às 14:21:03

    esse jesso e para entrga lo na casa de geison vila galvao vizinho ao mercado do galego da palmeira

    ¬ Responder

Comentários - A fantástica versatilidade do gesso

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Organizar Qualquer Tipo De Evento

Ler próximo texto...

Tema: Eventos
Como Organizar Qualquer Tipo De Evento\"Rua
Com todas as mudanças no mundo precisamos de pessoas capacitadas e qualificadas para se organizar um evento de porte. Não mais uma pessoa que faz tudo, que quebra-galho, mas um profissional estudioso no ramo para levar um evento de grande estima que atinja seu público de forma satisfatória e abrangente.

Para estar na frente exige-se muito trabalho, esforço e dedicação extrema para que se obtenha grande sucesso não somente para quem recebe como também para a própria instituição em que se realiza o evento. Isso tem causado uma procura por esses profissionais e até tem sido reconhecido como uma profissão que será valorizada muito nesses próximos anos.

Como Organizar?

Para estar na frente de um evento é necessário muita dedicação e amor. Muitas horas planejando e com uma grande antecedência. Pois, qualquer problema que ocorra no dia, será de responsabilidade de quem está organizando.

Então, todos os cuidados devem ser levados em consideração, devemos ter ações prevenidas e tudo deve ser listado, feito e dado uma atenção especial. Diante dos que se pretende fazer em um evento seja ele cultural, religioso, comercial, precisa de alguns parâmetros para serem seguidos cuja finalização tenha muito sucesso.

Eis quais são as etapas para você compreender melhor:
1. Objetivos: você deve primeiramente traçar um objetivo daquilo que se pretende realizar. Deve ser dividido em duas partes: a geral e a específica;

2. Públicos: quem são os públicos que serão atingidos? É um grupo de mulheres, um grupo de homens? Que faixa de idade? Essas e outras perguntas devem ser feitas;

3. Estratégias: essas estratégias consistem simplesmente em como você vai atingir o seu público, o que mais irá atraí-los para que possam ir ao seu evento?

4. Recursos: os recursos tanto materiais, humanos, físicos, todos esses recursos devem ser bem estruturados e anotados;

5. Implantação: Que métodos serão usados para o evento desde o início até o término do evento? Refere-se a todos os procedimentos;

6. Acompanhamento e controle: estipular alguém que irá acompanhar todo o processo e controlar, como por exemplo, as despesas;

7. Avaliação: feita após o término do evento, ela é produzida em formato de relatório e entregue a quem organizou o evento;

8. Orçamento Previsto: este deve ser feito bem detalhado. Uma das mais importantes partes de todo o evento. Pode buscar patrocínio, parcerias com empresas para assim evitar os gastos, mas tudo deve ser anotado e controlado.

Pesquisar mais textos:

Luene Zarco

Título:Como Organizar Qualquer Tipo De Evento

Autor:Luene Zarco(todos os textos)

Imagem por: tropicalart77

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios